Conteúdos

Este roteiro de estudos trata do Quinhentismo enquanto movimento literário, trazendo informações sobre o seu contexto histórico, suas características, suas produções literárias e seus principais autores. Contando com uma lista de exercícios, busca auxiliar o aluno na consolidação dos conhecimentos relacionados ao tema.

● O que é Quinhentismo?
● Contexto histórico;
● Características das produções literárias do Quinhentismo; e
● Principais autores do Quinhentismo.

Objetivos

● Compreender o Quinhentismo enquanto movimento literário.

Estude também:

Estudar em casa: entenda o trovadorismo

Estudar em casa: entenda o contexto de ‘Romanceiro da inconfidência”, de Cecília Meireles

Palavras-chave:

Língua Portuguesa. Literatura. Quinhentismo.

Proposta de trabalho:

Iniciaremos este roteiro de estudos verificando o que é o Quinhentismo e o seu contexto histórico. Na sequência, trataremos das características, das produções literárias e dos principais autores do Quinhentismo. Para finalizar, veremos alguns exercícios sobre o tema.

1ª Etapa: O que foi o Quinhentismo?

O Quinhentismo foi um movimento literário e histórico ocorrido no primeiro século da colonização brasileira, sendo compreendido por dois principais grupos de composição textual: a literatura de formação e os textos de informação.

Para saber mais sobre o Quinhentismo, sugerimos que assista aos vídeos sugeridos abaixo:

Quinhentismo – Professor Noslen
Acesso em: 25 de setembro de 2022.

Literatura – Quinhentismo ENEM – Educa mais Brasil
Acesso em: 25 de setembro de 2022.

2ª Etapa: Contexto histórico

Para compreender verdadeiramente um movimento literário e as suas características, é essencial entender também o seu contexto histórico.

Considerando o que foi trazido na etapa anterior, no sentido de que o Quinhentismo ocorreu durante o primeiro século da colonização brasileira, você consegue pensar quais aspectos históricos podem tê-lo afetado?

Faça anotações acerca desses pontos e, em seguida, assista ao vídeo abaixo, verificando o que você acertou e que pontos relevantes deixou de lembrar. Com base nisso, esquematize de forma simples, porém completa, as informações mais importantes, que te ajudarão a retomar o assunto no futuro, sempre que necessário.

Quinhentismo: contexto histórico e características – Curso Enem gratuito
Acesso em: 25 de setembro de 2022.

3ª Etapa: Características das produções literárias do Quinhentismo

Quando falamos em Quinhentismo, algumas características se destacam, dentre as quais:
❖ Literatura de formação (ou de catequese) – textos produzidos pelos padres jesuítas que vieram ao Brasil no início do período de domínio português, os quais tinham como principal objetivo catequizar os povos nativos.
❖ Literatura de informação – textos descritivos/narrativos, que documentam o processo de colonização do território brasileiro.

Para saber mais sobre as características do Quinhentismo, assista:

Quinhentismo: principais características e contexto histórico – Literatura com Alencar
Acesso em: 25 de setembro de 2022.

4ª Etapa: Principais autores do Quinhentismo

Neste último tópico, sugerimos um exercício: busque em sua memória os autores que foram mencionados ao longo dos materiais sugeridos neste roteiro, e faça uma lista de seus nomes. Será que você conseguiu compreender quais foram os autores mais relevantes do período?

Caso não lembre, retorne aos vídeos e, assistindo com bastante atenção, faça anotações.

Em seguida, veja se conseguiu chegar próximo da lista abaixo, que traz os principais autores desse movimento literário:

❖ Fernão Cardim;
❖ Hans Staden;
❖ Padre José de Anchieta;
❖ Padre Manuel da Nóbrega;
❖ Pero de Magalhães Gândavo; e
❖ Pero Vaz de Caminha.

5ª Etapa: Questões

Seguem abaixo alguns exemplos de como o tema usualmente aparece nas provas. O gabarito está depois das questões.

1. A literatura jesuítica foi uma das manifestações literárias que surgiu com a chegada dos portugueses no Brasil, no século XVI. Sobre essa manifestação é incorreto afirmar:
a) Possuía um teor religioso e reunia textos escritos pelos colonizadores.
b) Os principais assuntos explorados eram cotidianos e religiosos.
c) Os textos eram descritivos e informativos e possuíam uma linguagem simples.
d) Foi escrita pelos jesuítas, tendo José de Anchieta como maior representante.
e) Também era chamada de literatura de catequese, tendo em conta seu caráter religioso.

