Quando se fala em alimentos orgânicos, é frequente a associação com produtores da zona rural que fazem da agricultura sua renda. Contudo, é comum moradores da zona urbana cultivarem legumes, verduras, frutas, ervas e flores comestíveis em pequenas hortas e jardins no quintal de casa. Para ajudar essas pessoas a darem um destino ao excedente e ainda ganharem uma renda extra, a catarinense Mirian Wrublevski desenvolveu o aplicativo gratuito “Quintal”.

Disponível para celulares de sistema Android e iOS , a iniciativa conecta esses produtores informais com vizinhos e moradores da proximidade que teriam interesse em consumir alimentos que não tiveram agrotóxicos adicionados na sua produção. O app “Quintal” já possui mais de 160 itens diferentes anunciados, dois mil downloads e 580 usuários ativos.

Para utilizar a ferramenta, produtores e consumidores devem ativar o serviço de geolocalização do celular. Após escolher o produto, pagamento, entrega ou retirada são combinados pelo Whatsapp. Para os vendedores, é necessário publicar fotos dos alimentos e assinar um termo que garante que os produtos comercializados são, de fato, orgânicos.

Com CicloVivo

Veja mais:

Consumidores financiam pequenos agricultores em troca de produtos orgânicos e sustentáveis

Compras colaborativas permitem acesso a produtos orgânicos e naturais a baixo custo

Deixe um comentário

Por favor, faça Login para comentar

Talvez Você Também Goste

Notícias

Aplicativo para celular combate agressões contra mulheres no Piauí

Salve Maria oferece canal de denúncias e botão a ser acionado em caso de emergência

há 2 anos
Notícias

Novo aplicativo estimula hábitos saudáveis para prevenção do câncer

“Armazém da Saúde” permite simular compras e ter acesso a informações sobre os alimentos

há 3 anos
Notícias

Aplicativo “Eu me importo” reúne instituições que tratam dependentes químicos em São Paulo

Com garantia de anonimato, objetivo do app é facilitar a localização dos grupos de apoio

há 3 anos
Notícias

Aplicativo gratuito informa se praias da Bahia estão aptas para banho

“Vai dar praia” monitora semanalmente 119 pontos em 29 municípios

há 3 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.