Conteúdos

Este roteiro de estudos visa, em um primeiro momento, contextualizar, caracterizar e distinguir a Primeira e a Segunda Revolução Industrial, para depois tratar da Terceira Revolução Industrial, apresentando suas principais características e refletindo sobre as suas consequências. Possibilita, também, conhecer as invenções e os avanços produzidos, além de distinguir os modelos de produção, sendo eles o fordismo, o taylorismo e o toyotismo. Sugere, por fim, a síntese do roteiro de estudos, com a construção de um mapa mental que traga de forma resumida a Primeira, a Segunda e a Terceira Revolução Industrial, a proposta de uma redação dissertativa que explore a Revolução Industrial (concomitantemente a alguns dos temas destacados no roteiro e que possuem reverberações até os dias atuais) e os exercícios de fixação, que se dão por meio da resolução de questões de vestibulares, do tipo múltipla escolha.

• Contextualizando: Primeira e Segunda Revolução Industrial.
• Terceira Revolução Industrial.
• Principais características.
• Consequências, invenções e os avanços produzidos pela Terceira Revolução Industrial?
• Modelos de produção: fordismo, taylorismo e toyotismo.

Objetivos

• Contextualizar, caracterizar e distinguir a Primeira e a Segunda Revolução Industrial.
• Compreender o que foi a Terceira Revolução Industrial.
• Conhecer as principais características da Terceira Revolução Industrial.
• Refletir sobre as consequências da Terceira Revolução Industrial.
• Conhecer as invenções e os avanços produzidos pela Terceira Revolução Industrial.
• Distinguir os modelos de produção – fordismo, taylorismo e toyotismo.
• Realizar a síntese do roteiro de atividade, por meio da construção de mapa mental, elaborar uma redação dissertativa e realizar os exercícios de fixação – múltipla escolha.

Estude também:

Estudar em casa: Napoleão Bonaparte e a era napoleônica

Estudar em casa: os países mais desiguais do mundo

Palavras-chave:

Terceira Revolução Industrial. Modelos de produção. Fordismo. Taylorismo. Toyotismo. Capitalismo. Invenções da Revolução Industrial. Consequências da Revolução Industrial.

Proposta de estudo:

Este roteiro de estudos tem por objetivo auxiliar o estudante no processo de aprendizado, para além do ambiente escolar. Com o intuito de facilitar esse processo, as etapas subsequentes são compostas de vídeos, textos-base, questões norteadoras e atividades relacionadas à temática apresentada.
As etapas desenvolvidas neste roteiro de estudos, assim como, as questões norteadoras e as subquestões que advêm delas, foram elaboradas para contribuir com a melhor compreensão do tema em questão.

Deste modo, orientamos que seja feita a leitura integral deste roteiro de estudos, sempre buscando as respostas para cada uma das perguntas que foram elaboradas. Orientamos, também, que todas as dúvidas sejam anotadas e brevemente sanadas, por meio de pesquisas on-line. Para melhor compreensão dos conteúdos desenvolvidos no roteiro, sugerimos que, depois de cada etapa, seja elaborado um parágrafo resumindo seu entendimento, sempre com destaque para os principais conceitos estudados.

 

1ª Etapa: Contextualizando ꟷ Primeira e Segunda Revolução Industrial

I) Assista aos vídeos e leia os textos abaixo.

Revolução Industrial. Mundo Educação
Acesso em: 20.11.2021.

Resumo: Terceira Revolução Industrial. Descomplica
Acesso em: 22.11.2021.

1° Revolução Industrial – Geobrasil. YouTube
Acesso em: 20.11.2021.

2° Revolução Industrial – Geobrasil. YouTube
Acesso em: 20.11.2021.

II) De acordo com os fatos históricos apresentados, responda às questões abaixo.

a) Contextualize a Primeira Revolução Industrial.
b) Quais são as principais características da Primeira Revolução Industrial?
c) Contextualize a Segunda Revolução Industrial.
d) Quais são as principais características da Segunda Revolução Industrial?
e) Qual a diferença entre a Primeira e a Segunda Revolução Industrial?

