O projeto “1000 Futuros Cientistas” é uma iniciativa do departamento de química, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que tinha como objetivo receber alunos da educação básica das redes públicas na faculdade. Lá, eles eram ensinados sobre as medidas de segurança realizadas nos laboratórios, sobre como fazer experimentos simples,  higienizar e guardar corretamente os materiais usados e, ainda, como funciona o ingresso no ensino superior.

Com o isolamento social decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o projeto migrou suas ações para o Instagram, para continuar atingindo os jovens de escolas estaduais e municipais que estão nas suas casas. Assim, graduandos da licenciatura de química elaboram vídeos didáticos, usando materiais simples, e que podem ser realizados na própria residência com tranquilidade. A divulgação do material é realizada no perfil @1000futuroscientistas.

Segundo os organizadores, o objetivo é criar atividades remotas relevantes ao aprendizado dos alunos e mostrar que a química pode ser divertida e acessível a todas as pessoas.

Veja mais:
Fotos postadas no Instagram são ferramentas para o ensino de fenômenos ópticos no ensino médio
Experimentos simples ajudam a explicar microbiologia sem laboratório
Criação de carpoteca física ou virtual facilita aprendizagem sobre plantas
Criar um herbário escolar aproxima o ensino de botânica da realidade dos alunos

Crédito da imagem: reprodução TV UFMG

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

E-book gratuito da USP ensina métodos de aprendizado de 8 línguas

Material didático tem recursos digitais comentados e recomendações de leitura

há 4 dias
Notícias

9 podcasts sobre livros do vestibular da Fuvest 2022

Análises de especialistas ajudam alunos a se prepararem para ingresso na USP

há 3 semanas
Notícias

Jogo online ensina sinônimos e antônimos com ritmo de frevo

Game relançado pela Fapesp relaciona dança com conteúdo de língua portuguesa

há 4 semanas
Notícias

6 links para utilizar a história oral em sala de aula

Metodologia baseada em entrevistas valoriza memória, fontes históricas e protagonismo dos alunos

há 4 semanas

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.