A Psicologia do Desenvolvimento de Jean Piaget, livro de autoria de John H. Flavell, foi o primeiro sobre a obra do pesquisador suíço escrito em língua inglesa. Indico a leitura porque o autor descreve toda a  teoria sobre desenvolvimento. Com as informações apresentadas nesta obra, aprendi a diferença entre Empirismo (o conhecimento está no objeto), Apriorismo (o conhecimento está no sujeito)  e Epistemologia Genética (o conhecimento está na interação entre o sujeito e o objeto).

Qual é a importância, para o professor, de saber essas teorias? É porque a prática do professor, no seu dia a dia, reflete a sua concepção. Saber como o aluno aprende é a questão fundamental  para os educadores.

A metodologia que utilizamos no nosso trabalho, aqui no Instituto Estadual de Educação Cristovão de Mendoza (RS), é embasada no construtivismo, na Epistemologia de Jean Piaget, que foca a investigação que nasce do desejo dos alunos ou de um grupo de alunos e as descobertas feitas pela interação e  pelas trocas sócio-cognitivas. O aluno é o centro do processo.

Gosto muito da citação do Professor Fernando Becker (1994):

[…] O docente precisa refletir, primeiramente, sobre a prática pedagógica da qual é sujeito. Somente então apropriar-se-á de teoria capaz de desmontar a prática conservadora e apontar para as construções futuras. A simples mudança de concepção epistemológica não garante, necessariamente, uma mudança de concepção pedagógica ou de prática escolar, mas sem essa mudança de concepção superando o empirismo e o apriorismo certamente não haverá mudança profunda na teoria e na prática de sala de aula […].

Outro ponto interessante do livro “A Psicologia do Desenvolvimento de Jean Piaget”, é o prefácio do mesmo, escrito pelo próprio Piaget.

 

*Terezinha Motter é professora licenciada em Matemática pela Universidade de Caxias do Sul e Especialista em TIC na Promoção da Aprendizagem pela UFRGS.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

16 jogos de mão para apresentar às crianças na escola

Educadora indica brincadeiras para trabalhar rimas e musicalidade com os alunos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.