Conteúdos

Este roteiro de estudos visa, em um primeiro momento, contextualizar e caracterizar as matrizes energéticas, distinguindo-as das matrizes elétricas, além de apresentar as principais matrizes energéticas renováveis e não renováveis do Brasil e do Mundo. Após essa revisão, o objetivo é compreender o que é eficiência energética, apresentando suas principais características e, ainda, refletindo sobre seus impactos econômicos, sociais e ambientais. Este material possibilita também compreender a eficiência energética no Brasil e os avanços alcançados até os dias atuais. Ao final, sugere-se a síntese do roteiro de estudos, com a proposta da construção de um texto dissertativo-argumentativo com o tema “Sustentabilidade e Eficiência Energética”, além da realização dos exercícios de fixação, no formato de múltipla escolha.

● Introdução: matriz energética brasileira.
● Definição: o que é eficiência energética?
● Impactos: a importância da eficiência energética.
● A eficiência energética no Brasil.

Objetivos

● Entender o que é matriz energética e quais são as principais matrizes energéticas do Brasil;
● Conhecer as principais matrizes energéticas renováveis e não renováveis;
● Diferenciar matriz energética de matriz elétrica;
● Compreender o que é eficiência energética;
● Conhecer os impactos econômicos, sociais e ambientais da eficiência energética, bem como compreender as consequências da falta de sua implementação;
● Refletir sobre a eficiência energética no Brasil; e
● Realizar a síntese do roteiro de estudos, por meio da elaboração de uma redação dissertativa e da realização dos exercícios de fixação.

Estude também

Estudar em casa: regionalização do espaço geográfico

Estudar em casa: Terceira Revolução Industrial

Palavras-chave:

Eficiência energética. Matrizes energéticas. Energias renováveis. Energias não renováveis. Matriz elétrica.

Proposta de estudo:

Este roteiro de estudos tem por objetivo auxiliar o estudante no processo de aprendizado, para além do ambiente escolar. Com o intuito de facilitar esse processo, as etapas subsequentes são compostas de vídeos, textos-base, questões norteadoras e atividades relacionadas à temática apresentada.
As etapas desenvolvidas neste roteiro de estudos, assim como, as questões norteadoras e as subquestões que advêm delas, foram elaboradas para contribuir com a melhor compreensão do tema em questão.

Deste modo, orientamos que seja feita a leitura integral deste roteiro de estudos, sempre buscando as respostas para cada uma das perguntas que foram elaboradas. Orientamos, também, que todas as dúvidas sejam anotadas e brevemente sanadas, por meio de pesquisas on-line. Para melhor compreensão dos conteúdos desenvolvidos no roteiro, sugerimos que, depois de cada etapa, seja elaborado um parágrafo resumindo seu entendimento, sempre com destaque para os principais conceitos estudados.

1ª Etapa: Introdução ꟷ matriz energética brasileira

I) Leia atentamente os textos abaixo

Entenda como a matriz elétrica brasileira está mudando. Governo do Brasil
Acesso em: 08.12.2021.

Entenda o atual cenário do mercado brasileiro de energia. Gazeta do Povo
Acesso em: 08.12.2021.

Matriz Energética e Elétrica. Empresa de Pesquisa Energética – EPE
Acesso em: 08.12.2021.

Diferença entre matriz energética e matriz elétrica. Energes
Acesso em: 12/12/2021.

II) Analise atentamente as imagens abaixo e transcreva as principais informações em seu caderno

Matriz energética (crédito: reprodução/ Energes). Acesso em: 12/12/2021.
matriz elétrica brasileira
Matriz elétrica brasileira (crédito: reprodução/ Gazeta do Povo)
matriz elétrica brasileira
Matriz elétrica brasileira (crédito: reprodução/ Gov). Acesso em: 10/12/2021

III) Guiando-se pelos textos e informações disponíveis acima, responda às questões

a) A matriz energética brasileira tem uma fonte principal de geração. Qual? Que percentual ela representa?
b) Qual o nome da principal fonte geradora de energia elétrica no País?
c) Diferencie matriz energética de matriz elétrica.
d) Quais são as principais matrizes energéticas do Brasil?
e) Quais são as principais matrizes energéticas renováveis?
f) Quais são as principais matrizes energéticas não renováveis?

