Universidade latina mais bem colocada no Academic Ranking of Word Universities (ARWU), a Universidade de São Paulo (USP) disponibiliza ao grande público parte do que acontece nos bancos das suas salas de aula. No ar desde 2012, o portal E-Aulas reúne aulas gravadas e vídeos produzidos em estúdio com conteúdo dos professores da instituição. A melhor parte é que não é preciso ser aluno da USP para ter acesso ao material.
 
O sistema possui hoje mais de três mil materiais cadastrados, nas áreas de exatas, humanas e biológicas. Desde sua criação, o site já contabilizou 12 milhões de acessos e tem nos cursos de letras os grandes sucessos de visualização. “Os destaques são as disciplinas de línguas, como o curso de língua italiana (“Dire, fare, partire!”), e o curso de libras –  a linguagem de sinais. Além disso, os vídeos com demonstrações de física também são bastante procurados”, conta a coordenadora do projeto Regina Melo Silveira, da Escola Politécnica (Poli). 
 
“O objetivo é estimular o uso de mídias digitais no ensino da graduação e utilizar plataformas que facilite o processo de aprendizagem”, resume Regina. O portal funciona como qualquer outro site de vídeo. “Qualquer pessoa interessada em uma determinada aula pode acessar o portal.  Basta fazer uma busca pelo tema ou palavra chave e todas as videoaulas sobre o tema serão listadas. Não é necessário estar logado no sistema para ter acesso aos conteúdos”, explica.
 
Recursos integrados
O portal E-Aulas deverá crescer ainda mais nos próximos anos. Um dos objetivos do projeto é estimular mais professores a disponibilizarem seus conteúdos no sistema. “Para estimular os professores a utilizar mídias digitais em suas disciplinas tem havido esforços no sentido de dar apoio na produção de mídias digitais e na realização de palestra de casos de uso de sucesso e oficinas de familiarização com ferramentas que ajudem o professor a trabalhar com os novos formatos digitais”, explica Regina. 
 
No sistema, há uma área para que o professor cadastre e faça upload das videoaulas que deseja colocar no portal. Nesta área, é possível também cadastrar outros materiais de apoio como textos, listas de exercícios e slides. A partir daí os interessados em assistir a aula podem acessá-los. Para os alunos da USP, é possível ainda fazer login e ter acesso a outras funcionalidades, como criação de playlist e marcar vídeos.
 
"Do mesmo jeito que investimos em livros organizados em bibliotecas, as mídias digitais tem no mundo de hoje a mesma importância informativa, sendo assim é necessário também termos ‘mediatecas’", finaliza.
 
Veja mais: 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.