Conteúdos

Este roteiro de estudos aborda o que é a proposta de intervenção na redação do ENEM e as estratégias que podem ser utilizadas para uma elaboração bem sucedida. Com dicas para construir uma boa sugestão, reflete sobre quais são os agentes que podem ser acionados para solucionar o problema, por meio da aplicação da proposta de intervenção.

● O que é a proposta de intervenção do ENEM?
● Dicas para construir a sua proposta de intervenção.
● Agentes que podem ser acionados para solucionar o problema.
● Verificando a consistência da sua proposta de intervenção.

Objetivos

● Compreender o que é uma proposta de intervenção na redação do ENEM e quais são as estratégias que podem ser utilizadas para uma elaboração bem sucedida;
● Refletir sobre os agentes que podem ser acionados para resolver os problemas; e
● Verificar a consistência da proposta de intervenção elaborada.

Estude também:

Análise de redação nota 1000 do Enem 2020

Guia completo para a redação do Enem

Palavras-Chave:

Língua Portuguesa. Redação. ENEM. Competência 5. Proposta de intervenção.

Proposta de Trabalho:

Este roteiro traz caminhos para a elaboração de uma boa proposta de intervenção na redação do ENEM, contribuindo para a construção de uma redação bem estruturada.
Com o intuito de enriquecer o roteiro, algumas sugestões de materiais complementares foram feitas no final. Não deixe de verificá-las.
Bons estudos!

1ª Etapa: O que é a proposta de intervenção do ENEM?

A construção textual utilizada para a redação do Enem denomina-se dissertativo-argumentativa, e exige que o candidato saiba demonstrar conhecimento sobre determinado tema, dissertando a respeito do assunto proposto, bem como que ele apresente e defenda uma ideia para solucionar o problema colocado. Tal ideia recebe o nome de proposta de intervenção, e é por meio dela que você apresentará um caminho para tratar o problema em discussão.

Dentre as cinco competências avaliadas na redação do ENEM (podendo ser atribuídos até 200 pontos pelo seu desempenho em cada uma delas), a que mais frequentemente gera dúvidas nos candidatos é justamente a competência 5, que exige a elaboração de uma proposta de intervenção para o problema abordado.
Nas etapas a seguir, discutiremos alguns pontos centrais para que você desenvolva uma boa proposta de intervenção.

2ª Etapa: Dicas para construir a sua proposta de intervenção

a) Deixe a sua proposta de intervenção explícita no texto

É muito importante que a proposta de intervenção esteja bem evidente na sua produção textual, pois o corretor precisa identificá-la e compreendê-la com facilidade.

Organize a sua redação de forma a garantir que a sua proposta de intervenção não seja apresentada apenas nas últimas linhas da redação. Você deve desenvolver a proposta ao longo do texto, fortalecendo a sua posição nos últimos parágrafos.

Planejar a construção da sua redação garantirá que você tenha tempo e espaço para elaborar e detalhar bem a sua proposta de intervenção, deixando-a coerente com toda a argumentação da sua redação.

b) Mantenha o foco no tema e na sua possível solução

Um dos erros mais comuns, no que diz respeito à proposta de intervenção, é fugir do tema proposto, tratando-o de forma genérica e propondo uma solução para uma questão que não é exatamente a questão central da redação.

Tangenciar o tema, o que se dá quando ele é tratado de forma superficial, pode resultar na perda de pontos valiosos, enquanto o afastamento completo do assunto proposto tem como resultado a nota zero na sua redação, portanto, cuidado!

Restrinja-se especificamente ao tema proposto e na sua possível solução, olhando para ele bem de perto e evitando ao máximo tratá-lo de forma genérica.

c) Avalie a viabilidade e a plausibilidade

A proposta de intervenção apresentada em sua redação precisa ter a possibilidade de ser colocada em prática, razão pela qual é essencial que você esteja atento tanto à sua viabilidade quanto à sua plausibilidade.

Por viabilidade, entenda que é necessário que a sua proposta seja possível. Por exemplo, não podemos sugerir que as pessoas racistas sejam enviadas ao espaço para cumprir pena, pois isso não é possível!

No tocante à plausibilidade, você precisa ter o cuidado de garantir que a sua proposta tenha clara e direta relação com o problema apresentado.

d) Respeite rigorosamente as questões valorizadas pela banca avaliadora do ENEM

Algumas questões são prioritárias para a banca avaliadora do ENEM e, portanto, devem ser olhadas com muito cuidado na construção do texto, bem como na elaboração e apresentação da proposta de intervenção.

São elas:
● direitos humanos;
● valores de cidadania; e
● diversidade sociocultural.

No tocante aos direitos humanos, esteja sempre atento aos seguintes princípios norteadores:
● dignidade humana;
● igualdade de direitos;
● reconhecimento e valorização das diferenças e diversidades;
● laicidade do Estado;
● democracia na educação;
● transversalidade, vivência e globalidade; e
● sustentabilidade socioambiental.

3ª Etapa: Agentes que podem ser acionados para solucionar o problema

Quais são os agentes que podem ser acionados para solucionar o problema, por meio da aplicação da proposta de intervenção?

De acordo com informações publicadas pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável por organizar e aplicar o ENEM, no material denominado “Redação do ENEM – Cartilha do participante”, “Para construir uma proposta muito bem elaborada, você deve não apenas propor uma ação interventiva, mas também o ator social competente para executá-la, de acordo com o âmbito da ação escolhida: individual, familiar, comunitário, social, político, governamental e mundial”.