2ª Etapa: Definição ꟷ o que é eficiência energética?

I) Assista aos vídeos e leia os textos, anotando em seu caderno as informações mais importantes

INSTITUTO NACIONAL DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA – INEE. Conceito
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência Energética. Mundo Educação
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência Energética. Info Escola
Acesso em: 08.12.2021.

Os Benefícios da Eficiência Energética. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Como calcular o consumo de energia com o selo Procel. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Aula Eficiência Energética – ONEE. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência Energética. Empresa de Pesquisa Energética – EPE
Acesso em: 08.12.2021.

Programa de Eficiência Energética. CPFL Energia
Acesso em: 08.12.2021.

II) Sistematize as informações extraídas dos vídeos e dos textos, respondendo às questões abaixo.

a) Explique por que qualquer atividade em uma sociedade moderna só é possível com o uso intensivo de uma ou mais formas de energia.
b) Escreva algumas das diversas formas de energia existentes.
c) Cite exemplos de aparelhos simples e de sistemas mais complexos que utilizam alguma fonte de energia.
d) Explique como os equipamentos e sistemas transformam formas de energia e por que uma parte da energia sempre é perdida para o meio ambiente durante esse processo.
e) Dê exemplos de fontes de desperdício, derivado do uso inadequado dos aparelhos e sistemas.
f) Dê exemplos de fontes de desperdício, derivado da não eficiência dos aparelhos e sistemas.
g) Explique com suas palavras: o que é eficiência energética?
h) Explique a eficiência energética, utilizando como exemplo a utilização das lâmpadas incandescentes comuns e as lâmpadas fluorescentes compactas.
i) Quando foi criado e o que é o selo PROCEL?
j) Escreva algumas dicas fáceis de serem aplicadas no nosso dia a dia, para o aumento da eficiência energética e o uso consciente de energia.

III) Análise e síntese de vídeo e imagens

Assista ao vídeo e observe as imagens elencadas abaixo. Após, descreva de acordo com o vídeo, quais são as três formas de contribuir para a eficiência energética.

Os Benefícios da Eficiência Energética. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

3ª Etapa: Impactos ꟷ a importância da eficiência energética

I) Leia atentamente os textos e assista aos vídeos a seguir.

Os Benefícios da Eficiência Energética. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Como comparar produtos mais eficientes usando a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia? YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Como funciona a tabela de eficiência energética do INMETRO?. Mundo da Elétrica
Acesso em: 08.12.2021.

O QUE É A ETIQUETA NACIONAL DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA (ENCE)? International Energy Initiative – IEI
Acesso em: 08.12.2021.

MONITOREE – MONITOR DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. International Energy Initiative – IEI
Acesso em: 08.12.2021.

Como calcular o consumo de energia com o selo Procel. YouTube
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência Energética. Mundo Educação
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência energética pode gerar negócios de US$ 260 bilhões. ECOA
Acesso em: 08.12.2021.

Tabelas de consumo/eficiência energética. INMETRO
Acesso em: 08.12.2021.

Sustentabilidade e Eficiência Energética, por que são necessárias? Garper Energy
Acesso em: 08.12.2021.

II) Responda às questões, de acordo com as informações obtidas no roteiro de estudos.

a) O que é e qual é a função da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, a ENCE? Explique suas categorias.
b) A Etiqueta Nacional de Conservação de Energia pode ser utilizada para comparar produtos com características diferentes. Explique.
c) Por que a eficiência energética é tão importante?
d) Quais são os benefícios que a eficiência energética proporciona?
e) Por que a eficiência energética é considerada um importante recurso energético? Dê exemplos de outros recursos energéticos.
f) Quais os impactos e os danos que o aumento de produção de energia causa no meio ambiente?
g) Cite algumas das vantagens de fazer uso da eficiência energética.

