Conteúdos

Este roteiro de estudos aborda as chuvas de granizo, suas formações e suas relações com o dia a dia. Uma chuva de granizo é um fenômeno meteorológico caracterizado pela queda de pedaços de gelo, chamados de granizo. Esses pedaços de gelo podem variar em tamanho, desde pequenos grânulos até pedras maiores, que podem ultrapassar o tamanho de uma bola de golfe.

Compreender esse fenômeno e a sua formação, bem como as consequências para as nossas vidas, faz com que haja maior tessitura no aprendizado de climatologia.

Objetivos

  • Compreender o fenômeno meteorológico, proporcionando a compreensão do que é chuva de granizo, como ela se forma e as condições meteorológicas associadas à sua ocorrência;
  • Identificar as regiões de ocorrência, observando onde a chuva de granizo é mais comum e as características climáticas dessas áreas;
  • Analisar os processos de formação e explicar os processos físicos que ocorrem dentro das nuvens de tempestade e levam à formação de granizo;
  • Avaliar os impactos socioeconômicos e ambientais da chuva de granizo, tanto em áreas urbanas quanto rurais; e
  • Explorar medidas de prevenção e mitigação que podem ser adotadas para reduzir os danos causados pela chuva de granizo, incluindo estratégias de construção e planejamento urbano.

 Conteúdos/Objetos do conhecimento:

  • Estudo das características climáticas das diferentes regiões do Brasil e do mundo, incluindo áreas onde a ocorrência de chuva de granizo é mais comum;
  • Análise dos impactos socioambientais das tempestades de granizo em comunidades rurais e urbanas, considerando danos a culturas agrícolas, estruturas físicas e populações humanas; e
  • Reflexão sobre medidas de adaptação e prevenção, diante dos riscos associados à chuva de granizo, incluindo planejamento urbano, uso de tecnologias e políticas de gestão ambiental. 

Palavras-chave:

Chuva de granizo. Granizo. Tempestade. Mudanças climáticas.

Proposta de estudos:

Vocês já viram pedrinhas de gelo caindo do céu? Essas pedrinhas são chamadas de granizo, e quando muitas delas caem juntas, temos a chuva de granizo. Mas como isso acontece? Vamos descobrir juntos!

Tudo começa com o ciclo da água, um processo incrível que acontece na natureza. Você sabe como funciona o ciclo da água? É assim: a água dos rios, lagos e oceanos evapora, por causa do calor do sol, formando nuvens no céu. Essas nuvens ficam cheias de gotinhas de água que, quando estão muito pesadas, caem de volta para a terra na forma de chuva, neve ou granizo.

Mas o que faz com que a água se transforme em granizo? Bem, para isso, precisamos de nuvens especiais chamadas de cumulonimbus, que são nuvens de tempestade muito grandes e carregadas de energia. Dentro dessas nuvens, há correntes de ar que fazem com que a água se mova para cima e para baixo.

Quando uma gotinha de água sobe para as partes mais frias da nuvem, ela pode congelar e se transformar em um pedacinho de gelo. Esses pedacinhos de gelo começam a ficar maiores à medida que mais gotinhas de água congelam em volta deles. Eles ficam girando dentro da nuvem, pegando mais água e crescendo cada vez mais.

Chega uma hora em que esses pedacinhos de gelo ficam tão pesados que não conseguem mais ficar na nuvem. Então, eles caem em direção ao chão, formando uma chuva de granizo. Quando isso acontece, pode parecer que está chovendo pedrinhas de gelo.

As chuvas de granizo podem acontecer em muitos lugares do mundo, especialmente durante as estações mais quentes. Em alguns lugares, como no Brasil, elas podem ser mais comuns em regiões onde há muitas tempestades. Por isso, é importante estar preparado e saber como se proteger quando uma chuva de granizo estiver chegando.

As mudanças climáticas, afinal, interferem nisso? Esse é um tema que ainda está sendo muito estudado, havendo inúmeras incertezas sobre o assunto. Porém, as mudanças climáticas estão deixando o nosso clima um pouco diferente do que era antes, isso é fato. Com o aquecimento global, a atmosfera, que é a camada de ar que nos rodeia, fica mais agitada. Isso pode fazer com que as tempestades, nas quais a chuva de granizo acontece, sejam mais fortes.

