Os refugiados de guerra chegam ao Brasil em busca de vida nova, porém desembarcam no país sem falar português, o que os impede de procurar emprego e matricular os filhos nas escolas. Uma iniciativa inédita da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) disponibiliza na internet todo o conteúdo educacional gratuitamente para educadores que desejarem ensinar português aos refugiados, inclusive o material didático. No programa NET Educação, você conhece histórias de vida transformadas por esta ação.

Assista outros programas do NET Educação:
Estudantes se divertem aprendendo ciência no Museu Catavento
Aplicar bem recursos financeiros na educação é essencial
Alunos se tornam contadores de história para estimular hábito de ler
Como lidar com a homofobia nas escolas?
Especialistas debatem uso da tecnologia em sala de aula

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Contação de histórias ajuda a ensinar cultura africana na escola

Como implementar a lei do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena nas escolas?

Qual o papel da escola no combate à violência contra crianças?

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.