Conteúdos

Este é um roteiro de estudos de biologia que revisa alguns conceitos básicos sobre os poríferos e os cnidários, que são considerados os primeiros animais “invertebrados”. Você irá estudar suas características morfofisiológicas, como: simetria, nutrição, reprodução, modo e ciclo de vida. Também aborda, de forma sucinta e com o objetivo de garantir um melhor aproveitamento deste roteiro, a classificação e a sistematização dos animais a partir das categorias taxonômicas de Lineu. Tal roteiro é composto por sugestão de vídeos, textos e questões reflexivas, para orientá-lo(a) nos estudos, bem como exercícios comentados, para que você teste seus conhecimentos.

● Categorias taxonômicas;
● Poríferos; e
● Cnidários.

Objetivos

● Relembrar as categorias taxonômicas de Lineu;
● Classificar os poríferos e os cnidários;
● Reconhecer e nomear as principais características e estruturas dos poríferos e dos cnidários; e
● Fazer a relação evolutiva entre os poríferos e cnidários.

Estude também:

Estudar em casa: algas e reino protista

Estudar em casa: procariontes

Palavras-chave:

Reino Metazoa. Invertebrados. Poríferos. Cnidários.

Proposta de estudos:

O objetivo deste roteiro é auxiliar nos estudos, em casa ou em outro ambiente. Nesse sentido, apresenta um percurso com textos, vídeos e algumas propostas de atividades.
Não é necessário fazer todas as etapas, ler todos os textos, ou assistir a todos os vídeos, mas as questões norteadoras, bem como as subquestões que advêm delas, ajudam na captação do conteúdo inteiro, bem como dos principais conceitos.

Leia os textos propostos buscando as respostas para cada uma das perguntas. Se aparecerem mais dúvidas ao longo da leitura, aproveite para fazer anotações em seu caderno e aprofundar sua pesquisa. Após as leituras de cada um dos textos, escreva um parágrafo resumindo seu aprendizado.

1ª Etapa: Compreendendo a sistematização dos animais

Pergunta norteadora:
O que é uma categoria taxonômica?

Devido à grande biodiversidade de seres vivos, um sistema de organização e classificação de tais seres, levando em consideração suas semelhanças – e não apenas morfológicas, faz-se necessário. Certamente o nome mais conhecido no “mundo da classificação e sistematização dos seres vivos” é Karl Von Linné (1707-1778), em português mais conhecido como Lineu. Ele propôs um sistema, utilizado até hoje, com algumas modificações, baseado nas categorias taxonômicas, no qual a unidade básica é a espécie.

– Para compreender melhor as categorias taxonômicas, leia o texto: “Categorias taxonômicas”.
Acesso em 18 de julho de 2022.

A partir da leitura, responda às perguntas propostas abaixo:
1) Quais são as categorias taxonômicas criadas por Lineu?
2) O que são táxons?
3) Qual a importância de classificar os seres vivos?

Para saber mais sobre as diferenças entre as células eucariontes e procariontes, assista ao vídeo
Acesso em 18 de julho de 2022.

2ª Etapa: Poríferos

Pergunta norteadora:
Você já ouviu falar das esponjas do mar? O que você sabe sobre elas?

Formando o Filo dos poríferos, ou espongiários, estão as esponjas do mar, que recebem esse nome devido ao seu corpo possuir muitos poros (“furinhos”). Considerados os animais invertebrados menos evoluídos, são encontrados em habitat aquático (geralmente marinho). São sésseis (fixos pela base em rochas, conchas, etc.), pluricelulares e heterótrofos. Atualmente, são conhecidas cerca de 5 mil espécies.

– Para conhecer as características dos poríferos, leia os seguintes textos:

“Poríferos”
Acesso em 18 de julho de 2022.

“Poríferos”
Acesso em 18 de julho de 2022.

Em seguida, responda às seguintes questões:
1) Como os poríferos se alimentam?
2) Como ocorre a digestão dos poríferos?
3) Como é chamada a principal célula responsável por realizar o processo de digestão?
4) Descreva, sucintamente, os processos de circulação, respiração e excreção dos poríferos.
5) Diferencie a reprodução sexuada e assexuada dos poríferos.
6) Como são classificados os poríferos?
7) Qual a importância ecológica e econômica dos poríferos?

