Jovens da rede pública do estado do Rio de Janeiro trabalhando em equipe e pensando soluções por meio de projetos inovadores em tecnologia. Foi assim o “Hackaton Escola Inovadora”, organizado pelas secretarias estaduais de Ciência, Tecnologia e Inovação, de Cultura e Economia Criativa e de Educação.

Entre os mais de 60 jovens do ensino médio envolvidos, estavam alunos do Colégio Estadual Hebe Camargo, no Rio de Janeiro (RJ), participantes do programa Dupla Escola, e o resultado não poderia ser melhor: o grupo foi o vencedor, com um projeto de aplicativo chamado AescWeb (A = acesso, esc = escola, Acesso Escola), que pretende facilitar a comunicação entre escolas e pais de alunos da rede pública do Rio.

Para desenvolverem a ideia, os estudantes se reuniram por três semanas e contaram com a mentoria do coordenador técnico e professor do Dupla Escola, Ricardo Costa. Ao final do processo, aconteceu o hackaton, que durou dois dias e envolveu outras nove equipes de escolas da região metropolitana do estado.

“Fiquei emocionado ao ver meus alunos felizes e conquistando o primeiro prêmio do evento. A escolha da ideia foi extremamente importante, não só para as escolas, mas também para o lado pessoal e profissional dos estudantes”, contou Ricardo.

Trabalho em equipe

Foram semanas de trabalho intenso, envolvendo alunos com diferentes habilidades, para que cada um contribuísse com os aspectos que mais dominavam. “A proposta foi criar um grupo eficiente e harmônico, para que o desenvolvimento fluísse”, lembrou o professor.

“Nós tivemos uma experiência maravilhosa. O conhecimento que o projeto trouxe para a minha vida e para os demais do grupo foi incrível, e o fato de trabalharmos em equipe melhorou nosso relacionamento na escola”, afirmou o estudante Fabricio Andrade, de 17 anos.

Como premiação, o grupo recebeu uma quantia de R$ 5 mil para desenvolvimento da plataforma, 30 dias de mentorias na Fábrica de Startups e outros 20 dias no RioCriativo – ambas são organizações que auxiliam no desenvolvimento de projetos.

“Ninguém no grupo havia passado por uma experiência como essa. Foi a primeira vez que a escola participou de um hackathon. Ficamos felizes em saber que o projeto ficou conhecido por pessoas de lugares distantes em pouco tempo e, principalmente, por sermos os primeiros vencedores do “Hackathon Escola Inovadora” e darmos esse título ao Colégio Estadual Hebe Camargo. Gratidão é o que define esse momento. E a sensação é de dever cumprido”, comemorou Fabrício.

Alunos do Colégio Estadual Hebe Camargo com professores e familiares no Hackathon Escola Inovadora


Sobre o programa

O Dupla Escola é uma iniciativa do Instituto Claro, em parceria com a Secretaria Estadual do Rio de Janeiro, que oferece Ensino Médio integrado ao curso técnico-profissionalizante em telecomunicações, direcionada a alunos da Pedra de Guaratiba (RJ).

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

Programa Conexão Voluntária da Claro doa internet e produtos à família de área rural

Pai caminhava por uma hora para conseguir baixar materiais e garantir aulas

há 10 meses
Notícias

Colaboradores da Claro compartilham suas ações do dia a dia pela preservação do meio ambiente

“Acredito que tudo está nos detalhes, que a mudança começa conosco”, diz Tatiane Silva

há 1 ano
Notícias

Instituto Claro se une à Aprendendo Sempre para apoiar a comunidade escolar e famílias durante a pandemia

Plataforma reúne materiais que auxiliam nos processos de ensino e aprendizagem fora da escola

há 1 ano
Notícias

Portal do Instituto Claro tem novidades e mais recursos de acessibilidade

Mudanças incluem melhorias na experiência de navegação, janela de Libras e transcrição de podcasts

há 1 ano

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.