Discutimos muito aqui no portal a importância de a utilização das tecnologias na escola ir além de simplesmente usar recursos em aulas, mas se apoiar em um planejamento estruturado. É consenso entre estudiosos da área que, para alcançar resultados permanentes e a longo prazo, é necessário que professores e coordenadores pedagógicos articulem um projeto que integre as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) ao planejamento anual das disciplinas, de forma consistente e com o apoio da gestão.

Em busca de um exemplo de como isso funciona na prática, o Instituto Claro passou uma tarde na Escola Municipal Geraldo Paes, no município de Jundiaí, acompanhando as atividades realizadas na instituição. A ideia era observar como professores e alunos lidam com as tecnologias digitais no dia a dia da sala de aula, uma vez que a escola tem uma sala com lousa digital, scanner, mesas pedagógicas, conexão banda larga e computadores pessoais para os alunos, que são utilizados de maneira rotativa, de acordo com a demanda dos professores.

As aulas acompanhadas foram as do terceiro e quarto anos do ensino fundamental. Logo no início, o professor Fábio Ienne, do projeto interdisciplinar Mentes Inovadoras, destaca que a atenção dos alunos é muito maior quando ele usa recursos visuais, como a lousa digital. “Quando utilizamos este lado mais lúdico, o trabalho rende mais, pois as crianças se concentram”, afirma.

Divulgação

Colaboração entre os alunos é comum

Os alunos geralmente se dividem em grupos durante as atividades com computadores, e a reportagem percebeu um ambiente muito propício ao trabalho colaborativo, sendo que as crianças que dominam mais rapidamente o conteúdo e a parte técnica passam a monitorar e a ajudar os colegas. Tarefas simples também se mostram mais divertidas para as crianças, que passam a enxergar as solicitações do professor como “desafios”. Em uma atividade proposta pelo professor Ienne, por exemplo, os alunos tinham de auxiliá-lo a ganhar do computador em um jogo de lógica. Todos queriam participar e escrever na lousa digital, porém discutiam em seus grupos o melhor movimento possível, para só então serem escolhidos para interagir na frente da sala.

Outro lado desta experiência está no cuidado que as crianças têm com os equipamentos e na desinibição em usá-los. As crianças interagem com os computadores e com a lousa sem medo, ao mesmo tempo que demonstram um cuidado grande, atestado inclusive pelo fato de que, segundo o diretor da escola, Djalma Paes, até hoje não houve nenhum dano grave a nenhum equipamento.

Confira mais sobre o projeto neste vídeo:

https://youtu.be/fLdVtzPBReM

Preparação para o uso

Como o uso dos recursos tecnológicos depende da decisão do professor, alguns os utilizam em maior escala, enquanto outros frequentam menos a sala de informática. No entanto, chama atenção a preocupação da gestão da escola em preparar os professores para o uso das tecnologias disponíveis.

Para evitar que docentes menos familiarizados com os recursos digitais se sintam inibidos, as atividades com as TICs na Escola Municipal Geraldo Paes contam com a presença de um monitor especializado na parte técnica das ferramentas. Além de ajudar em classe, esse profissional ajuda no planejamento das aulas, mostrando as possibilidades técnicas de cada recurso. Mas cabe ao professor a decisão de incluir a tecnologia em seu projeto pedagógico.

O papel da gestão é incentivar e formar os docentes. Todos os professores da escola passaram por um treinamento de 20 dias, realizado em parceria com a Positivo Informática, e é apontado pelos educadores como fundamental para que pudessem fazer um uso embasado das ferramentas disponíveis. Além dos recursos presentes em sala de aula, os professores contam com plataformas virtuais de aprendizagem, com conteúdos produzidos de acordo com as demandas das Secretarias Estaduais de Educação e do MEC. O material é produzido para uso em sala de aula, por professores e alunos, e também fora do horário escolar, inclusive pelos pais dos alunos. Desta forma, toda a comunidade escolar se envolve no projeto pedagógico e acompanha o desenvolvimento dos alunos. 

Acompanhe também a nossa página no Facebook

Leia mais

Sim, a tecnologia é uma grande aliada para transformar a educação 

Especialistas apontam que revolução na comunicação precisa ser incorporada pelas escolas 

Professores são os mais resistentes à tecnologia digital na escola, aponta enquete 

Articulação em rede por meio das TICs pode favorecer o trabalho de professores 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.