Leonardo Valle

A Coordenação Geral de Saúde dos Adolescentes e Jovens, do Ministério da Saúde, lançou o projeto DiverSUS – Educomunicação, Juventudes e Saúde. A iniciativa envolveu coletivos de jovens de todo Brasil na elaboração de materiais de comunicação que dialogassem com a realidade dessa faixa etária. Foram produzidos podcasts, minidocumentários, fotos e ilustrações que abordam temas como: identidades étnicas e raciais, condições sociais, sexualidade e afeto, preconceito, estigmas, violência, maternidade e paternidade.

Para a criação do DiverSUS, cinco jovens aceitaram o convite para entrevistar pessoas da mesma faixa etária sobre suas experiências de vida. Foram colhidos relatos de como é ser pai no sistema socioeducativo, como é para uma jovem enfrentar sozinha os desafios da maternidade, como é para um jovem trans o acolhimento no serviço de saúde, as perspectivas futuras de uma jovem indígena, entre outros. Os materiais foram disponibilizados no portal DiverSUS.

Ao todo, a elaboração do projeto durou sete meses e aconteceu em cinco estados brasileiros. No Pará, a iniciativa ouviu jovens negros e negras. Em Pernambuco, entrevistou jovens em situação de rua. No Rio de Janeiro, jovens em regime de internação no sistema socioeducativo. No Acre, jovens multiplicadores de saúde. E, no Amazonas, jovens indígenas. Por fim, os podcasts foram gravados em Brasília.

A iniciativa contou com o apoio do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e busca utilizar a educomunicação como uma estratégia para conscientizar sobre temas de saúde sexual e reprodutiva, consumo de álcool e outras drogas com jovens na faixa etária de 15 a 29 anos.

Veja mais:
Site apresenta informações para jovens recém-diagnosticados com HIV
Cartilha online discute direitos humanos e juventude
Preconceito ainda é principal desafio de juventude indígena que vive na cidade

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

‘Enciclopédia Sapatão’ reúne lutas e histórias de mulheres lésbicas brasileiras

Plataforma quer evidenciar pluralidade feminina, trazendo também recortes de raça e classe

há 9 meses
Notícias

Plataforma gratuita conecta empregadores e pessoas com deficiência

Iniciativa permite cadastro de perfis profissionais e de oportunidades de emprego para essa população

há 2 anos
Notícias

Programa “Educando para a Diversidade” da TV Unesp é disponibilizado em versão podcast

Episódios discutem situação de indígenas, negros, refugiados, padrões corporais, intolerância religiosa, entre outros

há 2 anos
Notícias

Curso online gratuito apresenta histórias e conceitos LGBTI+ para pessoas e empresas

Sexo biológico, identidade de gênero e orientação afetivossexual são temas explicados

há 2 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.