2. “Mostraram-lhes um papagaio pardo que o Capitão traz consigo; tomaram-no logo na mão e acenaram para a terra, como se os houvesse ali.
Mostraram-lhes um carneiro; não fizeram caso dele.
Mostraram-lhes uma galinha; quase tiveram medo dela, e não lhe queriam pôr a mão. Depois lhe pegaram, mas como espantados.
Deram-lhes ali de comer: pão e peixe cozido, confeitos, fartéis, mel, figos passados. Não quiseram comer daquilo quase nada; e se provavam alguma coisa, logo a lançavam fora.
Trouxeram-lhes vinho em uma taça; mal lhe puseram a boca; não gostaram dele nada, nem quiseram mais.
Trouxeram-lhes água em uma albarrada, provaram cada um o seu bochecho, mas não beberam; apenas lavaram as bocas e lançaram-na fora.
Viu um deles umas contas de rosário, brancas; fez sinal que lhas dessem, e folgou muito com elas, e lançou-as ao pescoço; e depois tirou-as e meteu-as em volta do braço, e acenava para a terra e novamente para as contas e para o colar do Capitão, como se dariam ouro por aquilo.”
(Carta de Pero Vaz de Caminha, 1500)

A Carta de Pero Vaz de Caminha foi o primeiro documento redigido no Brasil e possui um valor histórico e literário inegável. Sobre a Carta é correto afirmar:
a) Foi escrita por Pedro Álvares Cabral quando o conquistador chegou ao Brasil.
b) O intuito era descrever sobre o novo local encontrado pelos portugueses.
c) Redigida em versos, a Carta foi entregue ao Rei Dom Manuel de Portugal.
d) De caráter objetivo, o escrivão descreveu as paisagens do local.
e) O escrivão espanhol, Pero Vaz de Caminha, foi quem escreveu a Carta.

3. Das opções abaixo, a que não faz parte das características do Quinhentismo é a alternativa:
a) textos descritivos, informativos e religiosos.
b) linguagem simples e uso de adjetivos.
c) temas relacionados com a conquista material e espiritual.
d) resgate dos valores clássicos greco-romanos.
e) relatos e crônicas de viagem.

4. O Quinhentismo é uma manifestação literária que teve início no século XVI no Brasil e reuniu diversos textos de caráter:
a) amoroso, religioso e pedagógico
b) pedagógico, religioso e informativo
c) informativo, religioso e amoroso
d) nacionalista, religioso e místico
e) místico, nacionalista e amoroso

5. Sobre a literatura informativa quinhentista é incorreto afirmar:
a) Com uma linguagem rebuscada, os cronistas descreveram aspectos das novas terras encontradas além-mar.
b) Repletos de adjetivos, os textos do Quinhentismo abordaram as características materiais e espirituais relacionadas com as novas terras.
c) Ao lado de Pero Vaz de Caminha e de outros cronistas, Pero de Magalhães Gândavo foi um dos representantes da literatura informativa.
d) A carta de Pero Vaz de Caminha representa um dos maiores exemplos da literatura informativa do Quinhentismo.
e) De caráter documental, a literatura informativa foi essencial para fundar a literatura brasileira.

6. Enquanto surgia a literatura brasileira no Brasil, na Europa outro movimento baseado no humanismo, racionalismo e cientificismo se consolidava. Esse movimento foi o:
a) Barroco
b) Arcadismo
c) Realismo
d) Romantismo
e) Classicismo

7. (UFSE) Nas manifestações literárias dos dois primeiros séculos de nossa história podem estar presentes as seguintes características:
I – intenção catequética e informação sobre a terra;
II – relato de viagem e pregação religiosa;
III – sentimento nacionalista e participação em campanha republicana.

Estão corretas somente as características indicadas em:
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.

8. (UFPA) Quanto às manifestações literárias brasileiras aparecidas durante o período colonial:
a) refletiam a grandeza da Literatura Portuguesa da época.
b) não havia obras escritas, existia, pois, como manifestação oral.
c) eram ainda incipientes, apesar de escritas, pois a metrópole não incentivava este tipo de produção.
d) o expressivo número de escritores que apareceram obreiam-se com os maiores vultos da literatura universal.
e) representa o esplendor das tendências literárias do medievalismo português.

