O aumento no uso de aplicativos de mensagens e das redes sociais, aliado ao fenômeno das fake news , trouxe como efeito colateral a dificuldade de pessoas de todas as idades em diferenciar fato de opinião. No caso dos adolescentes, esse problema ganha contornos ainda mais graves. Segundo estudo lançado em 2021 pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 67% dos estudantes de 15 anos do Brasil não sabiam diferenciar fatos de opiniões na leitura de textos. A média dos 79 países analisados foi de 53%. Os dados foram publicados no relatório “Leitores do século 21: Desenvolvendo habilidades de alfabetização em um mundo digital”.

Leia também: Círculo de cultura pode ser usado em ambiente virtual para discutir fake news

Essa leitura crítica, porém, pode ser desenvolvida com os alunos durante as aulas de língua portuguesa, tanto nos anos finais do ensino fundamental quanto no ensino médio. Para isso, os professores podem apresentar diferentes gêneros textuais, nos quais a diferença entre um fato e uma opinião esteja bem demarcada ou exija a integração de informações encontradas em diferentes partes do texto. A seguir, conheça seis materiais didáticos desenvolvidos por instituições e redes de todo o país que podem inspirar práticas de interpretação de texto com crianças e jovens.

Língua portuguesa– Dinâmica para ensino médio

A Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Fundação CECIERJ) desenvolveu uma dinâmica para a aula de língua portuguesa, voltada aos estudantes do 1º ano do ensino médio. Ela combina a discussão de três textos, análise e sistematizando do conhecimento sobre fato e opinião e, ao final, uma autoavaliação. Na parte textual, os alunos são convidados a diferenciar fato e opinião por meio de um trecho de uma reportagem, uma notícia e uma crônica.

Videoaula – Você sabe diferenciar fatos e opiniões?

Elaborado pela Khan Academy Brasil, este material didático audiovisual para a aula de língua portuguesa oferece dicas e exemplos práticos que ajudam o aluno a distinguir fato de opinião. Nos seis minutos de videoaula, ele é convidado a ler e identificar o tema em diferentes tipos de texto.

Vídeoaula de língua portuguesa para 5º ano do ensino fundamental

Desenvolvida para o MultiRio, canal da Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, a série Tempo de Estudar utiliza a biografia da cantora Carmen Miranda para explicar aos alunos a diferença entre fato e opinião. Além disso, enfoca o uso de adjetivos e outras palavras que qualificam o conteúdo e como identificar informações subjetivas. O material é destinado aos professores e alunos de língua portuguesa dos anos iniciais do ensino fundamental, mais precisamente do 5º ano.

Plano de Aula – Fato versus opinião em Artigos de opinião

O gênero textual “Artigo de opinião” pode trazer tanto fato como juízos subjetivos da visão de mundo do autor. Para ajudar os alunos a identificar e diferenciar ambos, o Portal do Professor, do Ministério da Educação, desenvolveu duas aulas com diferentes atividades em cada uma delas. Esse conteúdo é destinado tanto aos anos finais do ensino fundamental quanto ao ensino médio, assim como para as aulas de língua portuguesa e geografia.

Atividade para estudo em casa – língua portuguesa para 9º ano

O Governo do Estado do Ceará disponibiliza uma atividade de ensino remoto destinada aos estudantes do 9º ano do ensino fundamental. Dentro da temática de língua portuguesa, os alunos são convidados a identificar e comparar editorias de jornais impressos e digitais e de sites noticiosos. Com isso, poderão refletir sobre os tipos de fato que são noticiados e comentados, as escolhas sobre o que noticiar e o que não noticiar, o destaque e enfoque dado, assim como a fidedignidade da informação.

Slide – Distinção entre um fato e uma opinião relativa a esse fato

Aula desenvolvida pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco para alunos do sexto ano do ensino fundamental. A sequencia de slides apresenta duas notícias, sendo que uma delas conta com a opinião do redator em um momento do texto. Os alunos, assim, exercitam sua capacidade de identificar marcadores de subjetividade que configuram uma opinião.

Veja mais:

BBC Brasil oferece planos de aula para debater fake news com os alunos

Atividades em que professor e aluno identificam fake news juntos são eficientes, diz pesquisadora

Pós-verdade: quais caminhos pedagógicos estimulam o pensamento crítico do aluno?

Ensinar jovem a debater políticas públicas ajuda no combate às fake news

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

21 escritores de língua portuguesa para apresentar aos alunos

Reportagens sugerem atividades e livros para trabalhar autores em diferentes disciplinas

há 4 meses
Notícias

Ensino de língua portuguesa e literatura na educação básica é tema de e-book gratuito

Publicação da Ufop reúne reflexões sobre práticas de leitura e escrita no ambiente escolar

há 10 meses
Notícias

Alfabetização: 5 planos de aula de língua portuguesa para trabalhar no ensino fundamental I

Atividades incentivam a leitura e a escrita e apresentam gêneros textuais como bilhete e lista

há 2 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.