Conteúdos

Este roteiro de estudos trata da conjugação verbal, trazendo conceitos e exemplos que ajudarão muito na escrita de textos em língua portuguesa. Contando com exercícios de vestibular e uma lista de materiais complementares sugeridos, busca auxiliar o aluno na consolidação dos conhecimentos relacionados ao tema.

● O que é conjugação verbal;
● Classificação verbal; e
● Como conjugar verbos.

Objetivos

● Compreender de que forma se dá a conjugação dos verbos na língua portuguesa; e
● Entender como fazer uso dos conceitos relacionados à conjugação verbal para aprimorar a construção de textos em português.

Estude também

Estudar em casa: modos e tempos verbais

Estudar em casa: aprenda a usar a crase

Palavras-chave:

Língua Portuguesa. Gramática. Verbos. Conjugação verbal.

Proposta de estudo:

Iniciaremos este roteiro de estudos tratando dos conceitos relacionados à conjugação verbal. Na sequência, trataremos de questões relacionadas à prática, inclusive com exemplos. Para finalizar, veremos alguns exercícios sobre o tema.

1ª Etapa: O que é conjugação verbal

Conjugação verbal é o conjunto de flexões possíveis para um verbo, de acordo com seus modos, pessoas, tempos, números e vozes.

Neste roteiro de estudos, abordaremos questões diversas acerca da conjugação de verbos.

2ª Etapa: Classificação verbal

Existem modelos que indicam as formas assumidas pelas flexões verbais em cada conjugação, sendo esses modelos denominados “paradigmas”. Os paradigmas e os verbos estabelecem relações entre si e, de acordo com a forma como essa relação se dá, os verbos são classificados em:

a) Regulares
Os verbos regulares seguem fielmente o paradigma ao qual estão relacionados, não sofrendo alterações em seu radical e em sua terminação, quando conjugados:
● -ar (primeira conjugação);
● -er (segunda conjugação); e
● -ir (terceira conjugação).

Exemplos: estudar, aprender e corrigir.

Para saber mais sobre os paradigmas e as construções verbais relacionadas a eles, acesse:
Terminações verbais. Acesso em: 3 de dezembro de 2021.

b) Irregulares
Os verbos irregulares são aqueles que não obedecem a qualquer paradigma, podendo sofrer alterações tanto em seu radical quanto em sua terminação.

Exemplos: pedir, ouvir, caber, ser e estar.

c) Defectivos
Os verbos defectivos são aqueles que não contam com conjugações completas, já que não podem ser conjugados em determinados modos, tempos ou pessoas.

Exemplos: doer, colorir e abolir.

d) Abundantes
Os verbos abundantes são aqueles que contam com mais de uma forma para uma certa flexão.

Exemplos: aceitar, ganhar e eleger.

3ª Etapa: Como conjugar verbos

Conforme vimos acima, a conjugação dos verbos regulares se dá de acordo com a sua terminação. Assim, nesta etapa vamos verificar de que forma se dá essa construção das conjugações, para cada uma das terminações dos verbos regulares.

● Primeira conjugação (terminação -ar)

Para os verbos regulares da primeira conjugação, as construções verbais se dão da seguinte forma:

Modo indicativo:

Modo subjuntivo:

Modo imperativo:

Formas nominais:

● Segunda conjugação (terminação -er)

Para os verbos regulares da segunda conjugação, as construções verbais se dão da seguinte forma:

Modo indicativo:

Modo subjuntivo:

Modo imperativo:

Formas nominais:

● Terceira conjugação (terminação -ir)

Para os verbos regulares da terceira conjugação, as construções verbais se dão da seguinte forma:

Modo indicativo:

Modo subjuntivo:

Modo imperativo:

Formas nominais:

(Imagens disponíveis em Conjugação.com.br)

4ª Etapa: Exemplos

Abaixo veremos alguns exemplos de conjugação verbal, de acordo com a classificação dos verbos.

Verbo regular da primeira conjugação: FALAR

Verbo regular da segunda conjugação: ESCOLHER

Verbo regular da terceira conjugação: INVADIR

Verbo irregular: HAVER

Verbo defectivo: DOER

Verbo abundante: GANHAR

5ª Etapa: Questões de vestibulares

Seguem abaixo alguns exemplos de como o tema usualmente aparece nas provas. O gabarito está depois das questões.

Questão 1
(FUVEST – 2021)

Romance LIII ou Das Palavras Aéreas

Ai, palavras, ai, palavras,
que estranha potência, a vossa!
Ai, palavras, ai, palavras,
sois de vento, ides no vento,
no vento que não retorna,
e, em tão rápida existência,
tudo se forma e transforma!

