A poesia é uma das ramificações da literatura periférica, nome dado à produção literária de autores que viveram ou ainda vivem em bairros que estão distantes dos centros das cidades. Segundo o escritor e mestre em estudos comparados de literatura de língua portuguesa pela Universidade de São Paulo (USP) Márcio Vidal Marinho, é importante apresentar a poesia de autores das periferias para demonstrar aos alunos da educação básica a continuidade da literatura no Brasil, que não se restringe aos cânones do passado.

Leia também: 5 livros de literatura periférica para apresentar aos estudantes

“Abordar a poesia periférica na escola é relevante para a ensinar história literária do Brasil. Depois de nomes como Carlos Drummond de Andrade, milhares de poetas e poetisas nasceram e produziram. Além disso, hoje a periferia produz sua literatura e seus espaços literários, como os saraus”, destaca ele, que é autor da dissertação “Cooperifa e a Literatura Periférica: poetas da periferia e a tradição literária brasileira” (USP, 2016).“Uma curiosidade é que a produção poética periférica é maior do que a de prosa”, revela.

Confira, a seguir, seis livros de poetas periféricos para apresentar aos alunos.

terra fertil

Terra Fértil

Jenyffer Nascimento, Coletivo MJIBA, 2014

Retrata o cotidiano de uma mulher negra que cultiva amor próprio e liberdade. “Terra Fértil porque a poesia é terreno propício para o plantio e a colheita. Terra Fértil porque somos continuidade de outras mulheres negras que já haviam preparado a terra para nós”, explica a autora.

aguas da cabaça

Águas da cabaça

Elizandra Souza, FisicalBook, 2012
O segundo livro da poeta, jornalista e ativista paulistana traz a negritude em experiência de linguagem. São 103 poemas que dialogam com estruturas populares, oralidade e revelam influências de outras manifestações culturais, como o hip-hop.

colecionador de pedras

Colecionador de pedras

Sérgio Vaz, Editora Global, 2021
Sérgio Vaz é criador do Sarau Cooperifa. Seu livro dá voz à população em vulnerabilidade social, ilustrando o cotidiano daqueles que “colecionam pedras” e sonham com dias melhores.

De passagem, mas não a passeio

Dinha, Global Editora, 2008
Poetisa desde a adolescência, Dinha publicou suas produções em fanzines de poesia até a publicação do seu livro. Por meio de seus poemas, revela o mundo de uma mulher da periferia da cidade, de lágrimas e sonhos.

Caturra

Fuzzil, Elo da Corrente Edições, 2010
Fuzzil é o pseudônimo de Levi de Souza, morador do bairro Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Ele foi alfabetizado pela irmã mais velha, aos 17 anos, e trabalhou de manobrista a camelô até se tornar rapper e educar em projetos sociais.

Posso escrever os versos mais lindos esta noite

Márcio Vidal Marinho, 2019
‘No aguardo de minha amada que avisa de teu regresso, dantes um adormecido sentimento que se esvaia, agora como a brasa que queima em teu auge”, escreve o autor no poema “A chegada”, que integra a obra.

Veja mais:

5 livros para apresentar poetas mulheres do Norte e Nordeste aos alunos

8 poetas contemporâneos para apresentar aos alunos

Conceição Evaristo usa “escrevivência” para mostrar realidade dos negros no Brasil

Plano de aula – Ética, moral e autonomia em Carolina Maria de Jesus

11 anos de literatura e poesia na periferia

1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Avatar
FABRICIO LIMA
1 ano atrás

Muito Bom Leonado, dicas de leituras valiosíssimas.
aproveito para deixer minha indicação para leitura infantil

Fabricio

Talvez Você Também Goste

Notícias

19 planos de aula para ensinar história do Brasil

Materiais abordam povos originários, colonização, escravismo, repúblicas e ditadura

há 3 semanas
Notícias

4 livros para estreitar a relação entre família e escola

Obras abordam os benefícios da colaboração mútua para o desenvolvimento dos alunos

há 3 semanas
Notícias

5 livros para conhecer mais sobre didática

Área da ciência pedagógica ajuda o professor a desenvolver estratégias de ensino eficazes

há 2 meses
Notícias

Veja 5 links para conhecer as histórias de rainhas africanas

Para especialista, conteúdos ajudam os alunos a resgatarem a herança cultural da África

há 2 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.