9. (UFSM) O Quinhentismo, enquanto manifestação literária, pode ser definido como uma época em que:
I – não se pode falar, ainda, na existência de uma literatura brasileira, pois a cultura portuguesa estabelecia as formas de pensamento e expressão para os escritores na colônia;
II – se pode falar na existência de uma literatura brasileira porque, ao descreverem o Brasil, os textos mostram um forte instinto de nacionalidade, na medida em que todos os escritores eram nativos da terra;
III – a produção escrita se prende à descrição da terra e do índio ou a textos escritos pelos jesuítas, ou seja, uma produção informativa e doutrinária.

Está(ão) correta(s):
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) Apenas III.

10. (Mackenzie) “Quando morre algum dos seus põem-lhe sobre a sepultura pratos, cheios de viandas, e uma rede (…) mui bem lavada. Isto, porque crêem, segundo dizem, que depois que morrem tornam a comer e descansar sobre a sepultura. Deitam-nos em covas redondas, e, se são principais, fazem-lhes uma choça de palma. Não têm conhecimento de glória nem inferno, somente dizem que depois de morrer vão descansar a um bom lugar. (…) Qualquer cristão, que entre em suas casas, dão-lhe a comer do que têm, e uma rede lavada em que durma. São castas as mulheres a seus maridos.” (Padre Manuel da Nóbrega)

O texto, escrito no Brasil colonial,
a) Pertence a um conjunto de documentos da tradição histórico literária brasileira, cujo objetivo principal era apresentar à metrópole as características da colônia recém-descoberta.
b) Já antecipa, pelo tom grandiloquente de sua linguagem, a concepção idealizadora que os românticos brasileiros tiveram do indígena.
c) É exemplo de produção tipicamente literária, em que o imaginário renascentista transfigura os dados de uma realidade objetiva.
d) É exemplo característico do estilo árcade, na medida em que valoriza poeticamente o “bom selvagem”, motivo recorrente na literatura brasileira do século XVIII.
e) Insere-se num gênero literário específico, introduzido nas terras americanas por padres jesuítas com o objetivo de catequizar os indígenas brasileiros.

Gabarito:

1. Alternativa correta: a) Tinha um teor religioso e reunia textos escritos pelos colonizadores.
A literatura jesuítica, também chamada de literatura de catequese, foi uma das primeiras manifestações literárias ocorridas no Brasil.
Escrita pelos jesuítas, os textos possuíam um caráter religioso e pedagógico e exploravam temas como o cotidiano e a religião.
Dentre todos os escritores, José de Anchieta foi um dos que mais se destacou com suas cartas, sermões, poemas e peças teatrais sobre o Brasil.
Vale notar que grande parte desses textos eram descritivos e possuíam uma linguagem simples.

2. Alternativa correta: b) O intuito era descrever sobre o novo local encontrado pelos portugueses.
A Carta de Pero Vaz de Caminha foi produzida em 1.º de maio de 1500 na Bahia pelo escrivão português Pero Vaz de Caminha. Ele chegou ao Brasil com a esquadra de Pedro Álvares Cabral.
O intuito principal era descrever sobre as novas terras encontradas além-mar. Por isso, o conteúdo reunia suas impressões sobre o Brasil e, portanto, tinha um caráter subjetivo.
Escrita em prosa e numa linguagem simples, a Carta original tinha sete folhas, cada qual dividida em quatro páginas.

3. Alternativa correta: d) resgate dos valores clássicos greco-romanos.
O Quinhentismo foi a primeira manifestação literária ocorrida no Brasil em 1500. Fizeram parte desse momento os relatos e as crônicas de viagens, além da literatura escrita pelos jesuítas, encarregados de catequizar os índios no Brasil.
Com uma linguagem bem acessível e simples, os escritores desse momento exploraram temas cotidianos, religiosos e relacionados com as conquistas materiais e espirituais, sobretudo, da descoberta das novas terras.
Por esse motivo, é comum encontrar textos dessa época com presença de adjetivos, como, por exemplo, na Carta de Pero Vaz de Caminha, considerado o primeiro documento redigido no Brasil.

4. Alternativa correta: b) pedagógico, religioso e informativo
A produção literária do Quinhentismo é composta pela literatura informativa e a literatura de catequese (ou dos jesuítas).
O primeiro reúne textos descritivos e informativos sobre as novas terras descobertas pelos portugueses no século XVI, da qual se destaca a Carta de Pero Vaz de Caminha.
O segundo, de caráter religioso e pedagógico, reúne diversos textos escritos pelos jesuítas, encarregados de catequizar os índios do Brasil.

