A sala de música é o espaço preferido dos alunos do projeto OCA Escola Cultural. Os instrumentos são valorizados tanto quanto livros e cadernos. “Os nossos alunos conseguem rendimentos na escola formal. Por quê? Porque eles tocam, dançam e brincam. É um desenvolvimento amplo, completo”, ressalta a coordenadora do projeto, Lucilene Silva.

Há o acompanhamento bimestral do desempenho das crianças na escola. Isso também porque a OCA oferece aulas de reforço para os alunos que estejam enfrentando dificuldades na educação formal. “O que fazemos aqui é trazer o movimento, alegria e beleza. Se a educação não tiver isso, não é educação, é adestramaento”, acredita Lucilene. Confira!

Assista outros programas do NET Educação:

Saberes da comunidade são valorizados no projeto OCA Escola Cultural
“Use o coração e a verdade para espalhar conhecimento”, diz Ferréz
Pesquisa em acervo online possibilita resgatar o passado das famílias imigrantes
Museu do Imigrante é espaço criativo para aprender mais sobre o Brasil
Acervo de obras e biblioteca do Museu Afro Brasil podem ser acessados online

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Contação de histórias ajuda a ensinar cultura africana na escola

Como implementar a lei do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena nas escolas?

Qual o papel da escola no combate à violência contra crianças?

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.