Celebrado por suas poesias e pela contribuição ao parnasianismo brasileiro, Olavo Bilac possui outras facetas pouco conhecidas do grande público. Nascido em 1865 e falecido em 1918, o poeta, escritor e jornalista foi cronista de grandes jornais do Rio de Janeiro e São Paulo e pioneiro da literatura paradidática brasileira, produzindo diversas obras de circulação escolar. Além disso, produziu crônicas voltadas tanto para o público infantil quanto adulto.

A seguir, conheça sete livros que ajudam a apresentar um panorama da vida e produção desse artista para as gerações futuras.

 

Capa do livro Vossa insolência

Vossa insolência

Olavo Bilac, Companhia das Letras, 1996
O livro reúne uma seleção de crônicas publicadas em jornais cariocas e paulistas, revelando uma faceta literária de Olavo Bilac diferente do parnasianismo. Na Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro, Bilac assume o lugar que um dia fora de Machado de Assis e faz da cidade o grande assunto de seus textos.

 

Capa do livro Melhores crônicas de Olavo Bilac

Melhores crônicas de Olavo Bilac

Olavo Bilac, Global Editora, 2005
A obra seleciona crônicas escritas em momentos diversos da trajetória do poeta, escritor e jornalista. Por meio da crônica, Bilac expressou o seu pensamento, sua sensibilidade e sonhos de um país mais civilizado.

 

Capa do livro Contos pátrios

Contos pátrios

Olavo Bilac e Coelho Neto, Editora Garnier, 2001
Publicado originalmente em 1904, o livro traz 23 pequenos textos destinado às crianças sobre o Brasil, seu povo, costumes e supervisões. Entre os textos, estão “Mãe Maria”, sobre a dedicação de uma escrava a seu senhor; “A partilha”, sobre uma mãe pobre que precisa amamentar dois filhos; e “O homem”, sobre a volta de um garoto do internato após o falecimento de seu pai.

 

Capa do livro Melhores poemas de Olavo Bilac

Melhores poemas de Olavo Bilac

Marisa Lajolo (seleção); Global Editora, 2015
A escritora e doutora em literatura, Marisa Lajolo, seleciona algumas das poesias que melhor exemplificam a lírica do escritor. Peças retiradas desde “As Poesias”, livro de 1888 recebido com louvor por seus pares, até o último livro de poemas póstumo, “A tarde”.

 

Capa do livro Através do Brasil

Através do Brasil

Olavo Bilac e Manoel Bonfim. Marisa Lajolo (organização), Companhia das Letras, 2000
Publicado em 1910, ele é um clássico da literatura paradidática brasileira. Mostrou os vários cenários sociais, geográficos e econômicos que compunham o Brasil da época. Para isso, criaram uma história simples, mas eficaz, em que dois meninos, Carlos e Alfredo, saem em busca de suas famílias e vivem sustos, aventuras e alegrias em um país que ainda lhes parecia completamente desconhecido.

 

Capa do livro As estações - Poesias infantis de Olavo Bilac

As estações – Poesias infantis de Olavo Bilac

Olavo Bilac; Carla Milano e Mirian Herrera (org.) e Regina Yolanda (ilustração), Studio Nobel, 2003.
O livro se divide em: As Estações, Os Meses e Fábulas. A primeira parte é dedicada às quatro estações do ano, sendo que, a cada poema, são exaltadas as principais características do período. Já em Os Meses, Bilac explora a data comemorativa de cada época: o Carnaval, em fevereiro, o mártir Tiradentes, em Abril, e as animadas Festas Juninas, em junho. Encerrando a obra, quatro fábulas de Esopo, transformadas em poesias pelo poeta.

 

Capa do livro O Sonho

O Sonho

Olavo Bilac, com Cris Alhadeff (ilustração); Editora Sesi-SP, 2016
O livro traz para as crianças o texto do conto “O Sonho”, de Olavo Bilac, ilustrado pela cartunista Cris Alhadeff. A obra mostra uma faceta de humor pouco vista na obra do autor parnasiano.

Veja mais:
Ensinar Olavo Bilac também inclui apresentar sátira, crônicas e produção jornalística
Plano de aula – Olavo Bilac
Site Universia Brasil disponibiliza livros de Olavo Bilac para download gratuito

Crédito da imagem: kvkirillov – iStock

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

E-book gratuito traz sátiras escritas por Olavo Bilac

Publicação da Editora Unesp abarca obras e crônicas escritas entre 1887 e 1905

há 3 anos
Notícias

5 links para entender “O Quinze”, de Rachel de Queiroz

Livro aborda seca nordestina de 1915 e traz protagonista que rompe com padrões sociais

há 4 anos
Notícias

Vídeo analisa “Claro Enigma”, obra de Drummond que está na lista Fuvest

Professor Vagner Camilo aponta o contexto do livro e sua importância para a literatura

há 4 anos
Notícias

Compilado de palestras discute clássicos da literatura

Vídeos são de trechos do programa Café Filosófico que abordam obras nacionais e internacionais

há 4 anos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.