BM Comunicação

Todos os anos, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas no mundo, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Segundo a entidade, esse volume representa 30% de toda a comida produzida globalmente e seria suficiente para resolver o problema da fome mundial. Só no Brasil, 41 mil toneladas vão para a lata do lixo todos os anos, aponta o World Resources Institute (WRI).

Combater localmente o desperdício de alimentos e conscientizar as pessoas sobre a importância da mudança de hábitos são os objetivos dos projetos “Mesa Brasil” e “Fruta Imperfeita”.

Criado pelo Sesc em 1994, o “Mesa Brasil” articula a distribuição de excedentes que seriam descartados por produtores, indústrias e restaurantes para compor o cardápio de instituições sociais que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade.

Já a “Fruta Imperfeita” é um serviço de entrega de cestas de frutas e legumes tidos como “imperfeitos” e que seriam descartados por pequenos produtores por não atenderem aos padrões das redes varejistas, mas que ainda são adequados para o consumo.

Para a gerente de educação do Instituto Akatu, Denise Conselheiro, apesar de pequenas em termos de volume, ações como essas são essenciais para reverter o cenário do desperdício. “É muito importante que a gente tenha iniciativas que facilitem a vida do indivíduo engajado, do consumidor sensibilizado, para que ele possa, de fato, mudar o seu comportamento em relação ao consumo de alimento”, afirma.

Veja mais:
Jovens são menos propensos ao consumo consciente e sustentabilidade, aponta pesquisa
Aumento de desemprego e pobreza apontam retorno do Brasil ao Mapa da Fome

Deixe um comentário

Talvez Você Também Goste

Culpabilizar indivíduos pela obesidade é injusto, avalia especialista da Unicamp

“Eu não posso me dar ao luxo de ficar doente”, conta motorista de aplicativo

Escritores da periferia ganham espaço para suas obras em editora de Heliópolis

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.