A presença de alunos imigrantes e refugiados nas universidades brasileiras tem rendido contribuições significativas para as pesquisas acadêmicas. Para ilustrar essas iniciativas, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) elaborou um documentário que retrata os projetos desenvolvidos por esses estudantes dentro da instituição.

“Migrar não é delito” possui cerca de 25 minutos de duração e está disponível no canal da universidade do Youtube. A produção possui também versão em libras. Dentre os projetos divulgados, o público pode conhecer o “Energia pour tours”. Ele é realizado por quatro universitários haitianos de cursos da engenharia que produzem vídeos para a internet visando a informar a população sobre as energias sustentáveis para o Haiti.

A segunda iniciativa se chama “Sauté pour Haiti” e reúne haitianos estudantes das áreas da saúde. O objetivo é estudar o modelo brasileiro do Sistema Único de Saúde (SUS), com o intuito de implementar uma estrutura similar no pais de origem dos universitários. Para completar, o minidocumentário apresenta ao público a atuação do Migraidh, que oferece suporte para refugiados e imigrantes em situação de vulnerabilidade que desejam ingressar na UFSM.

Veja mais:

Refugiados que aguardam revalidação do diploma sonham com futuro digno

Síria, Colômbia e Venezuela: livro de receitas aproxima brasileiros de refugiados

“Nunca pensei que seria uma refugiada. Aconteceu”

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

Síria, Colômbia e Venezuela: livro de receitas aproxima brasileiros de refugiados

E-book gratuito de agência da ONU também traz relatos de imigrantes

há 4 meses
Notícias

Mais de 4 milhões de pessoas pediram refúgio ou migraram da Venezuela, aponta plataforma da ONU

Página brasileira reúne dados recentes sobre o fluxo de venezuelanos no Brasil e no mundo

há 2 anos
Notícias

Cartilha orienta imigrantes e refugiados que vivem no Brasil

Documento da Defensoria do Rio de Janeiro explica direitos básicos e legislação referente ao tema

há 2 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.