O conceito de história é amplo e complexo, englobando ideias como tempo, espaço e a ação humana. Mas como traduzir noções tão abstratas para crianças ainda no início do processo de escolarização?

“Se a gente parar e falar ‘agora vocês vão aprender o que é história’ vai ficar uma coisa abstrata, que não vai ter sentido para aquele aluno”, diz o mestre em história pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Escola Santi, Lucas Monteiro. “Um caminho para isso pode ser abordar como as coisas do cotidiano da criança se modificaram ao longo do tempo”, sugere, indicando a possibilidade de trabalhar com as transformações dos brinquedos em diferentes épocas.

Na entrevista, o docente comenta a importância de apresentar o conceito da matéria desde os primeiros anos do ensino fundamental, fala sobre os principais conteúdos que devem ser abordados nessa etapa e sugere um percurso para o avanço da disciplina ao longo dos anos.

Deixe um comentário

Please Login to comment

Talvez Você Também Goste

Como levar conceitos da geopolítica para os alunos do ensino médio?

Lei que prevê psicólogos na escola pode sobrecarregar a instituição, avalia pesquisador

Para melhorar a convivência escolar, professores têm formação em Sumaré

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.