O Imprensa Jovem está em vigor há 11 anos e presente em quase 200 escolas da rede municipal de ensino da capital paulista. Os professores atuam como mediador, enquanto as crianças que fazem todo o conteúdo, definem o tema, elaboram pauta e roteiro, e também publicam na internet.

Os professores afirmam que 80% dos alunos com baixo rendimento escolar conseguem recuperar as notas com a ajuda do projeto. A professora de recuperação paralela, Lucimara Gabriel, diz que o projeto estimula os alunos a lerem e escreverem, “porque alguém vai acompanhar e ver a produção, tanto em casa, como na escola, comunidade e internet”. 

Assista outros programas do NET Educação:
Alunos trabalham com novas tecnologias da comunicação em projeto
NET Educação recebe prêmio no 15º Marketing Best Sustentabilidade
Creche pública em São Paulo tem yoga e shantala na atividade
Crianças contam com yoga como prática educativa em creche de SP
‘Estudo do Meio’ pode melhorar fixação de conteúdo pelos alunos
“Ver crianças com e sem deficiência assistindo as competições me marcou”, diz Daniel Dias

 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Como ajudar no desenvolvimento de crianças superdotadas?

Projeto “Mães guardiãs” busca combater a evasão escolar

Aulas de reforço de matemática facilitam aprendizado com exemplos do cotidiano

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.