O Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas, 16 de março, alerta para a necessidade de ações que diminuam os impactos dessas alterações no clima. As energias renováveis têm um papel importante nessa equação para diminuir a emissão de gases de efeito estufa. Por isso, governos e empresas têm investido mais em fontes como a energia solar, eólica e as hidrelétricas.

“A energia, na maioria dos casos, é gerada pelos combustíveis fósseis – pelo petróleo, basicamente. Quando manuseado, ele produz uma energia que está acumulada embaixo da terra. Na produção dessa energia são emitidos gases. E esses gases vão se acumulando na atmosfera e é isso que provoca um efeito estufa, que vai aquecendo o planeta”, explica um dos pioneiros em pesquisas em gestão ambiental e sustentabilidade corporativa no Brasil, o professor titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEAUSP) Isak Kruglianskas.

Energia renovável em empresas

A adoção de fontes renováveis é uma alternativa a esse modelo de combustíveis fósseis e tem sido cada vez mais incorporada por empresas. A Claro possui um dos maiores programas de autogeração do Brasil. O “Energia da Claro” existe desde 2016.

energias renováveis
Painéis solares de usina da Claro em Várzea da Palma, em Minas Gerais (crédito: divulgação/ Diego Paz)

“O modelo que a gente segue aqui só depende de fontes renováveis: solar, eólica, hidrelétrica, biogás – biogás é tudo aquilo que é o descarte do aterro sanitário. O lixo gera muito gás e usamos esse gás para gerar energia renovável para nosso próprio consumo”, esclarece o gestor de portfólio de projetos da Claro, Diego Paz, que é responsável por soluções para diminuição de emissões. “Isso representa também uma redução de 530 mil toneladas em CO2 desde o começo do nosso projeto”, completa.

“Esse consumo vai diretamente para o cliente, através do sinal do celular. O seu sinal 4G, 5G já é proveniente de uma fonte renovável”, salienta Paz. A Claro conta hoje em seu programa com 80 usinas e mais de 700 mil painéis instalados em todo o Brasil.

Veja mais:

Relatório de Impacto: Claro e Instituto Claro apresentam atuação em sustentabilidade e responsabilidade social

Claro assina Pacto Global da ONU e se compromete com objetivos de desenvolvimento sustentável

Transcrição do Áudio

Vinheta “Instituto Claro”

Música: “Summer Shower” (Quincas Moreira) fica de fundo

Marcelo Abud:
16 de março é o Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas. O professor titular da Universidade de São Paulo e pioneiro em pesquisas nas áreas de gestão ambiental e sustentabilidade corporativa no Brasil, Isak Kruglianskas fala sobre a importância de ações para diminuir os impactos dessas mudanças climáticas.

Isak Kruglianskas:
Na medida em que o planeta está se aquecendo, em decorrência da emissão de gases de efeito estufa que se acumulam na atmosfera, nós temos alterações das chuvas, o aparecimento de ondas de calor e de frio anormais, aquecimento dos oceanos, furacões, extinção de espécies, temos impacto na agricultura. Enfim, é uma série de consequências o fato de a terra estar se aquecendo.

Marcelo Abud:
As fontes de energia estão entre as principais causas para as mudanças climáticas.

Isak Kruglianskas:
A energia, na maioria dos casos, é gerada pelos combustíveis fósseis – pelo petróleo, basicamente. Quando manuseado, produz uma energia que está acumulada embaixo da terra. Na produção dessa energia são emitidos gases. E esses gases vão se acumulando na atmosfera e é isso que provoca um efeito estufa, que vai aquecendo o planeta.
E cada vez mais se procura produzir novas energias, chamadas renováveis, que você consegue gerar sem produzir a poluição que eu me referi e que são inesgotáveis. É o caso da energia solar, gerada pelos painéis de energia fotovoltaica, né? Tem energia eólica, decorrente do movimento das massas atmosféricas que circulam ao longo da terra… Tem várias fontes de energia que estão sendo estudadas e desenvolvidas.

Marcelo Abud
O gestor de portfólio de projetos da Claro-Brasil, Diego Paz, é responsável pela diminuição de emissões e por contribuir para reduzir a pegada de carbono da empresa. Ele explica como isso acontece.

Diego Paz:
Este prédio recebe energia dessa fonte renovável, o celular da grande maioria dos nossos clientes já recebe energia por fontes renováveis e isso diminui o impacto. Além disso, tem outros programas, como o Claro Recicla, onde a gente faz a coleta de equipamentos – baterias – de cliente ou não da Claro; de logística, onde eu consigo otimizar o deslocamento para reciclagem e reutilização de materiais…

Marcelo Abud:
Kruglianskas destaca a importância de empresas realizarem ações como essas.

Isak Kruglianskas:
Há um esforço nesse sentido e estamos otimistas, né? Até 2030 se pretende chegar a um ponto onde o aumento da concentração desses gases poluentes de efeito estufa chegue a zero.

Diego Paz:
A Claro começou em 2016 um programa conhecido como Energia da Claro. Ele é hoje um dos maiores do Brasil na modalidade autogeração. No caso, a Claro gerando energia pra si. E o modelo que a gente segue aqui ele só depende de fontes renováveis: solar, eólica, hidrelétrica, biogás – biogás é tudo aquilo que é o descarte do aterro sanitário – lixo ele gera muito gás e esse gás a gente usa para gerar energia renovável para nosso próprio consumo.
Esse consumo vai diretamente para o cliente, através do sinal do celular. O seu sinal 4G, 5G ele já é proveniente de uma fonte renovável. Hoje são oitenta usinas, mais de 700 mil painéis instalados em todo o Brasil em energia renovável dedicadas à Claro. Isso representa também uma redução de 530 mil toneladas em CO² desde o começo do nosso projeto.

Música: “Summer Shower” (Quincas Moreira) fica de fundo

Marcelo Abud:
A conscientização em torno de ações sustentáveis deve ser de toda a sociedade. Só com a soma de esforços de governos, empresas e de todas as pessoas vamos conseguir diminuir o agravamento dos impactos das mudanças climáticas.
Marcelo Abud para o podcast do Instituto Claro.

 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

Instituto Claro lança vídeo manifesto reforçando compromisso com educação e cidadania

Produção comemora os 23 anos de existência e o legado das ações de responsabilidade social

há 2 dias
Notícias

Conexão Voluntária apoia situação emergencial em Petrópolis (RJ) e Espírito Santo

Doações podem ser feitas nos postos de coleta e via pix da Ação da Cidadania

há 4 semanas
Notícias

Conexão Voluntária beneficia quase 50 mil pessoas em 2023

Programa de voluntariado da Claro realizou atividades em todo o Brasil com distribuição de doações

há 1 mês
Notícias

Conheça os finalistas da 12ª edição do Campus Mobile

Após semana imersiva, Instituto Claro anunciou os projetos que estarão na última etapa do concurso

há 2 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.