2ª Etapa: A Terceira Revolução Industrial

I) Leia os textos e assista aos vídeos, guiando-se pelas questões apresentadas abaixo.

Revolução Industrial. Mundo Educação
Acesso em: 22.11.2021.

Resumo: Terceira Revolução Industrial. Descomplica
Acesso em: 22.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Info Escola
Acesso em: 22.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Sua pesquisa
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Prepara ENEM
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Brasil Escola
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial: tudo sobre a chamada revolução informacional. Stoodi
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Brasil Escola. YouTube
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Resumo de Geografia para o Enem. YouTube
Acesso em: 20.11.2021.

3° Revolução Industrial. Geobrasil. YouTube
Acesso em: 20.11.2021.

a) Onde e quando ocorreu a Terceira Revolução Industrial?
b) Explique o contexto de surgimento da Terceira Revolução Industrial.
c) Explique resumidamente o que foi a Terceira Revolução Industrial.
d) Como também pode ser chamada a Terceira Revolução Industrial?
e) As novas tecnologias eliminam, gradativamente, a necessidade de antigos materiais. Cite exemplos.
f) Explique o motivo de os postos de trabalho terem sido eliminados durante esse período.
g) Qual sistema de produção ganhou espaço com a Terceira Revolução Industrial, e qual sistema de produção ele substituiu?
h) A Terceira Revolução Industrial teve a liderança de qual país, que se tornou a grande potência econômica do período? Quais foram os demais países participantes que se destacaram?

II) Síntese das etapas 1 e 2 do roteiro de estudos

Baseando-se nos textos lidos nas etapas 1 e 2 do roteiro de estudos, escreva uma síntese – em torno de 10 linhas – que contenha as informações mais importantes referentes à Primeira, à Segunda e à Terceira Revolução Industrial.

3ª Etapa: Principais características

I) Leia os textos abaixo.

Principais características da Terceira Revolução Industrial. Explicaê
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Mundo Educação
Acesso em: 20.11.2021.

Revolução Técnico-Científica-Informacional da segunda metade do século XX. Educa mais Brasil
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Escola Kids
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Sua pesquisa
Acesso em: 20.11.2021.

II) Responda às questões de acordo com as informações obtidas no roteiro de estudo.

a) Quais foram os fatores causadores da Terceira Revolução Industrial?
b) Quais foram as principais características da Terceira Revolução Industrial?
c) Essa fase da Revolução Industrial teve como foco a inserção da tecnologia no campo científico, relacionando-a à indústria e ao sistema produtivo. Comente essa característica da Terceira Revolução Industrial.
d) Antes da Terceira Revolução Industrial, quais eram os setores que se destacavam? Com a Terceira Revolução Industrial, o que mudou?
e) Comente a relação entre a Terceira Revolução Industrial e a Segunda Guerra Mundial.

III) De acordo com as informações obtidas no roteiro de estudo, assinale V – Verdadeiro ou F – Falso, nas afirmações abaixo, sobre as principais características da Terceira Revolução Industrial.

a) ( ) Não influenciou diretamente na produção industrial.
b) ( ) A Revolução Informacional exerceu influência na vida cotidiana e nas relações sociais.
c) ( ) Otimização do processo produtivo.
d) ( ) Aumento dos custos e aumento da produção industrial.
e) ( ) Geração de emprego.
f) ( ) Utilização de diferentes fontes de energia, optando por fontes renováveis e menos poluentes.
g) ( ) Consolidação do capitalismo financeiro.
h) ( ) Criação e avanço de tecnologias nas áreas de robótica, engenharia genética e biotecnologia.
i) ( ) Desenvolvimento industrial avançado.
j) ( ) Pouca influência do processo de globalização.
k) ( ) Diminuição das empresas multinacionais.
l) ( ) Avanço do modelo capitalista.
m) ( ) Alto investimento em novas tecnologias.
n) ( ) Não inserção de tecnologia e informática na indústria.
o) ( ) Surgimento de novas fontes de energia.