Para saber mais, assista ao seguinte vídeo:
Poríferos
Acesso em 18 de julho de 2022.

3ª Etapa: Cnidários

Perguntas norteadoras:
Quem são os seres vivos pertencentes ao Filo Cnidária?

Os animais cnidários são todos aquáticos, sendo representados por mais de 9 mil espécies de diferentes formas, cores e tamanhos. São animais pluricelulares, heterótrofos e acelomados. O animal mais conhecido desse filo é a água-viva, que desperta interesse, curiosidade e um pouco de medo, devido à sua beleza e à presença de uma célula chamada de cnidoblasto, que possui uma substância urticante para ajudar na captura de alimentos e defesa dos cnidários, capaz de provocar queimaduras quando em contato com a pele humana.

– Para conhecer as características dos cnidários, leia o seguinte texto:
“Cnidários”, disponível no seguinte link: https://www.todamateria.com.br/cnidarios/. Acesso em 18 de julho de 2022.

Em seguida, responda às seguintes questões:
1) Quais as principais características dos cnidários?
2) Diferencie pólipos de medusas, citando um exemplo de cada um.
3) Como os cnidários se alimentam?
4) Descreva, sucintamente, os processos de respiração e o sistema nervoso dos cnidários.
5) Diferencie a reprodução sexuada e assexuada dos cnidários.
6) Como são classificados os cnidários?

Para saber mais, assista ao seguinte vídeo:
Shape of life – Cnidários
Acesso em 18 de julho de 2022.
Observação: Para ativar as legendas aceda ao vídeo que pretende ver e clique no ícone que aparece no leitor de vídeo.

4ª Etapa: Cheque seus conhecimentos

1. São células de defesa dos Celenterados
a) cnidoblastos.
b) coanócitos.
c) escleroblastos.
d) solenócitos.
e) pinacócitos.

GABARITO: A.

2. Diferentes estratégias foram desenvolvidas pelos diversos táxons, para aumentar a eficiência do processo de captura e subsequente digestão do alimento. O tipo mais primitivo de cavidade com função digestória conhecido é:
a) cavidade gastrovascular.
b) cavidade amniótica.
c) cavidade do estômago.
d) cavidade celomática.
e) cavidade do rádula.

GABARITO: A.

3. Recifes são ambientes resistentes à ação de ondas e correntes marinhas, estando entre os ecossistemas mais produtivos. Podem ter origem biogênica ou não. Recifes biogênicos são formados por organismos marinhos (animais e vegetais) providos de esqueleto calcáreo. O filo animal mais representativo na formação de recifes e sua respectiva classe é:
a) Arthropoda-crustacea.
b) Mollusca-gastropoda.
c) Cnidaria-anthozoa.
d) Mollusca-cephalopoda.
e) Cnidaria-scyphozoa.

GABARITO: C.

4. PLANTA OU ANIMAL? CONHEÇA ALGUNS DOS MISTÉRIOS DOS CERIANTOS, ESTES SERES TÃO DIFERENTES DAS DEMAIS ESPÉCIES MARINHAS.

Os ceriantos são do filo Cnidaria, o mesmo das águas-vivas e das anêmonas marinhas. Deste modo, é correto dizer que os ceriantos:
a) são animais, reino Animalia, cujos representantes são eucariontes, multicelulares e heterótrofos.
b) são animais, reino Animalia, cujos representantes podem ser unicelulares ou multicelulares, mas exclusivamente eucariontes e heterótrofos.
c) são plantas, reino Plantae, cujos representantes são eucariontes, multicelulares e autótrofos.
d) são plantas, reino Plantae, cujos representantes podem ser unicelulares ou multicelulares, mas exclusivamente eucariontes e autótrofos.
e) não são plantas nem animais, mas pertencem ao reino Protista, cujos representantes podem ser eucariontes unicelulares heterótrofos ou multicelulares autótrofos.

GABARITO: A.

