Fabi Grossi é uma jovem que teve fotos íntimas espalhadas pela web propositalmente por seu ex-namorado. Por meio do bate-papo do Messenger, ela narra a sua história a outros adolescentes, responde às perguntas, pede orientações e apresenta, na prática, formas de se prevenir e denunciar situações semelhantes.

Fabi é uma personagem fictícia criada pelo Projeto Caretas, uma parceria do Unicef e da empresa Sherpas. A iniciativa tem como objetivo informar adolescentes e jovens sobre os riscos de se compartilhar imagens pessoais na internet, e como denunciar crimes virtuais. Para criá-la, o Unicef utilizou uma tecnologia de inteligência artificial chamada bot, que possibilita a interação com usuários, via chat, tal qual uma pessoa.

Para narrar a sua história, Fabi lança mão de textos, fotos, vídeos, emoticons e mensagens de áudio. A narrativa é contada e chega ao final em aproximadamente 48 horas. O projeto foi testado com 7,4 mil adolescentes de todo o país entre junho e novembro de 2017. Os resultados iniciais revelaram que foram trocadas mais 1,6 milhão de mensagens com Fabi e mais de 40% dos adolescentes chegaram ao final da história.

Para conhecer a história de Fabi Grossi e interagir com a personagem, basta acessar seu perfil no Facebook.

Deixe um comentário

Talvez Você Também Goste

Notícias

Pais aprendem a orientar crianças sobre uso responsável da internet em curso online gratuito

Grade aborda tempo adequado de uso, responsabilidade por publicações, vazamentos e crianças youtubers

há 3 semanas
Notícias

Cartilha ensina como se prevenir de 15 golpes recorrentes na internet

Crimes costumam usar mensagens imediatistas associadas a benefícios, explica publicação da Polícia Civil do RS

há 4 meses
Notícias

Unicef lança campanha com prioridades para crianças e adolescentes na agenda eleitoral

“Mais que promessas” lista temas como educação, saúde infantil e nutrição para candidatos ficarem atentos

há 2 anos
Notícias

No Brasil, 40,2% da população que vive em situação de pobreza são crianças

Estudo da Abrinq reúne 20 indicadores sociais sobre a infância e a adolescência no país

há 2 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.