O Google Chrome é um navegador gratuito que está instalado em pelo menos 65% dos dispositivos utilizados para navegar na internet no Brasil, segundo pesquisa da StatCounter. Uma de suas vantagens é a diversidade de plug-ins (chamados de “extensões”) que integram novos recursos ao uso no dia a dia. Algumas dessas extensões podem ser aproveitadas pelo professor para fins pedagógicos.
 
“O uso dessas ferramentas não traz complicações e nem exige mais trabalho. Ao contrário: elas simplificam a vida do professor e proporcionam uma economia considerável de horas de trabalho. Vale experimentar”, sugere o especialista em uso pedagógico de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC), José Carlos Antônio. 
 
Confira cinco sugestões de ferramentas gratuitas que podem ser utilizadas como extensões do Google Chrome.
 
1 – Google Dictionary
Essa extensão permite o uso de um dicionário instantâneo multilíngue. “Ela é útil tanto para pesquisas quanto para a leitura online de artigos, livros, entre outros. Pode ser utilizada em todas as disciplinas”, recomenda Antônio. 
 
2 – Padlet
É um aplicativo que permite ao usuário criar painéis digitais onde podem ser colocados “post-its”. “A vantagem é que esses post-its podem comportar texto, imagens, vídeos e arquivos de todo tipo como anexos”, justifica o especialista. “Dessa forma, ela é útil para trabalhos colaborativos, como caixa de recebimento de tarefas, ou mesmo como fonte de distribuição de materiais diversos”, acrescenta. 
 
3 – Geogebra
Ferramenta para a área de matemática voltada aos anos finais do ensino fundamental e ao ensino médio. O aplicativo permite fazer construções geométricas, análises de funções, gráficos e outros. Para completar, pode funcionar integrada ao GoogleDrive. 
 
4 – Google Formulários
È uma ferramenta de geração de formulários (questionários, por exemplo) integrados ao pacote do Google Drive. “Permite criar provas com autocorreção e pode notificar os alunos imediatamente sobre seus resultados via e-mail”, complementa. Funciona a partir do navegador Chrome e fica hospedada da nuvem. 
 
5 – Google Documentos
Trata-se de um editor de textos, como o Word da Microsoft, mas com outros recursos, como o de pesquisa de imagens com direitos autorais liberados para reprodução. Além de trabalhar integrado ao Chrome e as demais ferramentas do Google, o Google Documentos permite a edição colaborativa de textos. “É uma ferramenta para professores e alunos. Atende todos os públicos e todas as disciplinas”, finaliza Antônio. 
 
Veja mais: 
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

13 dicas para criar uma peça de teatro com os alunos

Professores recomendam trabalhar com jogos, improvisações, literatura e música no processo criativo

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.