IV) Gabarito.
a) Falso;
b) Verdadeiro;
c) Verdadeiro;
d) Falso;
e) Verdadeiro;
f) Verdadeiro;
g) Verdadeiro;
h) Verdadeiro;
i) Verdadeiro;
j) Falso;
k) Falso;
l) Verdadeiro;
m) Verdadeiro;
n) Falso;
o) Verdadeiro.

4ª Etapa: Consequências, invenções e os avanços produzidos pela Terceira Revolução Industrial

I) Leia os textos abaixo, buscando responder às questões apresentadas no roteiro de leitura:

a) Quais as consequências da Terceira Revolução Industrial?
b) O período da Terceira Revolução Industrial foi marcado por quais tipos de avanços?
c) Cite algumas invenções produzidas nesse período?
d) Qual foi uma das áreas de maior desenvolvimento durante a Terceira Revolução Industrial?
e) Explique resumidamente o que é biotecnologia e de que forma ela esteve presente na Terceira Revolução Industrial.
f) Relacione o rompimento de barreiras físicas e a interligação social, econômica, política e cultural com a Terceira Revolução Industrial.
g) Quais foram os reflexos da globalização no mundo pós Terceira Revolução Industrial?
h) Consolidou-se, nesse período, o que ficou conhecido como capitalismo financeiro. Explique-o.
i) Qual foi o impacto econômico refletido através das multinacionais?
j) Apesar do grande desenvolvimento obtido com a Revolução Industrial, ressalte algumas das consequências ambientais e aspectos da relação entre o ser humano e o meio desencadeadas nesse período.

Revolução Técnico-Científica-Informacional da segunda metade do século XX. Educa mais Brasil.
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Mundo Educação
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Significados
Acesso em: 20.11.2021.

Terceira Revolução Industrial. Escola Kids
Acesso em: 20.11.2021.

II) Exercício de fixação – dissertativo.
Leia o trecho abaixo e descreva quais foram as consequências sociais forjadas pela Revolução Industrial, especialmente no que tange às relações de trabalho desencadeadas nesse período.

Disponível em: Labrego
Acesso em: 16/11/2021.

5ª Etapa: Modelo de produção ꟷ fordismo, taylorismo e toyotismo

I) Assista aos vídeos e leia os textos, destacando as informações descritas no roteiro de leitura e anotando os elementos mais importantes.

Fordismo. Educa Mais Brasil
Acesso em: 16.11.2021.

Fordismo. Toda Matéria
Acesso em: 16.11.2021.

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo – Entenda as diferenças. YouTube
Acesso em: 16.11.2021.

Qual a diferença entre taylorismo, fordismo e toyotismo? Diferença
Acesso em: 16.11.2021.

Taylorismo e Fordismo – Geobrasil. YouTube
Acesso em: 16.11.2021.

Modalidades de produção industrial. Brasil Escola
Acesso em: 16.11.2021.

a) Como surgiu o fordismo? Explique esse modo de produção.
b) Quais as principais características do fordismo?
c) Explique como ocorreu o sucesso e o fracasso do fordismo.
d) O que o fordismo representou para o Brasil?
e) Como surgiu o taylorismo? Explique o que ele visava.
f) Como surgiu o toyotismo? Explique esse modelo de produção e suas principais características.
g) Qual o principal objetivo do toyotismo?
h) Explique a diferença entre taylorismo, fordismo e toyotismo.

II) Observe a tabela e as informações que ela contém, e transcreva-as em seu caderno.

6ª Etapa: Mapa mental

I) Observe os mapas mentais abaixo. Eles retratam os principais acontecimentos e informações acerca da Revolução Industrial.

Mapa mental (crédito: reprodução/ StudyMap).
Acesso em: 16/11/2021.
Mapa mental (crédito: reprodução/ Infinittus).
Acesso em: 16/11/2021.

II) Proposta de atividade: construa seu mapa mental.

