Manter o corpo calmo, escutar atentamente, focar a atenção e cultivar o silêncio. Essas frases funcionam como um mantra para os alunos do 1º ao 5º ano da Escola Estadual Irene Ribeiro, na zona leste de São Paulo (SP). Elas representam a síntese do trabalho que a escola vem realizando para desenvolver  as chamadas habilidades socioemocionais com os pequenos.
Desde 2014, cada turma tem uma aula por semana voltada especialmente para o desenvolvimento de competências como a colaboração e a empatia. Para isso, os professores passaram por um treinamento de cerca de um ano e também fazem encontros diários para discutir práticas relacionadas às habilidades. O resultado veio na queda dos casos de indisciplina e no aumento da satisfação dos professores.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Contação de histórias ajuda a ensinar cultura africana na escola

Como implementar a lei do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena nas escolas?

Qual o papel da escola no combate à violência contra crianças?

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.