5. Os poríferos ou esponjas formam, desde o Cambriano, uma fauna relativamente significante; no entanto, sua estrutura e seu comportamento peculiares têm levado alguns estudiosos a considerar que os representantes desse filo demonstram inabilidade em evoluir os sistemas ou os órgãos, diferentemente do que acontece com outros grupos, porque:
a) seu esqueleto constitui um suporte rígido que impede deslocamentos.
b) a ausência de sistemas sensitivos que lhes assegurem defesa os torna vulneráveis à ação de predadores.
c) a falta de sistema nervoso os impossibilita de se alimentarem de matéria em suspensão.
d) sua fixação a substratos dificulta a captura de algas e, consequentemente, sua sobrevivência.

GABARITO: A.

6. Alguns hidrozoários coloniais, como a Obelia sp., ocorrem na natureza sob a forma de pólipos e medusas.
a) Como uma colônia destes hidrozoários se origina? E como esta colônia dá origem a novas colônias?
b) Que estrutura comum aos pólipos e medusas é encontrada somente neste filo? Qual a sua função?

GABARITO:

a) A colônia é originada por meio da reprodução assexuada, por brotamento, do pólipo. A colônia, dá origem às medusas pelo mesmo processo, que, por reprodução sexuada, formam a larva plântula que dá origem a um novo pólipo.

b) Cnidoblasto, cuja função é defesa e captura de alimento.

7. O branqueamento dos recifes de coral tem sido um dos desastres ambientais mais preocupantes. O fenômeno caracteriza-se pela morte de algas microscópicas que vivem, de forma mutualística, na cavidade gastrovascular de cnidários. A respeito desse processo, considere as seguintes afirmativas.

I. A destruição de recifes afeta grande parte da teia alimentar marinha, uma vez que eles são importantes locais de abrigo e reprodução de várias espécies marinhas.
II. As algas, ao realizarem fotossíntese, fornecem parte da matéria orgânica para o cnidário e este, por sua vez, fornece abrigo e elementos necessários para a fotossíntese.
III. Como se trata de uma relação mutualística, os corais não são capazes de sobreviver sem as algas em seu interior.

Assinale:
a) se somente as afirmativas I e II forem corretas.
b) se somente as afirmativas II e III forem corretas.
c) se todas as afirmativas forem corretas.
d) se somente a afirmativa I for correta.
e) se somente as afirmativas I e III forem corretas.

GABARITO: C.

8. Divulgou-se recentemente (Revista Pesquisa FAPESP nº- 100, junho de 2004) a identificação de uma nova classe dos Cnidaria, chamada de Staurozoa. A característica marcante das medusas adultas de uma das duas ordens desta nova classe é que elas vivem agarradas a rochas ou algas através de uma estrutura chamada pedúnculo. Antes da proposição de um sistema de classificação biológica por Lineu em 1758, alguns naturalistas consideravam os cnidários como plantas. A natureza animal destes organismos somente foi reconhecida no século XIX, quando alguns naturalistas os classificaram juntamente com as esponjas.

a) Esta mudança proposta recentemente de uma nova classe para os cnidários altera ou fere de alguma forma os critérios gerais de classificação biológica propostos por Lineu em 1758? Justifique sua resposta.

b) Considerando que a classificação biológica tem levado em conta as características dos organismos, por que foi sugerida uma nova classe e não um novo filo de animais, no presente caso?

GABARITO:

a) A identificação da nova classe dos Cnidaria não é conflitante com os critérios gerais de classificação biológica propostos por Lineu, uma vez que se baseiam na semelhança estrutural entre os organismos.

b) Porque, de acordo com a descrição contida no texto, o emprego da expressão ―medusas, admite o reconhecimento de uma forma de vida exclusiva do filo Cnidaria. Os novos organismos, assim, foram incluídos numa nova classe contida nesse mesmo filo.

Questões disponíveis em: Projeto Medicina.
Acesso em: 18 de julho de 2022.

Roteiro de estudos elaborado pela Professora Drª. Nathalie Lousan.
Revisão textual: Professora Daniela Leite Nunes.
Coordenação Pedagógica: Professora Drª. Aline Bitencourt Monge

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.