Para te ajudar a lembrar quem são os agentes sociais que podem ser responsáveis pela aplicação da sua proposta de intervenção, aqui vai uma dica: decore a palavra “GOMIFES”. Essa palavra é uma junção das iniciais de todos os atores que podemos utilizar no planejamento da proposta:

Governo
ONGs
Mídia
Indivíduo ou iniciativa privada
Família
Escola
Sociedade

No entanto, para que a sua proposta de intervenção seja coerente e adequadamente construída, é necessário que você compreenda as atribuições de cada um desses agentes, de forma a indicar corretamente quem é o responsável pela proposta de intervenção sugerida por você.

Nesse sentido, vejamos:

a) Governo
Indicar como agente o “governo” é considerado, apesar de correto, muito vago. Por isso, conhecer as esferas governamentais às quais podemos recorrer pode garantir uma nova maior na sua redação. É essencial compreender, por exemplo, que, no Brasil, temos uma divisão em três poderes, que assim se organizam:

● Poder Executivo – tem a função de executar e gerir as leis do País, além de governar o povo e administrar os interesses públicos. No âmbito federal, o chefe do Poder Executivo é o Presidente da República. No estadual, o Governador. E, por último, no municipal, o Prefeito. Os Ministérios também compõem o Poder Executivo.

● Poder Legislativo – tem por atribuição a elaboração de leis e a fiscalização dos atos do Executivo. É formado por vereadores, deputados estaduais e federais e senadores.

● Poder Judiciário – tem a prerrogativa de julgar, de acordo com as regras constitucionais e leis criadas pelo Poder Legislativo. Tem a função de garantir o equilíbrio entre os poderes Legislativo e Judiciário. É composto por juízes, promotores de justiça, desembargadores e ministros.

b) ONGs

As ONGs – Organizações não governamentais – são instituições sem fins lucrativos que atuam em diversas áreas, tais como educação, saúde e sustentabilidade. Normalmente, as ONGs tratam de questões que os governos não conseguem ou não têm interesse em resolver.

c) Mídia

A mídia é o conjunto de meios de comunicação que transmitem informações e conteúdos diversos às pessoas. São, por exemplo, jornais, revistas, televisão, rádio e internet. É muito importante considerar o papel e a influência da mídia para contribuir na conscientização, acerca dos mais diversos temas.

d) Indivíduo ou iniciativa privada

Apesar de o ENEM ser uma prova elaborada por um órgão público, é possível indicar a iniciativa privada como agente transformador, responsável pela aplicação da proposta de intervenção. É possível, por exemplo, destacar parcerias entre instituições privadas e públicas que tragam benefícios à sociedade. Outro caminho possível é falar sobre a importância do papel do indivíduo na sociedade, na posição de agente que pode promover a transformação nos espaços de convívio.

e) Família

A família pode ser mencionada, uma vez que desempenha um papel central na construção dos valores éticos, sociais e emocionais dos indivíduos. A transmissão de valores fundamentais à articulação de um convívio social saudável e equilibrado pode, eventualmente, apresentar-se como uma solução possível para alguns problemas.

f) Escola

A escola também se apresenta como importante instituição, no que diz respeito à transformação social, e pode, em parceria com a família, contribuir significativamente para a construção dos valores primários das pessoas.

g) Sociedade

A formação da sociedade pressupõe a existência de um conjunto de indivíduos que conhecem e compreendem seus direitos e deveres, o que os torna verdadeiros cidadãos. Dependendo de qual for o problema apresentado, é possível pensar em uma solução que venha da contribuição, ou mesmo da reivindicação, popular.

4ª Etapa: Verificando a consistência da sua proposta de intervenção

Por fim, para ter certeza de que a sua proposta de intervenção é consistente o bastante, e atende integralmente ao que é esperado na redação do ENEM, verifique se o seu texto responde a todas as questões abaixo:

a) O que é possível apresentar como solução para o problema?
b) Quem deve executá-la?
c) Como viabilizar essa solução?
d) Qual efeito ela pode alcançar?
e) Que outra informação pode ser acrescentada para detalhar a proposta?

Uma vez que todos os pontos acima tenham sido adequadamente tratados em sua redação, esteja certo de que a sua proposta de intervenção será bem avaliada e te ajudará a ter uma ótima nota final.

Roteiro de Estudos elaborado pela Professora Daniela Leite Nunes

Materiais Relacionados

Sugerimos o acesso dos seguintes materiais complementares:

Proposta de intervenção na redação do ENEM: como fazer uma excelente?
Acesso em: 18 de maio de 2021.
Redação do ENEM: como tirar 200 pontos na proposta de intervenção
Acesso em: 18 de maio de 2021.
Como fazer uma proposta de intervenção perfeita?
Acesso em: 18 de maio de 2021.
Competência 5: proposta de intervenção
Acesso em: 18 de maio de 2021.
Como fazer a proposta de intervenção
Acesso: 18 de maio de 2021.
Redação ENEM #3 – proposta de intervenção
Acesso em: 18 de maio de 2021.
Redação ENEM: proposta de intervenção e Gomifes
Acesso: 18 de maio de 2021.
Dicas de linguagem para proposta de intervenção | Dicas de Redação para o Enem
Acesso em: 26 de maio de 2021.
Videoaulas Poliedro | Proposta de intervenção na redação do Enem
Acesso em: 26 de maio de 2021.
Redação nota mil: Proposta de intervenção – Imaginie
Acesso em: 26 de maio de 2021.
Redação no Enem: Proposta de Intervenção – Brasil Escola
Acesso em: 26 de maio de 2021.
Redação – Proposta de intervenção ENEM
Acesso em: 26 de maio de 2021.
Como escrever a proposta de intervenção na redação do ENEM
Acesso em: 26 de maio de 2021.

 

Tags relacionadas

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.