III) Exercícios: Decifrando as informações.

1) Adotando o princípio da eficiência energética, compare as imagens abaixo e responda às questões.

a) Utilizando-se do princípio da eficiência energética. qual escolha deve ser feita? Justifique sua resposta.

b) Qual escolha está mais distante do princípio da eficiência energética? Justifique sua resposta.

2) De acordo com os conhecimentos apreendidos e com a lista abaixo, decifre a etiqueta, nomeando as informações solicitadas.
● Assinaturas do INMETRO e parceiros;
● Indicação da eficiência energética do equipamento;
● Indicação do consumo de energia, em Kwh/mês;
● Indicação do modelo;
● Informações adicionais sobre o produto;
● Marca comercial ou logomarca; e
● Nome do fabricante.

Gabarito: Tipo de equipamento; Nome do fabricante; Marca comercial ou logomarca; Indicação do modelo; Indicação da eficiência energética do equipamento; Indicação do consumo de energia, em Kwh/mês; Informações adicionais sobre o produto; e Assinaturas do INMETRO e parceiros.

4ª Etapa: A eficiência energética no Brasil

I) Faça as leituras a seguir.

LINHA DO TEMPO – Eficiência energética no Brasil. Nexo Políticas Públicas
Acesso em: 08.12.2021.

Relatório de Resultados do Procel 2021 – ano-base 2020. PROCELINFO – Centro Brasileiro de Informação de Eficiência Energética.
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência energética pode poupar ao Brasil R$ 6,4 bilhões em 2020. Blog do SoLigado
Acesso em: 08.12.2021.

Expansão da matriz elétrica brasileira. imagem: Aneel. Governo do Brasil
Acesso em: 08.12.2021.

Assunção, J., Schutze, A. Panorama da Eficiência Energética no Brasil. Rio de Janeiro: Climate Policy Initiative, 2017
Acesso em: 10/12/2021.

Atlas da Eficiência Energética – Brasil 2019 – Relatório de Indicadores. EPE
Acesso em: 10/12/2021.

II) Cheque seus conhecimentos, realizando os exercícios abaixo.

a) Quais são os principais programas de eficiência energética do Brasil?
b) Faça uma descrição resumida do programa PROCEL, bem como de seus objetivos e resultados.
c) Faça uma descrição resumida do programa PROESCO, bem como de seus objetivos e resultados.
d) Faça uma descrição resumida do programa PEE, bem como de seus objetivos e resultados.
e) Faça uma descrição resumida do programa CONCEP, bem como de seus objetivos e resultados.
f) Descreva os instrumentos adotados pelos países para a promoção da eficiência energética.

III) Exercício de síntese.

Sintetize os principais pontos do processo de eficiência energética brasileiro, construindo uma linha do tempo (de acordo com a abaixo), e acrescente os acontecimentos históricos que impactaram o setor de energia, bem como as leis e os programas direcionados para a eficiência energética no Brasil.

5ª Etapa: Texto dissertativo-argumentativo

A redação dissertativa é um exercício argumentativo que contribuirá para o desenvolvimento de uma melhor compreensão do tema deste roteiro de estudos. Tem o intuito, ainda, de estimular as reflexões e conexões com temas transversais que também foram abordados e/ou que fazem parte do contexto histórico, social, político e econômico.

I) Proposta de redação
A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, bem como utilizando os dados trazidos neste roteiro de estudos, relacione e sistematize, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos históricos, redigindo um texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema:
“Sustentabilidade e eficiência energética”.

Dicas de leitura:
Sustentabilidade e Eficiência Energética, por que são necessárias? Garper Energy
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência Energética – A ‘fonte’ de energia mais limpa que existe. ECOA
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência energética – Brasil na rabeira global. ECOA
Acesso em: 08.12.2021.

