Confira o vídeo com audiodescrição

A argentina radicada no México Emilia Ferreiro (1936) é uma das personalidades da educação que mais teve impacto na escola brasileira nas últimas décadas. Ainda que não seja educadora, as descobertas realizadas por ela iniciaram uma mudança profunda na maneira como educadores enxergam a aprendizagem da leitura e da escrita.

Ferreiro iniciou suas pesquisas em busca de respostas para a questão: por que crianças pobres fracassam mais no aprendizado da leitura e da escrita? Para investigar essa pergunta, ela entrevistou crianças antes que elas entrassem na escola e descobriu que aquelas que possuíam maior contato com objetos escritos desenvolviam hipóteses sobre a escrita antes de serem ensinadas.

Na entrevista, que faz parte da terceira temporada da série Pensadores na Educação, a doutora em psicologia escolar e do desenvolvimento humano pela Universidade de São Paulo (USP) Telma Weisz integrante do grupo de pesquisadores que trabalha com Ferreiro, apresenta os principais pontos e impactos dessa pensadora na educação, quem tem como base os ensinamentos de Jean Piaget (1896-1980).

Acesse abaixo os outros episódios da série:

Foucault e as relações de poder
Morin, pensamento complexo e transdisciplinaridade
Howard Gardner e as inteligências múltiplas
Perrenoud e o desenvolvimento de competências

Veja também a primeira temporada e a segunda temporada dos Pensadores na Educação

Confira o vídeo com audiodescrição:

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Usos do Desenho Universal para a Aprendizagem na inclusão escolar

Como engajar alunos com deficiências no ensino remoto?

Jovens oferecem reforço escolar gratuito para estudantes da rede pública

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.