As metodologias de ensino têm um papel fundamental no processo de aprendizagem, independente da escolha do método pedagógico. Todas fazem uso de estratégias, técnicas e atividades voltadas a diferentes situações didáticas vividas em sala de aula, visando criar condições para que o aluno possa se apropriar dos conhecimentos escolares.

A adoção de um método depende tanto do envolvimento do professor com o ato pedagógico, quanto da forma como são planejadas e aplicadas as metodologias de ensino. O ensinar, o educar e o aprender não são atos mecânicos; são relações sociais e interpessoais que promovem, para além do aprendizado do conteúdo escolar em si, o desenvolvimento das crianças por meio das interações que estabelecem com os indivíduos, do convívio social.

O método escolhido norteará os professores nesse processo. Por isso, para fazer essa escolha é importante conhecer alguns. Destacamos, neste especial, cinco métodos aplicados em escolas brasileiras: Montessori, Waldorf, Freinet, Construtivista e Tradicional.

Método Montessori privilegia autonomia dos alunos

Pedagogia baseada nos achados de Maria Montessori enfoca processo individual de cada um para permitir aprendizagem natural. Ela revolucionou a educação ao propor um ambiente colaborativo sem notas e exames, salas de aula compostas por estudantes de várias idades que oscilam principalmente entre 2 anos e meio e 7 anos e uma aprendizagem que valoriza o processo individual.

Método Waldorf se orienta por ciclos de sete anos

Idealizada pelo filósofo Rudolf Steiner, pedagogia se contrapõe a educação hierárquica e competitiva. Steiner acreditava na capacidade das crianças de imitar, imaginar e viver, adaptando-se ao desenvolvimento e despertando o interesse por meio do conhecimento do mundo.

Pedagogia Freinet vê aluno como protagonista

Método pensado por Célestin Freinet incentiva pesquisa, invenção e aprendizado autônomo. O educador buscou técnicas alternativas para ensinar os alunos e percebeu que envolver as crianças no processo de aprendizagem apresenta resultados positivos para a educação.

Método Tradicional sistematiza a transmissão do conhecimento

A partir das ideias de Johann Herbart, método se baseia na tríade professor, aluno e conhecimento. Herbart queria organizar a multiplicidade de interesses do aluno e direcioná-la ao ensino e aprendizagem. Como o próprio nome sugere, a pedagogia tradicional é um dos mais convencionais métodos de ensino.

Método construtivista foca na construção do conhecimento

O método construtivista parte das ideias desenvolvidas pelo psicólogo suíço Jean Piaget, que dedicou seu trabalho a entender como o conhecimento é construído pelo ser humano. A pesquisa de Piaget se popularizou na área da educação justamente por investigar como o sujeito desenvolve inteligência e adquire aprendizado a partir das relações que estabelece com o mundo.

Veja mais:

10 metodologias ativas de aprendizagem explicadas

Pensadores na Educação: o ensino como ferramenta de transformação social

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.