Eficiência energética: por que o mundo, empresas e pessoas precisam cada vez mais dela. G1
Acesso em: 08.12.2021.

6ª Etapa: Exercícios de fixação – múltipla escolha

1) (ENEM-2012) Suponha que você seja um consultor e foi contratado para assessorar a implantação de uma matriz energética em um pequeno país com as seguintes características: região plana, chuvosa e com ventos constantes, dispondo de poucos recursos hídricos e sem reservatórios de combustíveis fósseis. De acordo com as características desse país, a matriz energética de menor impacto e risco ambientais é a baseada na energia:
A) dos biocombustíveis, pois tem menor impacto ambiental e maior disponibilidade.
B) solar, pelo seu baixo custo e pelas características do país, favoráveis à sua implantação.
C) nuclear, por ter menor risco ambiental e ser adequada a locais com menor extensão territorial.
D) hidráulica, devido ao relevo, à extensão territorial do país e aos recursos naturais disponíveis.
E) eólica, pelas características do país e por não gerar gases do efeito estufa nem resíduos de operação.

2) (ENEM-2012) A eficiência das lâmpadas pode ser comparada utilizando a razão, considerada linear, entre a quantidade de luz produzida e o consumo. A quantidade de luz é medida pelo fluxo luminoso, cuja unidade é o lúmen (lm). O consumo está relacionado à potência elétrica da lâmpada que é medida em watt (W). Por exemplo, uma lâmpada incandescente de 40 W emite cerca de 600 lm, enquanto uma lâmpada fluorescente de 40 W emite cerca de 3 000 lm. Disponível em: http://tecnologia.terra.com.br. Acesso em: 29 fev. 2012 (adaptado).

A eficiência de uma lâmpada incandescente de 40 W é
A) maior que a de uma lâmpada fluorescente de 8 W, que produz menor quantidade de luz.
B) maior que a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, que produz menor quantidade de luz.
C) menor que a de uma lâmpada fluorescente de 8 W, que produz a mesma quantidade de luz.
D) menor que a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, pois consome maior quantidade de energia.
E) igual a de uma lâmpada fluorescente de 40 W, que consome a mesma quantidade de energia.

3) (ENEM) Entre as inúmeras recomendações dadas para a economia de energia elétrica em uma residência, destacamos as seguintes: Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas. Evite usar o chuveiro elétrico com a chave na posição “inverno” ou “quente”. Acumule uma quantidade de roupa para ser passada a ferro elétrico de uma só vez. Evite o uso de tomadas múltiplas para ligar vários aparelhos simultaneamente. Utilize, na instalação elétrica, fios de diâmetros recomendados às suas finalidades. A característica comum a todas essas recomendações é a proposta de economizar energia através da tentativa de, no dia a dia, reduzir
A) a potência dos aparelhos e dispositivos elétricos.
B) o tempo de utilização dos aparelhos e dispositivos.
C) o consumo de energia elétrica convertida em energia térmica.
D) o consumo de energia térmica convertida em energia elétrica.
E) o consumo de energia elétrica através de correntes de fuga.

4) A eficiência energética é parte da política estratégica de desenvolvimento em diversos países, incluindo o Brasil. Nesse sentido, a eficiência energética pode ser promovida pela
A) elevação da capacidade de produção de energia elétrica do país para aumento do consumo e da qualidade de vida da população.
B) redução do custo do kWh para propiciar a facilitação no acesso à energia elétrica para a população.
C) política de combate ao consumo de energia por meio da conscientização dos males causados por esse consumo ao meio ambiente
D) substituição do trabalho humano por máquinas para tornar os processos de fabricação mais eficientes e menos custosos
E) otimização dos processos de transformação, de transporte e de utilização dos recursos energéticos em toda a sua cadeia para o combate do desperdício.

