“Não dá para confiar em tudo o que é publicado”, ressaltou a jornalista Mariana Godoy ao fazer uma análise da relação dos meios de comunicação de massa e a educação. A profissional conversou com o NET Educação sobre a qualidade das informações ofertadas. Com quase 30 anos de experiência na área, ela já apresentou jornais e programas de entrevistas em grandes emissoras de televisão.

Segundo Mariana, vai depender da interpretação de quem está recebendo a informação para fazer o filtro e ficar com um melhor retrato da realidade. Na hora de escolher no que confiar, “nada substitui um bom autor, historiador, sociólogo. Você pode ter diferentes pontos de vista sobre um mesmo assunto, mas [com especialistas presentes serão] tratados com profundidade. Se você quiser ter uma opinião sobre um assunto, precisa se aprofundar um pouco mais e buscar em especialistas opiniões mais confiáveis”.

Assista outros programas do NET Educação:
Mídia e educação: “Tem que discutir política. Tem que discutir tudo na escola”, afirma Mariana Godoy
Hortas escolares: os aprendizados além da alimentação saudável
Horta escolar envolve alunos e melhora comportamento
Assembleias escolares permitem experimentação democrática e aprendizados
Após um ano sem Içami Tiba, filhos relembram vida e obra do pai
Valorizar as relações é importante para a educação, dizia Içami Tiba

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Aulas de reforço de matemática facilitam aprendizado com exemplos do cotidiano

Como implementar a monitoria aluno-aluno na escola?

“Lojinha” na escola ensina conceitos de economia a partir do cotidiano dos alunos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.