Documentos, vídeos, livros e trabalhos acadêmicos que registram a trajetória da população negra em Juiz de Fora (MG) estão disponíveis para consulta online. O projeto “Juiz de Fora – Cidade Negra” é uma iniciativa da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) que busca reverter a invisibilidade e o apagamento desse grupo na memória da cidade. Boa parte dos materiais foi disponibilizada pela população do munícipio.

Conhecido antigamente como arraial de Santo Antônio do Paraibuna, Juiz de Fora se transformou em cidade no auge da expansão do café, sustentado pela importação de africanos escravizados. O nome do município como é conhecido hoje ocorreu em 1865.

“Sua tradição cafeeira consolidou-a como a principal cidade escravista de Minas Gerais, dado ratificado pelo censo de 1872 que apontava que 2/3 da população local era composta por negros escravizados”, explica o projeto.

Mas não só na lavoura cafeeira a presença negra foi intensa. “O trabalho de africanos e seus descendentes – cativos, libertos e nascidos livres – esteve também na base da precoce expansão industrial da cidade”, destaca.

Foi por conta da trajetória de ex-escravos no município que Juiz de Fora se tornou pioneira em pesquisas acadêmicas sobre o período pós-abolição.

Veja mais:
Substituir expressões cotidianas que usam a cor preta de forma pejorativa ajuda a combater racismo
Vídeo com Preta Araújo explica o que é racismo estrutural

Crédito da imagem: divulgação

Deixe um comentário

Talvez Você Também Goste

Notícias

Programa “Educando para a Diversidade” da TV Unesp é disponibilizado em versão podcast

Episódios discutem situação de indígenas, negros, refugiados, padrões corporais, intolerância religiosa, entre outros

há 3 semanas
Notícias

Documentário mostra pandemia do coronavírus pelo olhar da juventude negra

Material reúne depoimentos de jovens sobre educação, saúde mental e outros assuntos

há 2 meses
Notícias

Vídeo com Preta Araújo explica o que é racismo estrutural

Produção esclarece as formas como o preconceito e a discriminação racial acontecem na sociedade

há 1 ano
Notícias

Curso da USP ensina braile para quem enxerga e deseja apoiar pessoa cega

Aprendizagem é realizada por meio de interação com animação gráfica

há 1 dia

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.