Foi em 2006 que revistas em quadrinhos finalmente passaram a integrar o Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE), do Ministério da Educação (MEC). Desde então, o gênero se faz presente nos acervos distribuídos às bibliotecas escolares de todo o Brasil. Para os professores, as cores, as narrativas, as metáforas visuais e os lapsos de tempo presentes nas histórias em quadrinhos (HQs) são apenas alguns dos recursos que podem ser utilizados a favor da aprendizagem de diversas disciplinas, como língua portuguesa, matemática, história, geografia, ciências, entre outros.

A seguir, confira oito dicas de vídeos, planos de aula, artigos e entrevistas que orientam sobre como utilizar pedagogicamente os quadrinhos dentro da escola.

Mesa redonda: Como utilizar histórias em quadrinhos em sala de aula
A Rede do Saber e a Escola de Formação de Professores Paulo Renato Costa Souza convidaram o pedagogo Mauricio Zanolini e o historiador Bruno Andreotti para debaterem o uso dos quadrinhos como material pedagógico. O foco foi no currículo oficial do Estado de São Paulo. Assista!

TEDx Unisinos: Quadrinhos levados a sério no ensino em sala de aula
José Alberto Lovetro é jornalista, cartunista e presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil. Em sua palestra no TEDx Unisinos, o especialista apresentou dados e informações para que os quadrinhos sejam incorporados nos ensinos fundamental e médio.

Podcast: Tiras do Armandinho estimulam debates sobre educação e cidadania em sala de aula
O ilustrador Alexandre Beck fala sobre a presença de seu personagem Armandinho em materiais didáticos. Com leveza, as tirinhas podem promover discussões que envolvem educação, cidadania, política, religião e feminismo.

Artigo “Trabalhando com quadrinhos em sala de aula”
A professora de língua portuguesa, Juliana Carvalho, responde às principais dúvidas sobre o uso das HQs em atividades relacionadas a diversas disciplinas. Ao final, sugere exercícios a serem aplicados, não apenas em aulas de literatura e português, mas também geografia, matemática, ciências, entre outros. Leia!

Podcast: Clássicos em quadrinhos podem atrair jovens para a literatura
Entrevista com o escritor Ivan Jaf, responsável pela adaptação do livro “Amar, verbo intransitivo”, de Mário de Andrade, para a linguagem dos quadrinhos. Para o escritor e roteirista, as versões de grandes títulos da literatura para HQs desperta o interesse dos jovens pelos títulos originais.

Artigo “Histórias em quadrinhos no processo de aprendizado: da teoria à prática”
O pós-doutor em comunicação, Roberto Elísio dos Santos, e o professor da Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP), Waldomiro Vergueiro, analisam as possíveis aplicações dos quadrinhos às necessidades do processo de aprendizado.

Plano de aula –  História em quadrinhos com o Hagáquê
As professoras de língua portuguesa Tânia Cristina Lemes Machado e Valéria de Cássia Gasques Mortari elaboraram este plano de aula para o ensino fundamental II. Os objetivos são conhecer e utilizar com competência o gênero textual história em quadrinhos, assim como relacionar imagem e texto verbal na atribuição de sentido ao texto.

Como criar sua tirinha em quadrinhos
O colunista Gustavo Tahan ensina como alunos e professores podem criar suas próprias tirinhas utilizando o aplicativo para dispositivos móveis Pixton. A ferramenta é gratuita e fácil de ser utilizada.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

6 livros que mostram a relação entre ética e educação

Obras dedicadas ao tema convidam professores a repensarem interação, diálogo e liberdade na escola

há 1 ano
Notícias

Editora da UFF disponibiliza 15 e-books gratuitos de educação

Temáticas das obras incluem gestão democrática, acessibilidade, etnomatemática e formação docente

há 1 ano

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.