A partir dos textos e dos vídeos disponibilizados neste roteiro de estudos, bem como das informações sistematizadas nos mapas mentais acima, elabore um mapa mental que contemple as informações e acontecimentos mais emblemáticos apreendidos ao longo deste roteiro de estudos, visando contemplar a Primeira, a Segunda e a Terceira Revolução Industrial.
Caso tenha dúvidas na elaboração de seu mapa mental, utilize o mapa mental disponibilizado acima como ponto de partida, e siga também as dicas abaixo:
• Escreva o conceito principal no centro de uma folha em branco. Em seguida, puxe setas com os conceitos adjacentes;
• Você pode ligar uns conceitos adjacentes a outro. Para isso, pode fazer setas ou esquemas utilizando canetas coloridas para diferenciar as informações;
• Você pode escrever um breve resumo abaixo dos conceitos. Algo simples, que te dê referências sobre o assunto; e
• Você também poderá utilizar desenhos, símbolos e quaisquer outros elementos que te ajudem na compreensão do tema estudado.

Acesse também o link abaixo. Nele consta um vídeo com o passo a passo para elaborar um mapa mental.

Como fazer um MAPA MENTAL – Passo a Passo. Seja Um Estudante Melhor. Canal Seja Uma Pessoa Melhor. YouTube
Acesso em: 16.11.2021.

7ª Etapa: Redação dissertativa

A redação dissertativa é um exercício argumentativo que contribuirá para o desenvolvimento de uma melhor compreensão do tema deste roteiro de estudos. Tem o intuito, ainda, de estimular as reflexões e conexões com temas transversais que também foram abordados e/ou que fazem parte do contexto histórico, social, político e econômico.

I) Faça uma dissertação.

A Revolução Industrial foi um marco significativo na Economia do século XVIII, com reverberações até os dias atuais. Convém citar abaixo alguns dos temas em que a Revolução Industrial contribuiu de forma expressiva, os quais poderão ser citados em suas futuras dissertações:

• Evolução da mulher no mercado de trabalho;
• Consumismo e obsolescência programada;
• Meio ambiente e sustentabilidade;
• Mobilidade urbana;
• Ocupação urbana desordenada;
• Desemprego;
• Alimentos industrializados;
• Epidemias;
• Trabalho análogo ao de escravo;
• Terceirização de mão de obra.

Sistematizando os conteúdos abordados neste roteiro de estudos, escreva uma redação dissertativa que explore a Revolução Industrial concomitantemente a um dos temas destacados acima.

8ª Etapa: Exercício de fixação – múltipla escolha

1) (Unesp) – “A superioridade da indústria inglesa, em 1840, não era desafiada por qualquer futuro imaginável. E esta superioridade só teria a ganhar se as matérias-primas e os gêneros alimentícios fossem baratos. Isto não era ilusão: a nação estava tão satisfeita com o que considerava um resultado de sua política que as críticas foram quase silenciadas até a depressão da década de 80.” (Joseph A. Schumpeter, “HISTÓRIA DA ANÁLISE ECONÔMICA”). Desta exposição conclui-se por que razão a Inglaterra adotou decididamente, a partir de 1840, o:
a) isolacionismo em sua política externa.
b) intervencionismo estatal na economia.
c) capitalismo monopolista contrário à concorrência.
d) agressivo militarismo nas conquistas de colônias ultramarinas.
e) livre-comércio no relacionamento entre as nações.

2) (Uel) – Um fator que contribuiu decisivamente para o processo de industrialização na Inglaterra do século XVIII foi:
a) a acumulação de capital resultante da exploração colonial praticada pela Inglaterra através do comércio.
b) a concorrência tecnológica entre ingleses e americanos, que estimulou o desenvolvimento econômico.
c) a expulsão das tropas napoleônicas do território inglês, que uniu os interesses nacionais em torno de um esforço de desenvolvimento.
d) o movimento ludista na Inglaterra com a destruição das máquinas consideradas obsoletas, ao incentivar a invenção de novas máquinas.
e) a abertura de mercados na Alemanha e na França para a Inglaterra, por meio de um acordo comercial conhecido por Pacto de Berlim.

