Há uma relação entre um projeto de economia baseado na destruição de habitats naturais e doenças pandêmicas, como a provocada pelo novo coronavírus (covid-19). O alerta é feito no e-book gratuito “Covid 19, meio ambiente e políticas públicas”, publicação do Grupo de Economia do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A iniciativa traz textos simples e didáticos com economistas sobre a necessidade de políticas públicas que fomentem uma economia verde. A preservação do meio ambiente é tida como fundamental para prevenir surtos provocados por zoonoses, que são doenças infecciosas que se originam no contato dos seres humanos com animais selvagens.

“Esses surtos epidêmicos estão relacionados à perda de habitats naturais e à redução da diversidade biológica decorrentes do avanço desordenado do mundo construído sobre o mundo natural, do desmatamento, da caça e do manejo inadequado de animais silvestres”, explica o sociólogo, cientista político e escritor Sérgio Abranches, na apresentação da obra.

“No organismo deles, os vírus estão em estado de equilíbrio. Quando encontram um organismo exótico como o nosso, adaptam-se e, na mutação evolutiva, tornam-se letais”, diz o especialista, que conclui: “As pandemias não são produtos da natureza, são produtos da ação humana predatória sobre (ela)”.

Com capítulos assinados por pesquisadores do tema, o livro defende um projeto econômico com baixa emissão de carbono e que garanta uma relação harmônica da sociedade humana com os ecossistemas naturais. “Um novo pacto verde de progresso, que contemple crescimento sustentado compatível com o desenvolvimento sustentável. As pandemias derivadas do contato inadequado e predatório com a natureza demonstram que as políticas de preservação e conservação são também uma questão de saúde humana”, reforça a publicação.

Veja mais:
Documentário online discute como negócios podem impulsionar ações pela natureza
Economia limpa: crescimento deve caminhar junto com preservação ambiental
Empresas prejudicam o meio ambiente ao produzirem intencionalmente artigos pouco duráveis

Crédito da imagem: reprodução capa do livro/Carlos Eduardo Frickmann Young

Deixe um comentário

Por favor, faça Login para comentar

Talvez Você Também Goste

Notícias

Mostra online com 40 vídeos revela como população brasileira tem enfrentado coronavírus

“Olhares Sobre a Covid-19” é iniciativa da Fiocruz que reúne documentários, curtas e animação

há 7 meses
Notícias

Novas doenças transmitidas por animais podem ser evitadas com ações ambientais, alerta ONU

Demanda por carne, desmatamento e crise climática impulsionam surtos como o do coronavírus

há 8 meses
Notícias

“Covid veio para evidenciar racismo que já existe”, explica pesquisadora quilombola Selma Daldina em vídeo

Material com participação da ex-procuradora-geral da República, Deborah Duprat, discute impactos da desigualdade nessa população

há 9 meses
Notícias

Websérie descreve como a falta de investimento na saúde pública atinge diferentes grupos durante a pandemia

Capítulos retratam desafios de indígenas, pessoas em situação de rua e moradores de comunidades

há 10 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.