5) (UFPB 2009) Adaptado. Atualmente, a procura de novas fontes renováveis de energia surge como alternativa importante para superar dois problemas sérios: a futura escassez de fontes não-renováveis de energia, principalmente do petróleo, e a poluição ambiental causada por essas fontes, sobretudo pelos combustíveis fósseis. Nesse contexto, não são alternativas de recursos energéticos renováveis:
A) HIDROGÊNIO, usado como célula combustível.
B) BIOGÁS, utilização das bactérias na transformação de detritos orgânicos em metano.
C) ENERGIA GEOTÉRMICA, aproveitamento do calor do interior da Terra.
D) BIOMASSA, massa dos seres vivos habitantes de uma região.
E) CARVÃO MINERAL, extraído da terra através de processos de mineração.

6) (Enem 2013) Empresa vai fornecer 230 turbinas para o segundo complexo de energia à base de ventos, no sudeste da Bahia. O Complexo Eólico Alto Sertão, em 2014, terá capacidade para gerar 375 MW (megawatts), total suficiente para abastecer uma cidade de 3 milhões de habitantes. (MATOS, C. GE busca bons ventos e fecha contrato de R$ 820 mi na Bahia. Folha de S. Paulo, 2 dez. 2012).

A opção tecnológica retratada na notícia proporciona a seguinte consequência para o sistema energético brasileiro:
A) Redução da utilização elétrica
B) Ampliação do uso bioenergético
C) Expansão das fontes renováveis.
D) Contenção da demanda urbano-industrial.
E) Intensificação da dependência geotérmica.

7) As duas fontes de energia mais consumidas na matriz energética mundial e brasileira são, respectivamente:
A) solar e eólica.
B) petróleo e petróleo.
C) hidrelétrica e petróleo.
D) hidrelétrica e hidrelétrica.
E) petróleo e solar.

8) A matriz elétrica se refere ao conjunto de fontes de energia utilizadas para a geração de energia elétrica em um determinado local. No caso do Brasil, a principal fonte de energia da matriz elétrica é:
A) petróleo.
B) gás natural.
C) hidrelétrica.
D) solar.
E) eólica.

9) Assinale qual alternativa apresenta apenas fontes renováveis de energia:
A) carvão mineral, solar, eólica e biomassa.
B) biomassa, solar, eólica e gás natural.
C) nuclear, petróleo, gás natural e biomassa.
D) eólica, solar, hidrelétrica e biomassa.
E) solar, eólica, carvão natural e nuclear.

10) A energia gerada pela força dos ventos é chamada de eólica. As usinas eólicas são comumente implantadas em áreas onde há uma elevada circulação atmosférica, que garante a continuidade dos ventos para a ativação das turbinas. Dentre as vantagens da energia eólica, pode-se citar:
A) a elevada emissão de poluentes na atmosfera.
B) a impossibilidade de emprego nas regiões brasileiras.
C) a não utilização de tecnologias modernas.
D) o baixo impacto ambiental do seu funcionamento.
E) a dificuldade de instalação em áreas litorâneas.

11) O petróleo é um combustível fóssil muito utilizado em nível nacional. A sua produção e comercialização sempre foi alvo de disputas entre os países, em razão da sua grande importância econômica. Desse modo, o petróleo é uma fonte de energia que está intimamente ligada às questões geopolíticas do globo. Mediante a sua importância, foi criado um organismo internacional que tem como objetivo unificar as políticas de exploração do petróleo entre os principais produtores mundiais. Qual o acrônimo desse organismo?
A) Opep
B) Apec
C) ONU
D) Otan
E) Nafta

12) (Fuvest 2017) Contemporaneamente, pode-se definir a sociedade mundial como a do petróleo, devido à participação dessa matéria-prima em inúmeros produtos e atividades humanas. A utilização desse recurso natural data de muitos séculos, mas sua exploração e beneficiamento se expandiram somente a partir do século XX. A respeito desse recurso natural, é correto afirmar:
A) Houve uma forte redução do preço do barril, no início da década de 1970, por conta dos resultados das pesquisas envolvendo novos procedimentos de extração e refino.
B) A estatização, no Brasil, do transporte e do refino de petróleo iniciou-se no final dos anos 1930 sob o governo de Juscelino Kubitschek.
C) O início de seu uso como fonte de energia se deu em 1920, na Inglaterra, com a descoberta de reservas pouco profundas.
D) No final dos anos 1920, sete empresas petrolíferas mundiais constituíram um cartel controlador da extração, transporte, refino e distribuição do petróleo.
E) Os Estados Unidos possuem reservas ilimitadas de petróleo, o que ocasiona independência em relação aos países participantes da Opep.

