Foram mais de 1.900 vídeos inscritos sobre o tema “Ser Digital” por participantes de 220 municípios de 24 Estados brasileiros no Festival Claro Curtas. Dos 100 curtas semifinalistas, avaliados pela comissão de pré-seleção, dez foram escolhidos pelos jurados Dira Paes, Matheus Nachtergaele, Cao Hamburger, Caio Gullane e Carlos Nader para concorrer ao total equivalente a R$ 100 mil reais em prêmios.

 

Os dez vídeos finalistas foram produzidos por participantes dos Estados de Alagoas, Goiânia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Os três primeiros colocados, que levarão R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 15 mil respectivamente, serão anunciados no dia 30 de abril, em coquetel de premiação no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo. Além de conferir os dez finalistas no site www.clarocurtas.com.br, o público pode escolher seu vídeo favorito para ser o vencedor por voto popular, que ganhará R$ 5 mil.

 

Para complementar a semana de encerramento do Festival, nos dias 27 e 28 de abril, os dez finalistas se reunirão em São Paulo para participar de workshops e oficinas ministrados por profissionais da área audiovisual e de novas mídias. Nos dias 29 e 30, haverá o Seminário Claro Curtas, que conta com debates gratuitos abertos ao público sobre o impacto das novas tecnologias digitais móveis nos processos de criação, produção e difusão audiovisual.

 

O Claro Curtas foi criado para possibilitar a descoberta e a divulgação de talentos, e valoriza a produção audiovisual realizada a partir de celulares, webcams, câmeras digitais e outros dispositivos móveis. Com o objetivo de democratizar o acesso ao audiovisual no Brasil, durante o período das inscrições, o Festival promoveu, em parceria com empreendedores regionais, oficinas gratuitas de capacitação em audiovisual em cidades da Bahia, Minas Gerais, Pará e Amazonas. No total, mais de 600 participantes aprenderam técnicas de fotografia, roteiro, produção, gravação e edição.

 

Além disso, os interessados em se inscrever no Festival contaram com materiais educativos gratuitos para aprimorar a produção dos vídeos: o site do Claro Curtas disponibilizou para download cinco vídeos tutoriais e um miniguia, que também teve 10 mil exemplares impressos distribuídos a instituições parceiras, ONGs que trabalham com audiovisual e Pontos de Cultura do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura.

 

* Texto retirado do site Claro Curtas

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Como usar fanfics em sala de aula?

Produção literária colaborativa de fãs estimula leitura e escrita entre jovens

Como utilizar a culinária afrodiaspórica no ensino de química?

Pratos como feijoada, acarajé e moqueca ajudam a abordar diferentes conteúdos da disciplina

Cup song ajuda a ensinar educação artística, matemática, línguas e ciências

Coreografia com copos trabalha coordenação motora, contagem de tempo e vibração do som

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.