Plataformas de financiamento coletivo de projetos, o crowdfunding, surgiram nos Estados Unidos em meados dos anos 2000. De lá para cá, essas plataformas começaram a arrecadar milhões de dólares para dar vida a iniciativas culturais, sociais e empreendedoras. Alguns sites brasileiros já estão chegando ao mesmo patamar dos americanos. Dentre os projetos candidatos aos recursos, é possível encontrar de tudo, mas as iniciativas educacionais têm ganhado cada vez mais destaque.

Catarse, um dos principais portais brasileiros de crowdfunding, já recebeu projetos como o da vídeo-biografia de Léa Fagundes, que arrecadou mais de 20 mil reais, e o livro Volta ao Mundo em 13 Escolas, que chegou a mais de 50 mil reais. Agora, a plataforma ganhou mais um projeto promissor: o livro Caindo no Brasil, do jornalista Caio Dib, que viajou o país em busca de iniciativas educacionais inovadoras.

Depois de cinco meses e meio na estrada, mais de 50 cidades e 30 instituições visitadas, Caio está lançando o livro em que conta sua experiência e explica como as iniciativas de 14 dessas escolas estão, de fato, transformando a vida dos alunos. “Essas escolas estão alinhadas com soluções criativas para os desafios de aprendizagem e trabalham com uma educação para a vida mesmo”, explica Caio, sobre a escolha das histórias das escolas que estarão no livro.

Ele conta que as iniciativas que mais chamaram sua atenção, além de prepararem os alunos para serem autônomos, responsáveis e saber trabalhar em equipe, também têm muita relação com a comunidade. “Não há uma verdade sobre a escola, existem práticas educacionais inspiradoras, que podem inspirar outras iniciativas, mas não serem replicadas”, defende. Para Caio, uma prática pedagógica que funciona muito bem no interior da Bahia pode não ter o mesmo efeito no litoral, por exemplo, pelas diferenças de contexto social, cultural e econômico.

Até o momento, o livro já chegou a mais de 20 mil reais arrecadados, faltando menos de 10 mil para atingir a meta. Quem colaborar pode ganhar diversas recompensas diferentes, como um exemplar em formato impresso e digital, além de poder doar mais um para uma instituição. Segundo um estudo do Catarse, cerca de 41% dos doadores de crowdfunding no Brasil estão interessados em ajudar projetos que tenham viés social e/ou ambiental, o que abre um mundo de oportunidades para o financiamento de iniciativas educacionais. “É um grande caminho para concretizar projetos de educação”, afirma Caio.

Saiba mais e colabore!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

6 histórias em quadrinhos que ajudam a explicar conteúdos da educação básica

Tintim, Asterix, Aya de Yopougon e Cumbe são indicados para história, geografia e língua portuguesa

há 2 dias
Notícias

7 links para entender a discalculia

Educadores, psicopedagogos e estudantes com o transtorno explicam sintomas e compartilham possíveis intervenções

há 1 mês
Notícias

7 livros de Ana Maria Machado indicados para o ensino fundamental

Autora celebra 80 anos com títulos que podem ser apresentados para alunos do 1 º ao 9 º ano

há 1 mês
Notícias

5 livros para entender a medicalização da educação

Obras ajudam a conhecer fenômeno e papel das práticas pedagógicas em seu enfrentamento

há 2 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.