As manifestações do racismo na justiça federal são o tema de um especial de cinco episódios do podcast “Justiça Federal em Debate”. Produzida pela Associação dos Juízes Federais (Ajufe), a iniciativa discute, além da questão racial no poder judiciário, o sistema carcerário, políticas públicas para quilombolas, ações afirmativas e colonialidade.

“Justiça Federal em Debate” estreou em novembro de 2020 e tem como objetivo discutir assuntos importantes que envolvem essa esfera de poder. Todos os capítulos estão disponíveis gratuitamente nas plataformas Spotify, Apple Music , Google Podcasts, entre outros sistemas de streaming. Confira abaixo os temas e convidados:

Episódio 1: A questão racial no Poder Judiciário
Mediadoras: Juízas Federais Adriana Cruz e Alcioni Escobar
Convidados: A juíza estadual Karen Luíse e o juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Fábio Esteves

Episódio 02: Racismo, justiça criminal e sistema carcerário
Mediadoras: Juízas Federais Tani Wurster e Mara Lina
Convidados: A mestre e bacharel em Direito pela Universidade Federal Fluminense, Juliana Maia e o doutor e mestre pela Universidade de Brasília, Felipe Freitas.

Episódio 03: Racismo ambiental, políticas públicas quilombolas e teoria crítica racial
Mediador: Juiz Federal Eduardo Pereira
Convidados: A superintendente do Fundo Brasil, Allyne Andrade, e o professor e consultor do Conectas, Gabriel Mantelli.

Episódio 04: Racismo e colonialidade
Mediadores: Juíza federal Clara Mota e desembargador federal Roger Raupp Rios
Convidados: A doutora em Direito e professora da Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Thula Pires, o professor do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa, Marcos Vinícius Queiroz, e o doutor em Filosofia do Direito e chefe de missão do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Gabriel Gualano de Godoy

Episódio 5: Ações afirmativas
Mediador: Juiz federal Antônio José de Carvalho
Convidadas: As defensoras públicas Lívia Casseres e Rita Cristina de Oliveira, e a juíza do Trabalho Gabriela Lenz de Lacerda.

Com Jota

Veja mais:

Advogados negros se unem para combater racismo no judiciário

Por que se pode afirmar que existe racismo estrutural no Brasil?

Substituir expressões cotidianas que usam a cor preta de forma pejorativa ajuda a combater racismo

Deixe um comentário

Por favor, faça Login para comentar

Talvez Você Também Goste

Notícias

Desmatamento pode vir associado com expansão de rodovias, alerta relatório internacional

WWF aponta soja, pecuária e extração madeireira como causas do problema no Brasil

há 1 dia
Notícias

Documentário retrata contribuições científicas de universitários refugiados e imigrantes

Pesquisas de estudantes do Haiti focam em energia sustentável e universalização da saúde

há 6 dias

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.