Nath Finanças e Nathaly Dias, do canal Blogueira de Baixa Renda, são duas influencers conhecidas por tratarem de economia com a periferia. Agora, elas se reúnem para apresentar um curso gratuito de educação financeira organizado pelo Serasa e disponível online.

“Trilhas financeiras” conta ainda com as youtubers Patrícia Lages, Mina Borges e Vitor Coff Del Rey, da iniciativa “Ponte para Pretos”.

Atualmente, famílias mais pobres são as mais endividadas do país. Segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em julho de 2020, a inadimplência aumentou entre famílias com renda de até 10 salários mínimos, passando de 28,6% (junho) para 29,7% (julho). Em contrapartida, a parcela da população que ganha mais do que esse valor apresentou um decréscimo no endividamento no mesmo período: 11,3% para 11,2%.

Para participar do curso “Trilhas Financeiras”, os interessados devem se cadastrar previamente no site do Serasa. A formação é dividida em sete módulos, sendo cada um deles com duração média de uma hora e meia. Há material de apoio, certificado ao final de cada fase e conteúdo acessível em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Apresentadores do “Trilhas financeiras”: Gui Casagrande, Nathaly Dias, Mirna Borges, Nath Finanças, Patricia Lages, Vítor Coff Del Rey e Joyce Carla (crédito: reprodução)

Aprendendo sobre finanças

O primeiro módulo do curso foca em orçamento, com destaque para formas de eliminar gastos desnecessários e conquistar renda extra. O segundo trata de serviços bancários: tipos de contas que existem nos bancos, cheques, diferença entre DOC e TED e como funcionam as análises que os bancos fazem, como score de crédito.

Na terceira etapa, os participantes entenderão mais sobre tipos de dívida e estratégias para negociá-las. O quarto módulo tem “renda” como tema, orientando sobre empregabilidade, qualificação profissional e empreendedorismo.

Os três módulos restantes serão lançados nos próximos meses. Eles são voltados para tipos de crédito; prevenção de fraudes; e realização de sonhos.

Veja mais:
Ter um projeto de vida ajuda a colocar sonhos e objetivos em foco
Empreendedores de baixa renda recorrem ao microcrédito para viabilizarem seus negócios
Cartilha online orienta idosos contra fraudes financeiras

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

Número de pessoas vivendo com R$ 406 reais/mês cresce 2 milhões em um ano

Pobreza aumentou no Brasil, aponta relatório que monitora Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

há 5 anos
Notícias

Quase metade da população do mundo está abaixo da linha da pobreza, diz Banco Mundial

Segundo relatório, aproximadamente 3,4 bilhões de pessoas não conseguem suprir necessidades básicas

há 6 anos
Notícias

No Brasil, 40,2% da população que vive em situação de pobreza são crianças

Estudo da Abrinq reúne 20 indicadores sociais sobre a infância e a adolescência no país

há 6 anos
Notícias

Especial étnico-racial reúne expressões que debatem racismo e preconceito

Especialistas explicam em vídeos no Instagram sete verbetes que integram dicionário recém-lançado

há 5 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.