Conteúdos

Religar-se à natureza; Preservação da natureza; Paisagens naturais;  Sensações e sentimentos produzidos pelos elementos naturais; Desenvolvimento da oralidade.

 

Objetivos

 – Ampliar o contato com os elementos da natureza
– Estabelecer contatos com os elementos naturais diferentes do habitual
– Explorar os sentimentos e sensações produzidos ao relacionar-se com os elementos naturais
– Analisar imagens de outras paisagens naturais, para além daquelas conhecidas pelas crianças
– Comunicar através de gestos, expressões e choro seus sentimentos e sensações
– Desenvolver a fala
 

1ª Etapa: Sensibilizando as crianças para explorarem a natureza

Antes de iniciar, consulte os links sugeridos na área Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais

 

Comece levando as crianças ao espaço externo para explorarem livremente os elementos naturais disponíveis na escola ou no entorno da instituição. Observe que tipo de contatos elas estabelecem com os elementos presentes neste espaço. É importante que elas tenham acesso a elementos varidados tais como flores, árvores, folhas e galhos secos, grama, terra, areia, pedras, entre outros. 

 

Preste atenção às reações que as crianças estabelecem:  sentimentos e sensações que têm ao tocar os elementos, as maneiras de expressar sentimentos (por gestos, expressões, choro, sorrisos, palavras, entre outros). Se preferir, realize esta atividade com as crianças divididas em grupos em momentos diversos, para que possa acompanhar melhor as reações de cada uma. 

 

2ª Etapa: Onde está? Achou!

Para preparar a atividade, vá aos espaços externos explorados pelas crianças na etapa anterior e colete alguns elementos naturais, tais como  pedras, galhos, folhas, flores (não arranque diretamente das plantas, colha o que já está no chão); a quantidade varia de acordo com a faixa etária que você está trabalhando, quanto maiores as crianças, a quantidade pode ser maior, porém procure escolher no máximo 7 elementos. Leve-os para a sala e cubra-os com um lenço. 

Divida as crianças em dois grupos para acompanhar melhor o desenvolvimento da atividade. Converse com as crianças mostrando os elementos, para tornar mais interessante, você pode criar um contexto lúdico, dizendo que aqueles elementos “perderam-se da natureza e que precisam voltar para o seus lugares”, o objetivo é que as crianças encontrem o local de onde foram retirados os elementos, as crianças que já conseguem, deverão tirar fotos com o tablet, de onde encontraram tais elementos. Caso as crianças sejam muito pequenas, você mesmo pode tirar as fotos do local quando as crianças encontrarem. 

 

Esses registros fotográficos, que ficarão nos tablets ou numa pasta  virtual (Google drive, Googe fotos), serão retomados na sala, em atividades de conversa. Apresente as imagens e promova a pareciação: o que vemos, o que é, onde estava, etc. Para as crianças um pouco maiores podem ser exploradas outras imagens de paisagens naturais (para além dos encontrados no entorno da escola.  

 

Estas atividades propostas nesta etapa devem ser realizadas em diversos momentos e de diferentes formas, o importante é ampliar a percepção das crianças e o contato com outros elementos naturais para além dos habituais. Perceba durante as atividades as reações e conhecimentos construídos pelas crianças, você pode registrar a fala ou filmar a atividade. 

 

3ª Etapa: Brincando com melecas e composições

Prepare atividades para serem realizadas no parque de areia ou no espaço externo, para que as crianças explorem misturas e composições com os elementos naturais: água e areia, areia e terra, terra e água, argila e galhos secos, folhas secas e água, entre outros. O importante é pensar antecipadamente que tipos de elementos naturais você vai disponibilizar e que outros materiais irão auxiliar nesta exploração: potes, colheres, peneiras, tecidos, lupa, funis, entre outros. 

As crianças podem filmar o processo ou tirar foto das suas produções finais com os tablets. O importante é retomar diversas vezes essas imagens e vídeos e fazer rodas de conversa utilizando-os como disparadores. Perceba como as crianças expressam as sensações, sua satisfação em lidar com os elementos naturais, ou até mesmo sensações “ruins” produzidas ao mexer nas melecas.

 

4ª Etapa: Comunicando as sensações de estar em meio à natureza

Em conjunto com as crianças você deverá criar uma exposição das descobertas que fizeram estando em contato direto com a natureza, vocês podem selecionar fotos, elementos naturais, e “falas” das crianças para expor na unidade educativa, a fim de que todo este conhecimento seja comunicado à comunidade educativa.

 

5ª Etapa: Avaliação

Durante todo o desenvolvimento desta proposta as crianças serão avaliadas no contato  com a natureza, se estão tendo atitudes de valorização da natureza e dos seus elementos. Também é imprescindível que a oralidade delas seja avaliada do início ao fim da proposta. Para esta avaliação, deverão ser feitos registros fotográficos e escritos das falas e reações das crianças e para isso você poderá usar um aplicativo de registro de texto e imagem como o  Evernote.

 

Materiais Relacionados

Para Organizar o seu Trabalho e Saber Mais
 
Para você compreender o objetivo principal deste planejamento, bem como suas etapas e metodologia, é imprescindível que você se aproprie dos conteúdos disponíveis nos links a seguir:
 
Texto 1: Crianças da Natureza, de Léa Tiriba, Consulta Pública do MEC;
 
Texto 2: Reinventando relações entre seres humanos e natureza nos espaços de educação infantil, de  Léa Tiriba (p.220 à 228).
 
Vídeo 1: Educação e Natureza I Seminário Criança e Natureza com Léa Tiriba. 
 
Vídeo 2: Brincando com a natureza na cidade – Instituto Alana.
 
Sugestões de outras brincadeiras: Livro “Atividades em Áreas Naturais” .
 
Você vai precisar de áreas naturais para explorar, que podem ser as do espaço externo da unidade educativa, elementos naturais tais como argila, água, folhas e galhos secos, sementes, pedras, terra, areia, entre outros que julgar necessário.
 
Também serão utilizados os tablets e aplicativos de fotos, vídeo e escrita para registrar as atividades realizadas.
 

Arquivos anexados

  1. Desemparedando

Deixe um comentário

Please Login to comment

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.