Conteúdos

• Origem do Halloween;
• História do Halloween;
• Símbolos do Halloween;
• Eleição da “Pumpkin mais criativa”.

Objetivos

• Conhecer a origem, a história e os símbolos do Halloween;

• Compreender algumas diferenças culturais entre os países de língua Inglesa e o nosso país;

• Reconhecer a importância da aprendizagem da língua estrangeira como representação da diversidade cultural;

• Desenvolver o pensamento crítico;

• Promover um festival de abóboras onde uma eleição será desenvolvida para a escolha da Pumpkin (abóbora) mais criativa.

1ª Etapa: Introduzindo o tema

Antes de iniciar este trabalho, consulte os links sugeridos na aba “Para organizar o trabalho e saber mais”.

Comece a aula com uma breve exposição sobre o Halloween, também conhecido como dia das bruxas. Discorra sobre sua origem, história e seus símbolos. É crucial destacar a importância do Halloween como elemento cultural dos países que falam a língua Inglesa. Sendo assim, deve ser validado que a finalidade de se entrar em contato com Halloween é conhecer um pouco da cultura de outras nações. É interessante mostrar que existem muitas diversidades culturais pelo mundo. Faz-se necessário ressaltar que há, também, em nossa cultura, muitas coisas que são peculiaridades do nosso país. Neste momento, é conveniente pedir à classe um paralelo entre esta celebração e os elementos que são características da cultura brasileira.

Peça aos alunos que façam uma pesquisa sobre a origem do Halloween e seus símbolos.

2ª Etapa: Agrupando as informações

Os alunos serão convidados a expor o resultado da pesquisa que fizeram, quando mostrarão, aos colegas, as curiosidades e particularidades desta celebração. Eles poderão fazer essa explicação em grupos. O professor promoverá a organização desse debate e complementará a explicação acrescentando outros fatos que não tenham sido mencionados.

Em uma segunda etapa, o professor falará do símbolo mais conhecido do Halloween: a jack o’lantern (pumpkin: uma abóbora esculpida que tem olhos, nariz, boca e uma vela no seu interior). Mostre sites na Internet que contenham imagens deste famoso símbolo do Halloween. Além disso, solicite que eles busquem mais imagens na Internet de modo que esse símbolo se torne bem familiar.

3ª Etapa: Criando uma Jack o’lantern

Convide os alunos a participar de um projeto que terá como objetivo a confecção de abóboras esculpidas e uma eleição para a escolha da “pumpkin” mais criativa.

Esclareça que o trabalho poderá ser feito em grupo ou isoladamente. Os alunos devem esculpir uma abóbora (em Inglês essa atividade se chama “carve the pumpkin”), promover a decoração apropriada para transformá-la em uma “pumpkin” mais criativa e batizá-la, pois cada uma delas deve ter nome para que possam ser escolhidas em um pleito.

Esclareça que pode ser utilizado material sintético ou natural para a confecção desse trabalho. Reforce que se eles escolherem esculpir uma abóbora natural, devem retirar a polpa deste legume e devem aproveitar esse material para fazer quitutes em casa. A ideia é que tudo seja aproveitado e que somente a parte externa seja usada para fazer a abóbora do Halloween.

Marque um dia para que essa eleição aconteça.

É importante frisar que este trabalho deve ser desenvolvido no mês de outubro quando Halloween é celebrado nos Estados Unidos da América e em alguns outros lugares do mundo. A data exata da celebração é 31 de outubro.

4ª Etapa: Eleição

Instrua os alunos a participar das eleições de forma lícita e honesta. Se for possível, desenvolva uma parceria com o professor ou professora de História do colégio com a finalidade de fazer um maior esclarecimento sobre o processo eleitoral. Assim, os alunos são convidados a produzir e espalhar cartazes, pelas dependências do colégio, com o intuito de anunciar e promover seus candidatos e, desta forma, desenvolver uma campanha eleitoral.

No dia da eleição, decore uma sala com ornamentos relacionados ao Halloween (morcegos, aranhas, bruxas, abóboras, etc).

Em uma mesa ou bancada forrada com uma toalha, exponha as pumpkins identificadas pelos nomes. Convide os alunos das outras turmas e funcionários da escola a participar da escolha da abóbora mais criativa. Distribua uma cédula de votação aos eleitores e peça que depositem seus votos em uma “urna” para a posterior apuração.

O final do processo se dá com a constatação da abóbora vencedora e dos alunos vencedores.

5ª Etapa: Concluindo a tarefa

Destaque os pontos positivos do processo eleitoral. Valorize, também, o empenho e o sucesso dos artistas escultores das abóboras do Halloween. É crucial lembrar ao grupo que todos foram vitoriosos e, não somente, aqueles ou aquelas que ganharam a eleição.

O professor concede uma nota a todos os participantes do processo, ou seja, todos os alunos serão avaliados em suas funções e receberão uma nota. Os alunos que não puderem fazer a abóbora, por alguma razão, terão de criar um blog mostrando a história, as origens, os símbolos e as curiosidades do Halloween. Diante desse blog, então, o professor avaliará o desempenho deles no projeto. Há um exemplo de blog no link 7.

Materiais Relacionados

Links

1. As origens do Halloween. Halloween chegando à América. As tradições ligadas ao Halloween. Disponível;

2. As fantasias e folclores que estão ligados ao Halloween. Disponível;

3. Os símbolos no Halloween. Breve explicação sobre os símbolos presentes no Halloween. Disponível em:

http://bit.ly/2c4jfmf


http://bit.ly/2cfAzuL

4. Imagens da Jack o’lantern. Disponível;

Vídeos

5. Vídeo aula sobre o Halloween. Disponível em:

http://bit.ly/2cTZgeV

http://bit.ly/2cqc8VD

http://bit.ly/2cDUwrw

6. Orientação para a confecção de uma abóbora de Halloween (Como esculpir uma abóbora de Halloween? Disponível em:

http://bit.ly/1m2L8t3


http://bit.ly/2cRskEQ

• Exemplo de Blog criado por alunos;

Arquivos anexados

  1. Halloween

Tags relacionadas

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.