Um documento construído coletivamente para a definição de metas e objetivos, além dos meios necessários para alcançá-los, sempre mirando a concepção de sujeito que se pretende formar. Em suma, um mapa para nortear o desenvolvimento das atividades no decorrer do ano letivo. Essa é a descrição do que deve ser o Projeto Político Pedagógico (PPP) de uma escola.

Para cumprir o papel de ser um guia do trabalho de professores, gestores e funcionários, esse documento deve refletir as necessidades e os anseios da comunidade em que a escola se encontra inserida. Assim, a contribuição de todos é fundamental.

Na entrevista, a diretora da Comunidade Educativa Cedac, Tereza Perez, fala da importância do PPP, dos equívocos mais comuns no momento de sua elaboração e traz dicas para a construção do documento orgânico.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Modelo de simulação da ONU na escola estimula respeito a pensamento divergente

Racismo nos clássicos da literatura brasileira: como abordar o tema com os alunos?

Professores da rede pública combatem invisibilidade indígena nos currículos escolares

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.