Líder

Márcia Coutinho 

Graduada em cinema, mestre pela ECA-USP com a pesquisa “A Internet na Educação – Um novo âmbito de mediações”. Trabalha com educação e novas tecnologias desde 1999, tendo atuado em projetos como “O Estadão na Escola”, “Acessa São Paulo”, “Educom.rádio” e “Educom.Centro-Oeste”, “Mídias na Educação” (Proinfo), “Minha Terra” (Educarede). É pesquisadora da ECA-USP. Atuou pelo Ministério da Cultura na formação pedagógica de videoeducadores do Estado de São Paulo em pontos de cultura. Presta assessoria acadêmica sobre inovação em práticas sociais.

Comissão para a modalidade Inovar na Aprendizagem

Cleide Munhoz: pedagoga, pós-graduada em EaD (Faculdade Senac/RJ) e Tecnologias Educacionais (PUC/SP). É professora e coordenadora de Informática do Colégio I. L. Peretz.

Michele Prazeres: jornalista, mestre em comunicação e semiótica (PUC-SP) e doutoranda em educação (FE-USP). É assessora de comunicação da ONG Ação Educativa e da Abong (Associação Brasileira de ONGs). Escreveu os livros “Um Mundo de Mídia: Diálogos sobre Comunicação e Participação” e “A Sociedade Ocupa a TV: o Caso Direitos de Resposta e o Controle Público da Mídia”.

Paula Carolei: graduada em ciências biológicas (USP), mestra em educação (Unicamp) e doutora em educação pela (USP). É professora-titular da Faculdade Sumaré e consultora pedagógica do Site Educacional e do Senac/SP. Possui larga experiência na área de educação, com ênfase em educação online.

Richard Romancini: jornalista, mestre e doutor em ciências da comunicação (USP). Professor da Faculdade de Educação e Cultura Montessori e pesquisador colaborador da ECA-USP. Possui larga experiência na área de comunicação, com ênfase em teoria da comunicação.

Silene Lourenço: graduada em história, pós-graduada em marketing e propaganda e mestra em comunicação e mercado (Cásper Líbero). É professora universitária, pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação da ECA-USP e tutora do grupo de Mato Grosso do Sul do Projeto educomradio.centro-oeste e articuladora do Projeto educom.rádio São Paulo.

Comissão para a modalidade Inovar na Comunidade

Alda Ribeiro Martins: jornalista com especialização em gestão de processos comunicacionais (USP). Possui experiência na formação de professores em projetos presenciais e a distância para o uso de tecnologias de comunicação nos processos educativos. Atua também na elaboração e no desenvolvimento de projetos na área de responsabilidade social corporativa.

Ana Biglione: administradora de empresas (EAESP-FGV), consultora de processos de desenvolvimento e ex-diretora-executiva do Instituto Geração. Atuou no Ficas, como coordenadora do eixo de articulação, e no Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), em desenvolvimento institucional e na iniciativa de marketing relacionado a causas. Foi voluntária na Ashoka Empreendedores Sociais e atuou por cinco anos na Hedging-Griffo.

Dalberto Adulis: administrador de empresas (USP), especialista em redes, atua nas ONGs Rits (Rede de Informações para o Terceiro Setor) e ABDL (Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Liderança), onde exerce o cargo de diretor-executivo. Em 2008, coordenou o Redesenvolvimento, um programa de formação voltado ao fortalecimento de redes para o desenvolvimento.

Gustavo Baraldi: analista da equipe de indicadores da Report Comunicação, foi diretor de Marketing da Artemísia, atuou na área de Relações Acadêmicas do Instituto Ethos e coordenou a área de educação e assessorias para sustentabilidade, do UniEthos.

Raquel Diniz: consultora autônoma especialista em gestão e avaliação de projetos sociais. Atualmente é consultora do Akatu como coordenadora do projeto Memórias e Aprendizagens.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.