O diretor do Serviço de Tecnologias Educativas da Secretaria de Educação de Madeira, Portugal, Rafael Santos, indica aos educadores a leitura do livro “E-Portfólio em Educação. Práticas e Reflexões”. Obra de Fernando Albuquerque Costa e Adelina Laranjeiro, o texto aborda o uso de portfólios digitais em contextos educativos e constitui uma consolidação do projeto Digifólio – Portfólio Digital, que envolveu diversos países europeus numa estratégia de desenvolvimento profissional dos professores, entre 2005 e 2008.

 

O projeto Digifólio teve como núcleo a reflexão sobre as “potencialidades dos portfólios e das tecnologias digitais numa óptica de desenvolvimento profissional de professores”, conta Rafael. As reflexões deram origem a um seminário internacional em que o trabalho foi ainda mais aprofundado, pois permitiu que outros profissionais da educação contribuíssem com os seus testemunhos e visões sobre o tema.

 

No livro “E-Portfólio em Educação. Práticas e Reflexões”, foi possível incluir parte das comunicações apresentadas no encontro, e seus autores o consideram “um conjunto representativo das reflexões e trocas de ideias dos mais de oitenta participantes oriundos de uma dezena de países nos quais a problemática dos portfólios eletrônicos para fins educativos começa a estar na agenda do dia”.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.