Outra coisa importante é que as mudanças no clima podem mexer com a temperatura do ar lá em cima, onde as nuvens estão, mudando a forma como as nuvens se formam e se movem. Isso pode afetar onde e com que frequência acontecem as tempestades de granizo.

Então, resumindo, as mudanças climáticas podem deixar as tempestades mais fortes, mudar a temperatura do ar lá em cima e mexer com as nuvens, e tudo isso pode influenciar a chuva de granizo. Por isso, é importante entender essas mudanças e pensar em como podemos cuidar melhor do nosso planeta para evitar problemas no futuro.

Agora que você tem uma boa noção da formação e ocorrência das chuvas de granizo, vamos aprofundar esse conhecimento e consolidá-lo, de forma que faça total sentido o estudo desse assunto.

1ª Etapa: Chuvas

                                          Crédito: Na base

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Vamos compreender um pouco mais a respeito da formação das chuvas. No vídeo a seguir, o professor Rodrigo Rodrigues explica detalhadamente a formação das chuvas, destacando as chuvas convectivas, frontais e orográficas:

Tipos de Chuvas – Geobrasil – Prof. Rodrigo Rodrigues

Acesso em: 23 de abril de 2024.

2ª Etapa: Nuvens

Entendendo como ocorre a formação da chuva, vamos agora compreender as nuvens, seus tipos e peculiaridades.

Veja o vídeo a seguir:

Tipos de nuvens e suas características 🌥️ Como se formam? 💧 – Nossa Ecologia

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Com esse arcabouço, agora é muito interessante que você veja esse vídeo, que é explicado com uma excelência gigante, trazendo questões e curiosidades sobre as nuvens, a água e outras coisas bem interessantes. Vale a pena conferir:

Por que nuvem de chuva é escura? Iberê responde! – Manual do Mundo

Acesso em: 23 de abril de 2024.

3ª Etapa: Chuvas de granizo

Agora, selecionei para você alguns vídeos curtos, de curiosidades e matérias, com notícias relacionadas ao assunto:

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Acesso em: 23 de abril de 2024.

Acesso em: 23 de abril de 2024.

4ª Etapa: Exercícios de fixação

Agora é hora de colocarmos todo esse conhecimento à prova. Vamos realizar alguns exercícios de fixação.

1) Indique a alternativa que NÃO apresenta um elemento do tempo:

A. vento

B. umidade

C. chuva

D. granizo

E. temperatura

2) Sobre os tipos de precipitação, complete os espaços.

As precipitações de água podem ser em estado _____________ e ___________. A precipitação da água é o resultado do processo de ___________ de vapor existente na atmosfera. As ___________, ____________ e __________são formas de precipitação, mas ao contrário do que pensamos, o _____________ e a ____________, não são precipitados e se formam no local onde existe a umidade.

A. Líquido – sólido – condensação – chuvas – neves – granizos – orvalho – geada.

B. Líquido – sólido – chuvas – orvalho – geada – neves – granizo – orvalho.

C. Gasoso – condensado – atração – chuvas – vendavais – granizo – tornado – geada.

D. Gasoso – condensado – condensação – chuvas – vendavais – pedras de gelo – tornado – geada.

E. Líquido – sólido – atração – tempestades – neves – cristais de gelo – orvalho – chuvas orográficas.

Gabarito:

1) Letra D. O granizo é a forma em estado sólido da água precipitada, que acontece especialmente quando a formação das nuvens na atmosfera ocorre em temperaturas muito baixas, ocasionando o registro de precipitações congeladas.

2) Letra A.

Crédito: Mundo Educação e Me Salva, respectivamente.

Acesso em: 23 de abril de 2024.

5ª Etapa: Mapa mental

Para finalizarmos esse ciclo com chave de ouro, vamos realizar um mapa mental com as instruções dadas a seguir. Capriche na cor, nos desenhos e solte a criatividade.

mapa-mental-granizo

Roteiro de estudos elaborado pelo professor. Rhaian de Souza.

Coordenação Pedagógica: prof.ª dr.ª Aline Bitencourt Monge.

Revisão textual: professora Daniela Leite Nunes.

Crédito da imagem: Hans por Pixabay

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.