“Uma economia pode ser apagada do dia para a noite se não protegermos nossos ecossistemas”, explica o diretor da Greenwave, Bren Smith, no documentário “Nosso Planeta: Nossos Negócios”. A produção é inspirada na série “Nosso Planeta”, da Netflix, e discute como a comunidade global de negócios pode ser uma força poderosa para impulsionar ações pela natureza. A produção está disponível gratuitamente online.

“Os estoques de bacalhau da minha terra natal despencaram e milhares de pessoas ficaram desempregadas. Esse foi o alerta para mim”, conta Smith, que é pioneiro no desenvolvimento da agricultura oceânica regenerativa.

Entre os dados alarmantes revelados pelo documentário está o fato de a raça humana já ter derrubado metade das florestas do planeta para a retirada de madeira ou abertura de espaço para criação de animais para abate.

Além disso, são apontados que três quartos da superfície terrestre e dois terços dos oceanos sofreram impactos pelo homem. Para se ter uma ideia, o Ártico possui 40% menos gelo atualmente, durante o verão, em comparação ao mesmo período do ano de 1980.

Veja mais:
Greenpeace indica 10 filmes para saber mais sobre meio ambiente e sustentabilidade
Legado de Chico Mendes, reservas extrativistas ajudaram a frear desmatamento da Amazônia
Desmatamento zero e rotação do gado ajudam pecuária a reduzir impactos ambientais

Crédito da imagem: reprodução documentário “Nosso Planeta: Nossos Negócios”

Deixe um comentário

Talvez Você Também Goste

Notícias

Documentário online reflete sobre a relação da sociedade com o lixo

A partir da trajetória de resíduos em cidade, são discutidos poluição, consumo, reciclagem e responsabilização

há 4 meses
Notícias

Websérie traz histórias de pessoas que sofrem com invisibilidade social

Refugiada, catadora de recicláveis, mulher transgênera, cadeirante e obeso compartilham seus relatos

há 10 meses
Notícias

Projeto usa minidocumentários criados por jovens para conscientizar sobre questões sociais e de saúde

Vídeos e podcasts abordam temas como identidade racial, violência, preconceito, sexualidade e maternidade

há 2 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.