3) (UFG-2013) – Leia as informações a seguir:
Em meados do século XVIII, James Watt patenteou na Inglaterra seu invento, sobre o qual escreveu a seu pai: “O negócio a que me dedico agora se tornou um grande sucesso. A máquina de fogo que eu inventei está funcionando e obtendo uma resposta muito melhor do que qualquer outra que tenha sido inventada até agora”. A revolução histórica relacionada ao texto, a fonte primária de energia utilizada em tal máquina e a consequência ambiental de seu uso são, respectivamente:
a) puritana, gás natural e aumento na ocorrência de inversão térmica.
b) gloriosa, petróleo e destruição da camada de ozônio.
c) gloriosa, carvão mineral e aumento do processo de desgelo das calotas polares.
d) industrial, gás natural e redução da umidade atmosférica.
e) industrial, carvão mineral e aumento da poluição atmosférica.

4) (Aman-2015) – O acúmulo de capitais, a modernização da agricultura, a disponibilidade de mão de obra e de recursos naturais e a força do puritanismo ajudam a explicar o pioneirismo da __________ na Revolução Industrial. BOULOS Jr, p.421. Das opções abaixo listadas, o país que melhor preenche o espaço acima é:
a) Alemanha
b) Holanda
c) Itália
d) Inglaterra
e) Espanha

5) (Fuvest) – Sobre a inovação tecnológica no sistema fabril na Inglaterra do século XVIII, é correto afirmar que ela:
a) foi adotada não somente para promover maior eficácia da produção, como também para realizar a dominação capitalista, à medida que as máquinas submeteram os trabalhadores a formas autoritárias de disciplina e a uma determinada hierarquia.
b) ocorreu graças ao investimento em pesquisa tecnológica de ponta, feito pelos industriais que participaram da Revolução Industrial.
c) nasceu do apoio dado pelo Estado à pesquisa nas universidades.
d) deu-se dentro das fábricas, cujos proprietários estimulavam os operários a desenvolver novas tecnologias.
e) foi única e exclusivamente o produto da genialidade de algumas gerações de inventores, tendo sido adotada pelos industriais que estavam interessados em aumentar a produção e, por conseguinte, os lucros.

6) (PUC-Campinas) – Dentre as consequências sociais forjadas pela Revolução Industrial pode-se mencionar:
a) o desenvolvimento de uma camada social de trabalhadores, que destituídos dos meios de produção, passaram a sobreviver apenas da venda de sua força de trabalho.
b) a melhoria das condições de habitação e sobrevivência para o operariado, proporcionada pelo surto de desenvolvimento econômico.
c) a ascensão social dos artesãos que reuniram seus capitais e suas ferramentas em oficinas ou domicílios rurais dispersos, aumentando os núcleos domésticos de produção.
d) a criação do Banco da Inglaterra, com o objetivo de financiar a monarquia e ser também, uma instituição geradora de empregos.
e) o desenvolvimento de indústrias petroquímicas favorecendo a organização do mercado de trabalho, de maneira a assegurar emprego a todos os assalariados.

7) (PUC-Campinas) – O novo processo de produção introduzido com a Revolução Industrial, no século XVIII, caracterizou-se pela:
a) implantação da indústria doméstica rural em substituição às oficinas.
b) realização da produção em grandes unidades fabris e intensa divisão do trabalho.
c) mecanização da produção agrícola e consequente fixação do homem à terra.
d) facilidade na compra de máquinas pelos artesãos que conseguiam financiamento para isso.
e) preocupação em aumentar a produção, respeitando-se o limite da força física do trabalhador.

