As crianças e adolescentes brasileiras estão mais conectadas. É isso que mostra a pesquisa Tic Kids Online Brasil, promovida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). Segundo o estudo, 93% das crianças brasileiras tinham acesso à internet em 2021, a maioria exclusivamente pelo celular.Esse acesso amplo tem muitos pontos positivos, mas também gera desafios para pais e educadores.

As redes sociais, por exemplo, podem ajudar os jovens a construírem suas identidades e aprenderem sobre o mundo. Por meio delas, eles se expressam e se relacionam. Por isso, boa parte desse público de crianças e adolescentes, além de consumir, está gerando os seus próprios conteúdos na internet. Em contrapartida, estão sujeitos a situações de superexposição, cyberbullying e responsabilização pelo conteúdo que produzem.

O que observar?

Pais e responsáveis têm papel fundamental de orientar esses jovens sobre os perigos que envolvem o consumo e produção de determinados conteúdos na internet. Segundo a advogada e especialista em proteção de dados do NIC.br Karen Borges, os adultos devem ficar atentos ao conteúdo que os jovens estão acessando, ao tempo de tela, e, principalmente, ao comportamento deles. “A partir de qualquer ação inesperada e qualquer comportamento estranho, os pais devem agir e apoiar esses jovens para que eles se sintam à vontade para indicar eventual irregularidade que cometeram ou tiveram acesso na internet”, explica.

Na entrevista, Borges fala a pais, professores e responsáveis sobre como orientar crianças e adolescentes para um uso responsável da internet. Ela também alertar sobre como evitar problemas na produção de conteúdo para redes.

Veja mais:

Sextorsão: como evitar a pornografia de revanche entre crianças e adolescentes? 

Discursos de ódio e antidemocráticos atingem universo gamer no Brasil

Plano de aula – Protagonismo digital: uso consciente e segurança na internet

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Conheça os direitos de mulheres vítimas de violência sexual

Como funciona a reciclagem de lixo eletrônico?

Criança trans: mãe conta sua experiência de apoio e novas descobertas

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.