O final do ano se aproxima e grandes vestibulares do país começam a acontecer. A primeira fase da Fuvest acontece em 24 de novembro. A prova da Uerj  está marcada para o dia 1º de dezembro. Já o vestibular da Unicamp ocorre em 10 de novembro. Para estudar, assistir um filme pode ser uma boa estratégia para se preparar.

O NET Educação divulga abaixo obras da sétima arte que podem ajudar o vestibulando nas disciplinas de literatura, história e geografia. As indicações são dos professores do Cursinho XI, fundado pela faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).
 
Indicação da professora de literatura, Augusta Aparecida:
 
O Cortiço (1978), de Francisco Ramalho Júnior – Adaptação do livro de mesmo nome;
 
Vidas Secas (1964), de Nelson Pereira dos Santos – Adaptação do livro de mesmo nome;
 
Iracema, a virgem dos lábios de mel (1979), de Carlos Coimbra – Adaptação do livro de mesmo nome;
 
Capitu (1968), de Paulo Cesar Saraceni – Adaptação do livro “Dom Casmurro”;
 
Dom (2003), de Moacyr Góes – Adaptação do livro “Dom Casmurro”;
 
Capitães da Areia (2011), de Cecília Amado – Adaptação do livro de mesmo nome, dirigido pela neta de Jorge Amado;
 
A vida dos Capitães da Areia (1985), de Luiz Carlos Laborda – Inspirado na obra de Jorge Amado;
 
Vinícius (2005), – O documentário mostra a vida, a obra, a família, os amigos, os amores de Vinicius de Moraes, autor de centenas de poesias e letras de música.
 

Cena do filme Capitães da Areia (Crédito: Divulgação)
 
Indicações da professora de história, Kaili Takamori:
 
Desmundo (2003), de Alain Fresnot – Apresenta a situação dos primeiros anos da colonização portuguesa no Brasil. Há destaque para a ação dos cristãos-novos nesse cenário e posição da mulher em uma sociedade patriarcal;
 
Xingu (2012), de Cao Hamburger – Conta a trajetória dos irmãos Vilas-Bôas que participaram de forma decisiva na expedição Roncador-Xingu – que teve início ainda durante o governo Vargas. Eles foram fundamentais na criação do parque nacional do Xingu. Pode-se observar a relação e os primeiros contatos com tribos nativas ainda isoladas;
 
O que é isso, companheiro? (1997), de Bruno Barreto – Inspirado no livro de Fernando Gabeira, retrata os momentos em torno do sequestro do embaixador estadunidense Charles Elbrick, em 1969. O contexto abordado são os movimentos de resistência ao governo militar, em especial após a AI-5 (1968);
 
1964: um golpe contra o Brasil (2013), de Alípio Freire – No documentário, o cineasta e jornalista Alípio Freire colhe uma série de depoimentos de sujeitos que viveram os momentos que antecederam o golpe de 1964. Especialistas e testemunhas fazem um balanço sobre o contexto no governo do presidente Jango. (Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=LZZ4ORFqC0k);
 
Adeus Lenin (2002), de Wolfgang Becker – Traz as mudanças vividas em Berlim, em especial a oriental. De maneira cômica e trágica, os filhos tentam omitir da mãe o fato de que a Alemanha foi unificada. A entrada do capitalismo e as mudanças são o foco central;
 
Monty Python em Busca do Cálice Sagrado (1975), de Terry Jones –  Ilustrativo do ponto de vista histórico sobre a Idade Média. Na linha contrária dos diversos filmes que retratam o período, o grupo inglês Monty Python satiriza reis, cavaleiros e até a caça às bruxas.
 

Adeus Lenin traz as mudanças com o fim da Guerra Fria
 
Outros filmes que retratam períodos históricos:
 
Danton – O Processo da Revolução (1983), de Andrzej Wajda – Onda de terror vivida pela França na pós-revolução;
Olga (2004), de Jayme Monjardim – Tema da Era Vargas;
A Lista de Shindler (1993), de Steven Spielberg – Trata da temática do holocausto;
Lamarca (1994), de Sérgio Rezende – Apresenta a ditadura militar no Brasil;
Missing  – Desaparecido (1982), de Costa-Gavras – Traz a ditadura militar no Chile;
Missippi em Chamas (1988), de Alan Parker – Aborda o racismo nos Estados Unidos na década de 60.
 
Indicações do professor de geografia, Alexandre Eneias Gobbis:
 
Lincoln (2012), de Steven Spielberg – Filme estadunidense biográfico;

O Dia que durou 21 anos
(1971), de Camilo Galli Tavares – Documentário mostra a influência do governo dos Estados Unidos no golpe no Brasil em 1964;
 
Os Miseráveis (2012), de Tom Hoope – A história se passa na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a de Waterloo e os motins de junho de 1832;

Valsa Com Bashir
(2008), de Ari Folman – Traz enredo da 1ª Guerra do Líbano, no início dos anos 80;

Persepolis
(2007), de Vincent Paronnaud – Trata do início da nova República Islâmica, que controla como as pessoas devem se vestir e agir;

Munique
(2005), de Steven Spielberg – Em 1972, nas Olimpíadas de Munique, um ataque terrorista é transmitido ao vivo para 900 milhões de pessoas.
 

Filme de 2012, traz a biografia do presidente dos EUA, Abraham Lincoln
 
Outros filmes que remetem à geografia:
 
Terra para Rose (1987), de Tetê Morais – Documentário sobre a formação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST);
Abril Despedaçado (2001), Walter Salles – Trata da tradição do Interior do Brasil;
1984 (1984), de Michael Radford – Joga luz sobre o totalitarismo;
Muito Além do Cidadão Kane (1993), de Simon Hartog – Aborda questões sobre a mídia;
Tempos Modernos (1936), de Charles Chaplin – Pode-se fazer reflexões sobre a Revolução Industrial.
 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Notícias

6 histórias em quadrinhos que ajudam a explicar conteúdos da educação básica

Tintim, Asterix, Aya de Yopougon e Cumbe são indicados para história, geografia e língua portuguesa

há 2 dias
Notícias

7 links para entender a discalculia

Educadores, psicopedagogos e estudantes com o transtorno explicam sintomas e compartilham possíveis intervenções

há 1 mês
Notícias

7 livros de Ana Maria Machado indicados para o ensino fundamental

Autora celebra 80 anos com títulos que podem ser apresentados para alunos do 1 º ao 9 º ano

há 1 mês
Notícias

5 livros para entender a medicalização da educação

Obras ajudam a conhecer fenômeno e papel das práticas pedagógicas em seu enfrentamento

há 2 meses

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.