8) (PUC-SP) – Para o processo de industrialização na Inglaterra do século XVIII, foi decisivo (a):
a) a relação colonial, mantida com a Índia e a América do Norte, que possibilitou um grande acúmulo de recursos financeiros.
b) o estímulo ao desenvolvimento inglês, promovido pela concorrência tecnológica com os americanos.
c) a união dos interesses nacionais em torno de um esforço de desenvolvimento, logo após a expulsão das tropas napoleônicas do território inglês.
d) o incentivo à inovação tecnológica como resultado da ação dos ludistas que destruíram as máquinas consideradas obsoletas.
e) o acordo comercial conhecido por Tratado de Methuen, que estabeleceu a abertura de mercados alemães.

9) (Mackenzie) – Dentre as realizações da Era Meiji (Era das Luzes), desencadeada pelo imperador Mitsu-Hito objetivando modernizar o Japão para competir em condições de igualdade com os países industrializados do Ocidente, destacamos:
a) abolição da servidão, proclamação da igualdade de todos os japoneses perante a lei, desenvolvimento do ensino público, das comunicações e da economia.
b) fortalecimento do poder do Xogunato e abertura dos portos aos produtos estrangeiros, objetivando assimilar a tecnologia ocidental.
c) criação de Daimios independentes, coordenados por um Xogum imperial encarregado de estimular as atividades dos centros urbanos de produção industrial.
d) política de incentivos financeiros à burguesia nacional, formação de um bloco econômico supranacional regional (os Tigres Asiáticos), ampliando as relações entre Oriente e Ocidente.
e) reforma econômica, criação do Iene, instituição da servidão nas indústrias, e cessão da ilha de Hong Kong à Inglaterra, em troca de empréstimos financeiros.

10) (Enem) – A Segunda Revolução Industrial, no final do século XIX e início do século XX, nos EUA, período em que a eletricidade passou gradativamente a fazer parte do cotidiano das cidades e a alimentar os motores das fábricas, caracterizou-se pela administração científica do trabalho e pela produção em série. (MERLO, A. R. C.; LAPIS, N. L. A saúde e os processos de trabalho no capitalismo: reflexões na interface da psicodinâmica do trabalho e a sociologia do trabalho. Psicologia e Sociedade, n. 1, abr. 2007.)
De acordo com o texto, na primeira metade do século XX, o capitalismo produziu um novo espaço geoeconômico e uma revolução que está relacionada com a:
a) proliferação de pequenas e médias empresas, que se equiparam com as novas tecnologias e aumentaram a produção, com aporte do grande capital.
b) técnica de produção fordista, que instituiu a divisão e a hierarquização do trabalho, em que cada trabalhador realizava apenas uma etapa do processo produtivo.
c) passagem do sistema de produção artesanal para o sistema de produção fabril, concentrando-se, principalmente, na produção têxtil destinada ao mercado interno.
d) independência política das nações colonizadas, que permitiu igualdade nas relações econômicas entre os países produtores de matérias-primas e os países industrializados.
e) constituição de uma classe de assalariados, que possuíam como fonte de subsistência a venda de sua força de trabalho e que lutavam pela melhoria das condições de trabalho nas fábricas.

11) (Uerj-2011) A Exposição de Paris de 1889 centrava-se na “Torre de Gustave Eiffel” com 300 m de altura, mais de 7.000 toneladas e mais de um milhão de rebites. Tinha duas longas galerias devotadas às Belas-Artes e às artes decorativas; por detrás ficava o imponente “Palácio das Máquinas”.
As exposições internacionais iniciaram-se em Londres, em 1851. A Torre Eiffel, um dos símbolos da cidade de Paris, foi erguida para a exposição de 1889, comemorativa do centenário da Revolução Francesa.
Durante a expansão capitalista europeia, no século XIX, essas exposições tiveram como principal objetivo ressaltar a importância da:
a) cooperação financeira franco-britânica.
b) modernização tecnológica da produção.
c) consolidação das democracias burguesas.
d) uniformização dos padrões de desenvolvimento.

12) (FEI-SP) – Sobre a Revolução Industrial:
I – Ocorreu principalmente por causa do acúmulo de enormes capitais provenientes das atividades mercantis.
II – Ocorreu principalmente na Inglaterra (Primeira Revolução Industrial) e mais tarde em alguns países da Europa Ocidental e nos EUA (Segunda Revolução Industrial).
III – Trouxe como consequência a abolição da escravidão em alguns países com objetivo de ampliar os mercados consumidores mundiais.