Sois de vento, ides no vento,
e quedais, com sorte nova! (…)

Ai, palavras, ai, palavras,
que estranha potência, a vossa!
Perdão podieis ter sido!
– sois madeira que se corta,
– sois vinte degraus de escada,
– sois um pedaço de corda…
– sois povo pelas janelas,
cortejo, bandeiras, tropa…

Ai, palavras, ai, palavras,
que estranha potência, a vossa!
Éreis um sopro na aragem…
– sois um homem que se enforca!

Cecília Meireles, Romanceiro da Inconfidência

Ao substituir a pessoa verbal utilizada para se referir ao substantivo “palavras” pela 3ª pessoa do plural, os verbos dos versos “sois de vento, ides no vento,” (v. 4) / “Perdão podieis ter sido!” (v. 12) / “Éreis um sopro na aragem…” (v. 20) seriam conjugados conforme apresentado na alternativa:

a) são, vão, podiam, eram.
b) seriam, iriam, podiam, serão.
c) eram, foram, poderiam, seriam.
d) são, vão, poderiam, eram.
e) eram, iriam, podiam, seriam.

Disponível em: QConcursos
Acesso em: 7 de dezembro de 2021.

Questão 2
(VUNESP – 2018)
Uma frase que apresenta uso de todas as formas verbais em conformidade com a norma-padrão da língua está em:

a) As mudanças climáticas provocadas pelo efeito estufa devem figurarem mais na pauta dos noticiários.
b) Algum dos veículos de comunicação em massa se proporam a tratar do tema discutido no Congresso.
c) As medidas para mitigar a degradação ambiental ainda não satisfizeram os anseios dos ecologistas.
d) Houveram muitas críticas à forma como a agências governamentais vem tratando da sustentabilidade.
e) Se as pessoas manterem seus hábitos de consumo irrefletidamente, as consequências serão assustadoras.

Disponível em: QConcursos.
Acesso em: 7 de dezembro de 2021.

Questão 3
(UEM – 2013)

TEXTO
Shakespeariana

(crédito: reprodução/ Revista Veja). Acesso em 12/06/2013.

Assinale a alternativa correta, considerando o texto.

Os verbos “ser” e “ter”, em “Ser ou não ser” (quadro 1) e em “Ter ou não ter” (quadro 2), são verbos regulares que se encontram no gerúndio.

a) Certo.
b) Errado.

Disponível em: QConcursos.
Acesso em: 7 de dezembro de 2021.

Questão 4
(UFRGS – 2016)
Considere o trecho abaixo, extraído e adaptado do texto (l. 03-09).

Pressente: há alguma coisa irresolvida que não está em parte alguma, mas que os nervos sentem. Quem sabe seja uma espécie de vergonha. Quem sabe seja o medo enigmático dos quarenta anos. Certamente não é a angústia de se ver lavando o carro numa tarde de sábado.
Suponha que o segmento Pressente: fosse substituído por Estava lavando o carro quando pressentiu que. Quantas formas verbais teriam de ser alteradas no restante do trecho para garantir a correção das relações temporais?

a) 02.
b) 03.
c) 04.
d) 05.
e) 06.

Disponível em: QConcursos.
Acesso em: 8 de dezembro de 2021.

Questão 5
(ULBRA – 2018)

Instrução: A questão refere-se ao texto Você anda espalhando mentiras por aí, de Eugênio Bucci.

Assinale a alternativa correta.

“Vai aí uma dica. Não redistribua nada de forma indiscriminada.” (l. 39)

a) “Vai” está conjugado no presente do indicativo; “redistribua” está conjugado no imperativo.
b) “Vai” está conjugado no pretérito perfeito do indicativo; “redistribua” está conjugado no pretérito imperfeito do indicativo.
c) “Vai” está conjugado no futuro do presente do indicativo; “redistribua” está conjugado no presente do subjuntivo.
d) “Vai” está conjugado no futuro do pretérito do indicativo; “redistribua” está conjugado no presente do indicativo.
e) “Vai” está conjugado no presente do subjuntivo; “redistribua” está conjugado no pretérito perfeito do indicativo.

Disponível em: QConcursos.
Acesso em: 8 de dezembro de 2021.

Gabarito
1) Alternativa A.
2) Alternativa C.
3) Alternativa B.
4) Alternativa E.
5) Alternativa A.

Roteiro de Estudos elaborado pela professora Daniela Leite Nunes.
Coordenação Pedagógica: prof.ª Dr.ª Aline Bitencourt Monge

Materiais Relacionados

Conjugação.com.br
Acesso em: 8 de dezembro de 2021.

Conjugação verbal – verbos regulares – Professor Noslen
Acesso em: 8 de dezembro de 2021.

Verbos irregulares absurdos – Professor Noslen
Acesso em: 8 de dezembro de 2021.

Talvez Você Também Goste

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.