BM Comunicação

Conscientizar os estudantes e a comunidade sobre a importância da doação de sangue. Este é o objetivo do projeto “Futuro Doador”, idealizado pela professora de inglês Patrícia Lopes Silva, da EMEF Wanny Machado Rocha, na zona leste de São Paulo (SP).

Criado em 2017, a partir da experiência pessoal da professora Patrícia como doadora, o projeto logo encontrou apoio, dentro e fora da escola. A conscientização sobre a importância do tema é feita em parceria com o programa “Educar para Doar”, da Associação de Medula Óssea (Ameo), que oferece palestras para os alunos e os incentiva a fazer uma campanha de mobilização na comunidade.

A partir daí começa o trabalho pedagógico. Enquanto a professora de inglês se foca no vocabulário pertinente ao tema, as professoras Edna Valinas Llausaz, da sala de leitura, e Adriana Quadrado, de artes, desenvolvem atividades de produção textual e confecção dos cartazes que serão utilizados na abordagem com o entorno da região.

A última etapa é a ação de panfletagem no bairro, em que os estudantes conscientizam a população sobre a importância da doação de sangue. “Os projetos nascem da necessidade de encampar a ideia de cidadania e, então, reunir conteúdos que pudessem aproximar os alunos da temática da doação de sangue”, afirma a diretora da escola, Maria Sueli da Silva, que destaca a potência e importância de trabalhar pedagogicamente com temas que fazem parte do cotidiano.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Conheça os impactos do reconhecimento facial

Quais os desafios da velhice LGBTQIAPN+ no Brasil?

Como identificar e prevenir a tuberculose?

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.