13) (IFRS 2014) Em abril de 2014, foi anunciado o aumento da conta de luz de 118 municípios do Rio Grande do Sul, justificado, segundo a empresa fornecedora, pelo baixo nível dos reservatórios nas hidrelétricas. Por conta disso, foram acionadas as usinas térmicas. Sobre a produção de energia térmica, podemos afirmar que
A) seu custo é elevado porque, embora se tratando de uma energia renovável, é uma fonte escassa no planeta.
B) a utilização do gás natural para a produção de energia térmica apresenta a vantagem da combustão mais limpa se comparada ao uso do carvão mineral.
C) no Brasil, as principais fontes das usinas termoelétricas são fósseis (carvão, gás natural, biomassa), que provocam pouco impacto ambiental.
D) as termoelétricas utilizam fontes de energia consideradas sustentáveis e renováveis.
E) o Brasil possui reservas de carvão mineral na região coberta por rochas sedimentares da Bacia do Paraná, nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Contudo, o Rio Grande do Sul, que tem reservas de carvão mineral limitada, não utiliza esse mineral em suas termoelétricas.

14) Com uma matéria intitulada “Belo Monte, uma usina de promessas”, a Carta Capital, em sua publicação em 29/06/2015, apontou sérios problemas decorrentes da implantação da usina de Belo Monte, no Pará. Considerando as vantagens e desvantagens da hidroeletricidade, assinale a única proposição CORRETA.
A) A hidroeletricidade é uma fonte energética pouco dependente das condições naturais, logo, o cerne da crítica à implantação da usina de Belo Monte é o fato de estar localizada em área muito afastada do Sul e Sudeste, as duas regiões que são o núcleo geoeconômico do país.
B) A usina de Belo Monte está instalada em uma das regiões de maior sociobiodiversidade do Brasil, muito próxima do Parque Indígena do Xingu e da cidade Altamira (PA), e tem provocado impactos negativos na natureza e nas populações tradicionais locais.
C) A usina de Belo Monte está localizada no rio Xingu (PA) e foi planejada para abastecer de energia elétrica toda a região Norte do Brasil, no entanto, continuará a escassez de eletricidade nas regiões mais industrializadas do país.
D) A hidroeletricidade é uma energia limpa por não envolver queima de combustíveis fósseis e ser renovável, porém a implantação dessa usina compromete o sistema de navegação do rio, criando grandes obstáculos ao transporte de soja para o porto de Santarém (PA).
E) De forma distinta da que ocorreu com as usinas hidrelétricas construídas na Amazônia durante o período autoritário, em Belo Monte, as polêmicas em relação aos impactos sociais e naturais gerados pela obra foram diligentemente superadas, assegurando o desenvolvimento local sustentável.

Gabarito:
1) E;
2) C;
3) C;
4)E;
5) E;
6) C;
7) B;
8) C;
9) D;
10) D;
11) A;
12) D;
13) B; e
14) B.

Os exercícios de fixação podem ser encontrados nos links a seguir:

Exercícios 1 e 2
Acesso em: 14.12.2021.

Exercício 3
Acesso em: 14.12.2021.

Exercício 4
Acesso em: 14.12.2021.

Exercícios 5 e 6
Acesso em: 14.12.2021.

Exercícios 7 ao 14
Acesso em: 14.12.2021.

Roteiro de Estudos elaborado pela professora doutora Thaylizze Goes Nunes Pereira.
Coordenação Pedagógica: prof.ª Dr.ª Aline Bitencourt Monge

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.