Conteúdos

Brincadeiras de pega-pega e escultura humana, observando o movimento e o formato das sombras;- Desenho na areia;Construção de um texto coletivo.

Objetivos

– Perceber transformações num objeto e pelo fenômeno da luz e sombra.
– Compreender de que modo as sombras aparecem.
– Observar diferentes tipos de sombra.

1ª Etapa: As sombras que eu vejo

Antes de iniciar, consulte os links sugeridos na área Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais
Iniciar com uma roda de conversa para identificar o conhecimento prévio das crianças sobre o tema gerador.
Levar as crianças à área externa da instituição, onde  irão observar em diferentes locais as mais variadas sombras (no parque a sombra dos brinquedos, sombra das paredes, das árvores e plantas, etc.). Estimular a discussão sobre o por quê das sombras aparecerem? Elas só existem de dia ou de noite também? Nossa sombra sempre fica atrás de nós?
Propor às crianças, a partir da sombra de cada um, criar poses em diferentes superfícies e diferentes locais (grama, areia, calçada…) observando a posição e localização da sua sombra e fotografar. Convide-os a voltar aos pontos em que foram feitas as fotos em outros horários.

2ª Etapa: Pega-pega sombra

Reunir as crianças numa roda no pátio externo para explicar as regras da brincadeira pega-pega sombra.
A brincadeira se dará da seguinte forma: dividir a turma em grupo A e B. O grupo A irá correr pelo espaço delimitado pelo educador, no intuito de fugir com a sombra, para que nenhum dos integrantes do grupo B a pegue. A sombra é considerada pega a partir do momento em que o jogador pise sobre ela.
As crianças serão encaminhadas para o gramado, onde se realizará a brincadeira.

3ª Etapa: Escultura

Fazer uma roda de conversa na caixa de areia e relembrar a atividade anterior, pega-pega sombra, perguntar para as crianças qual era o objetivo da brincadeira, o que tínhamos que pegar.
Na sequência, as crianças serão separadas em duplas para brincarmos de escultor. Tal brincadeira consiste em uma criança da dupla será o escultor e outra a argila. O escultor irá modelar a argila criando poses e. ao comando da professora,  este fará uma pose final. O escultor fará o registro, contornando a sombra da sua obra na areia.
Fazer registro fotográfico dos desenhos na areia e das poses das crianças.

4ª Etapa: Texto Coletivo

Iniciar com uma roda de conversa relembrando as atividades propostas anteriormente. Apresentar um vídeo a partir dos registros fotográficos das atividades realizadas. A partir do vídeo sugerido no link 1 e convidar os alunos a construir  um texto coletivo no papel bobina tendo a professora como escriba. Elaborar um cartaz de acordo com os comentários das crianças para fixar na sala.

5ª Etapa: Concluindo a tarefa

Os alunos serão avaliados no decorrer das aulas, de acordo com o seu desempenho e o conhecimento prévio construído ao longo do projeto, observando as maiores dificuldades, as etapas das quais mais gostaram, as aprendizagens que poderão ser utilizadas em outros contextos, registro escrito e fotos da prática.

Materiais Relacionados

 1) Reportagem “E se fez… a sombra!”, da revista Nova Escola, que mostra que ao brincar com os contornos de objetos, expostos à luz, a turma de pré-escola entra em contato com conhecimentos científicos.

Arquivos anexados

  1. Luz e Sombra

Tags relacionadas

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Avatar Recent comment authors
mais novo mais antigo mais votado
Avatar
Membro
Vanilza Ferreira

Adorei a atividade, colocarei em prática em breve. Parabéns.

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.