Membros da comunidade LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros, intersexuais)  podem utilizar o aplicativo TODXS para encaminhar denúncias de violência e discriminação diretamente ao Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). A ferramenta está disponível gratuitamente para sistemas iOS e Android.

Além de facilitar o processo de denuncias, o aplicativo também avaliará o atendimento policial, caso a vítima tenha realizado um boletim de ocorrência para registrar a violência sofrida. O sistema também disponibiliza as leis que oferecem proteção à população, assim como o contato de organizações representativas ou de apoio.

De acordo com o Grupo Gay da Bahia, 343 LGBTI+ foram mortos no Brasil apenas em 2016. Em 2015, foram registradas 318 mortes. O levantamento do grupo é realizado anualmente desde 1980.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

Mapa da Violência de Gênero disponibiliza informações sobre agressões a mulheres e LGBTQ+

Plataforma permite cruzamento online de dados e consulta de leis estaduais e nacionais

há 2 anos
Notícias

Agentes de segurança oferecem dicas a LGBTIs em cartilha gratuita

Publicação orienta sobre como prevenir violência e agir em situações de agressões

há 3 anos
Notícias

Região da América Latina e Caribe foi a mais perigosa para a imprensa em 2019, segundo a Unesco

De acordo com a entidade, cobrir assuntos locais é mais perigoso que zonas de guerra

há 2 anos
Notícias

Violência no campo cresceu 36% no Brasil entre 2017 e 2018, aponta relatório

Levantamento da Comissão Pastoral da Terra mostra que conflitos afetaram quase 1 milhão de pessoas

há 3 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.