5. Alternativa correta: a) Com uma linguagem rebuscada, os cronistas descreveram aspectos das novas terras encontradas além-mar.
A literatura informativa, que inaugurou a literatura brasileira, possuía um caráter documental e histórico. Esses textos tinham como principal característica a descrição das novas terras encontradas pelos portugueses.
Por isso, eram utilizados muitos adjetivos que acompanhavam a descrição das paisagens, dos habitantes, da fauna e da flora do Brasil. Uma das características da literatura de informação era sua linguagem simples e acessível. O exemplo mais notório é a Carta de Pero Vaz de Caminha, escrita na Bahia em 1500.
Além de Pero Vaz de Caminha, outros representantes que se destacam na literatura informativa do Quinhentismo foram: Pero de Magalhães Gândavo, Pero Lopes de Souza, Fernão Cardim e Gabriel Soares de Souza.

6. Alternativa correta e) Classicismo
O Classicismo foi um movimento artístico que surgiu na Europa no século XVI e esteve fundamentado nas correntes do humanismo, do racionalismo e do cientificismo.
As principais tendências do movimento eram: a busca pela perfeição, equilíbrio e harmonia, bem como a imitação aos modelos clássicos.

7. Alternativa correta: d) I e II.
Em 1500, com a chegada dos portugueses no Brasil, surgiram os primeiros textos sobre o país. Por esse motivo, o Quinhentismo representa o primeiro movimento da literatura brasileira.
Vale notar que, nesse momento, a literatura não possuía ainda um caráter nacionalista, pois tinha como objetivo oferecer informações sobre as novas terras encontradas além-mar.
Durante 100 anos, a literatura, escrita por portugueses, esteve dividida em dois tipos: a literatura de informação, escrita pelos cronistas de viagens, e a literatura de catequese, produzida pelos jesuítas.
A primeira tinha como objetivo descrever sobre as novas terras encontradas; já a segunda possuía um caráter mais religioso e pedagógico.

8. Alternativa correta: c) eram ainda incipientes, apesar de escritas, pois a metrópole não incentivava este tipo de produção.
Durante o período colonial, a literatura escrita por portugueses no Brasil tinha um caráter informativo, pois a intenção era descrever sobre as terras encontradas.
Muitos textos eram produzidos por cronistas de viagens, os quais descreviam suas impressões sobre as paisagens, a população encontrada e as conquistas materiais e espirituais.
Por outro lado, estavam os padres jesuítas que chegaram ao Brasil para catequizar os índios. Grande parte dos textos produzidos por eles tinham um caráter pedagógico e religioso.
Embora isso não fosse incentivado pela Metrópole (Portugal), todos os textos produzidos nessa época sobre o Brasil, inauguraram a literatura brasileira. Isso porque, até então, não havia nenhum texto escrito sobre o país.
As sociedades (tribos indígenas) que aqui viviam não possuíam uma cultura de escrita, uma vez que os ensinamentos eram passados de maneira oral.

9. Alternativa correta: c) Apenas I e III.
Os textos escritos após a chegada dos portugueses ao Brasil em 1500 se resumiam em descrever sobre as terras encontradas e os povos que aqui viviam.
Por esse motivo, não se fala de literatura tipicamente brasileira, pois os textos eram produzidos pelos colonizadores portugueses e, portanto, traziam aspectos da cultura portuguesa.
Somente a partir do movimento artístico posterior, o Barroco (1601), que a produção literária passou a ter nomes representativos de brasileiros, como é o caso de Gregório de Matos, nascido na Bahia.

10. Alternativa correta: a) Pertence a um conjunto de documentos da tradição histórico literária brasileira, cujo objetivo principal era apresentar à metrópole as características da colônia recém-descoberta.
Padre Manuel da Nóbrega foi um dos nomes mais representativos da literatura jesuítica do Quinhentismo. A intenção dos escritores desse período era registrar os principais aspectos das terras recém-descobertas e apresentar para a Metrópole (Portugal).
Por isso, muitos textos eram repletos de descrições sobre as paisagens e os povos que aqui viviam. Vale lembrar que a produção literária desse período foi muito importante para a documentação histórica.

Questões e gabarito
Acesso em: 25 de setembro de 2022.

Roteiro de estudos elaborado pela Professora Daniela Leite Nunes.
Coordenação Pedagógica: Prof.ª Dr.ª Aline Bitencourt Monge.

Tags relacionadas

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.