É no ensino fundamental II, durante os 6º e 7º anos, que os alunos começam a ter contato com os gêneros de leitura nas aulas de língua portuguesa. Também é nesse período que se aprofundam os estudos sobre os diferentes tempos verbais.

Para aliar esses dois conteúdos em uma atividade que dialogue com a realidade cotidiana da classe, o professor e mestre em letras pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Erikson de Carvalho Martins, sugere o uso dos resumos de telenovelas com os alunos. O texto, que pode ser encontrado em revistas ou sites, traz informações sobre os acontecimentos futuros das produções televisivas que estão no ar.

“Ele se caracteriza pela redução de outro texto mais amplo, que pode ser oral – os diálogos da telenovela – ou escrito, que é a peça dramatizada. Apresenta um ambiente discursivo jornalístico e resume os principais acontecimentos de um determinado capítulo”, descreve o pesquisador.

“Entre as vantagens desse material, destacam-se o fato de ser um produto cultural de acesso fácil, comum a todas as classes sociais e que faz parte da vivência cotidiana do aluno. Tendo, ainda, diversas opções de produções infantojuvenis exibidas em diferentes emissoras”, enfatiza Martins.

Confira outras formas de abordar conteúdos de língua portuguesa com os alunos:
Gêneros textuais: como trabalhar em sala de aula?
Para Maria Adelaide Amaral, biografias sobre mulheres libertárias podem ser inspiradoras para meninas no ensino médio
Combinar produção de fotos com podcast incentiva argumentação de alunos
Língua portuguesa: respeito à pessoa LGBTI+ pode ser trabalhado por meio de filmes e produção de crônica

Os resumos costumam ser de dois tipos: sintetizado por capítulo, a partir de acontecimentos gerais, ou com foco em um personagem ou núcleo da novela. Esse último caso costuma ser mais abrangente e específico. “Pode misturar texto verbal com não verbal, como fotos e ilustrações”, acrescenta.

A linguagem varia de acordo com o público-alvo. “A novela infantojuvenil é mais informal”, exemplifica o professor. Além disso, é importante diferenciar a telenovela do gênero novela, de caráter literário e vinculado ao romance. “O docente também deve ficar atento se a faixa etária é compatível com a da sua turma”, diz.

Tópicos trabalhados

Assim como quando se apresenta qualquer gênero de leitura em sala de aula, alguns tópicos ajudam os alunos a analisarem de forma aprofundada o resumo de telenovela. É possível fazer perguntas relacionadas à finalidade do texto (“qual seu objetivo?”); estrutura (“possui começo, meio e fim?”, “é narrativo ou descritivo?”); suporte (“é veiculado em revista impressa ou meio digital?”); e perfil dos interlocutores (“para quem se destina?”).

Sobre o uso dos tempos verbais, esse material geralmente aposta em frases curtas e verbos e locuções no presente do indicativo. “Dependendo da revista, pode se usar também futuro do presente, por se tratar de acontecimentos que ainda não ocorreram”, ressalta o professor.

A leitura do texto é uma oportunidade para os alunos encontrarem palavras desconhecidas e as pesquisarem no dicionário, que pode ser físico, via aplicativo ou site. “Todo gênero tem palavras próprias, que constituem o seu léxico. Isso também acontece nas telenovelas”, conta.

Martins ainda aconselha os docentes de língua portuguesa a trazerem exemplos variados e diversos de resumos. Primeiro para analisar em conjunto com os alunos para, depois, deixá-los trabalharem sozinhos ou em grupo.

“Antes da atividade, pode haver uma apresentação sobre o gênero e tempos verbais. Outra opção é esses temas serem apresentados durante o próprio exercício, a partir do momento que possíveis exemplos forem surgindo”, complementa.

Crédito da imagem: TV Globo/Divulgação.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Série ‘Todo Mundo Odeia o Chris’ estimula professores e alunos a debaterem racismo na escola

Educadores trazem discussão para realidade brasileira e desconstroem estereótipos

Como ajudar o aluno a ler livros sem ilustrações?

Pesquisadora da Unesp traz alternativas para estimular autonomia das crianças na leitura

Dia dos professores: docentes da educação básica inspiram alunos a seguirem na profissão

Educadores relembram mestres que motivaram escolha por lecionar na rede pública

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.