O evento já está na agenda dos educadores brasileiros. Todos os anos, em São Paulo, a Interdidática atrai professores, gestores e pesquisadores da educação interessados em discutir rumos, práticas e tendências da educação. A edição deste ano já começou e segue até o dia 19 de abril tendo como destaque o Fórum Internacional de Tecnologia Educacional.

Cobertura também nas redes sociais

Para guiar as discussões, o tema escolhido é “O professor e o uso das TICs em sala de aula – formar e motivar para a inovação”. Neste primeiro dia de palestras, a equipe do Instituto Claro esteve no Anhembi acompanhando e participando do evento, compartilhando bons momentos pelas redes sociais e reunindo pontos interessantes para o nosso portal.

O professor argentino Alejandro Piscitelli foi um dos que ocuparam o palco principal. Ele iniciou a sua palestra Caixas-Pretas, Neo-Alfabetizados e Digijamming – Lições para Fazer” falando sobre a importância de trabalhar com ideias na educação. Para ele, chama atenção o fato de a maioria dos jovens se sentir desmotivada para ir às aulas na escola. Ao mesmo tempo, muitos passam o tempo livre em jogos em que diversas pessoas se conectam em uma realidade virtual. “Por que não pensar em unir essas duas atividades?”, questionou com ar crítico.

Citando o conceito de mudança das mídias para o uso na aprendizagem, as midiamorfoses, Alejandro afirmou que hoje o desafio dos educadores é pensar em dispositivos e recursos que possam ser aplicados à sala de aula. Para ele, a solução ideal é sempre motivar os estudante pelo uso inteligente de outras mídias, favorecendo o trabalho colaborativo. “O mais difícil na educação é mudar o comportamento das pessoas. Ao mesmo tempo, é imprescindível que a mudança seja a base dos processos escolares”, concluiu.

Nesta quarta-feira, o Instituto Claro segue na Interdidática, onde palestrantes da Dinamarca e do Brasil marcam presença no Fórum, que acontece em paralelo aos workshops abertos aos educadores. A mobilidade na educação, tema sempre em destaque no nosso portal e nas nossas redes, será abordado pelo educador empreendedor Martin Restrepo, que levará ao público a apresentação Mobile Learning: Descubra, Experimente e Invente.

Confira abaixo alguns tweets do dia sobra a Interdidática. E para acompanhar em tempo real, busque pela hashtag #interdidatica

@MaraMontes Significado da palavra ESCOLA = scholé = lugar do ócio » palestra Dr. Jorge Vidal na #interdidática

@miladatgon Para @piscitelli A revisão das salas de aula presenciais é um elemento fundamental para a mudança educativa. Eu concordo!#interdidatica

@educacaoNet Apresentações da manhã no forum educacional na @interdidatica muito inspiradoras. Agora é hora de conhecer as novidades na feira.

@institutoclaro Na #interdidatica, educador Jorge Vidal afirma que o currículo escolar atende demandas do século passado. “Por que não atender o futuro?”

 

Acompanhe também nossa página no Facebook

Leia mais:

Feira de tecnologia educacional promove debates sobre o futuro das escolas e da aprendizagem

Uso acrítico das TICs não tira escola da zona de conforto, refletem debates na Interdidática

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.