Assinale, agora, a alternativa mais adequada:
a) I e II estão corretas.
b) III e II estão incorretas.
c) todas estão incorretas.
d) todas estão corretas.
e) I e III estão corretas.

13) (UEFS) “O processo de desenvolvimento da atividade industrial, desde o século XVIII, não só representa a mundialização das relações capitalistas, como também exerce papel fundamental nas transformações ocorridas na organização do espaço geográfico e nas relações existentes entre as diversas partes desse espaço, nos mais diferentes níveis. O estudo da indústria é fundamental para a compreensão e a análise da organização espacial.”
A partir dessas informações e dos conhecimentos sobre o desenvolvimento da atividade industrial, pode-se concluir:
a) O artesanato foi a segunda etapa de transformação das matérias-primas e é praticado até os dias atuais, principalmente nos países do Primeiro Mundo.
b) A Alemanha foi o berço da atividade industrial, graças ao seu grande aproveitamento hidrelétrico, além da sua avançada tecnologia.
c) A Segunda Revolução Industrial teve no carvão mineral sua grande fonte de energia, o que explica a localização das indústrias nas proximidades das bacias carboníferas.
d) A invenção do computador, após a Primeira Guerra Mundial, na terceira década do século passado, foi responsável pelo avanço industrial nos continentes.
e) A industrialização não apareceu de forma homogênea em todos os países, historicamente sofreu e sofre um processo de acumulação técnica cultural, apresentando, a cada momento, as características e as determinações da sociedade responsável pela sua produção.

14) (Uneb 2018) Os fatores locacionais da indústria são elementos socioespaciais necessários para atrair o maior número possível de fábricas e empresas em um determinado local. Os conhecimentos referentes aos fatores de localização industrial permitem afirmar:
a) A proximidade do mercado consumidor constitui o fator fundamental para a instalação das indústrias típicas da revolução técnico-científica.
b) Desde a Primeira Revolução Industrial, a necessidade de mão de obra qualificada constituiu um fator decisivo para instalação de indústrias.
c) A mais equitativa distribuição das fontes de energia e matérias-primas no planeta favoreceu a desconcentração industrial, uma vez que esse processo busca, sobretudo, menores custos de produção.
d) Enquanto etapa do processo produtivo, a logística para o armazenamento e o escoamento da produção tornou-se inviável, diante do avanço tecnológico em infraestrutura de transporte e de comunicação.
e) Fatores locacionais, como disponibilidade de mão de obra e mercado consumidor, foram, e continuam sendo, importantes para localização de indústrias, sobretudo as de bens de consumo, o que, entre outros fatores, mostra que o fenômeno industrial sempre esteve ligado às concentrações urbanas.

15) (Unesp) Assinale a alternativa que indica corretamente o fator considerado determinante para a localização das indústrias durante a Primeira Revolução Industrial (final do século XVIII a meados do século XIX).
a) Reservas de petróleo
b) Incentivos fiscais
c) Mão de obra especializada
d) Jazidas de carvão mineral
e) Disponibilidade de água

Gabarito:
1) Alternativa e);
2) Alternativa a);
3) Alternativa e);
4) Alternativa d);
5) Alternativa a);
6) Alternativa a);
7) Alternativa b);
8) Alternativa a);
9) Alternativa a);
10)Alternativa b);
11) Alternativa b);
12) Alternativa a);
13) Alternativa e);
14) Alternativa e); E
15) Alternativa d).

Os exercícios de fixação podem ser encontrados no link a seguir:
Exercícios 1 a 15.
Disponíveis em: Beduka.
Acesso em 20.11.2021.

Roteiro de Estudos elaborado pela Professora Doutora Thaylizze Goes Nunes Pereira.
Coordenação pedagógica: Prof.ª Dr.ª Aline Bitencourt Monge

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.